Engenheiro agrônomo

Páginas: 5 (1067 palavras) Publicado: 20 de abril de 2013
Dengue

Delsio Natal FSP/USP natal@usp.br

DOENÇA Dengue – Virose Formas: assintomática clássica – cura hemorrágica – óbito Dispersão - rápida

Conhecimentos básicos

VETORES Principal vetor – Aedes aegypti Aspecto - escuro com listras brancas Hábito - diurno Hábitat - cidades VACINA Não existe

TRANSMISSÃO De pessoa a pessoa via vetor

VÍRUS Quatro sorotipos: I, II, III e IVConhecimentos básicos

HOSPEDEIRO Homem

VÍRUS NO VETOR Infecção permanente

FEBRE – 99% Início abrupto – de branda a muito alta DORES Retro-orbital – 50% Cabeça frontal – 60% Articulações e músculos – 60%

Dengue – forma clássica Sinais e sintomas % - total de casos

MANCHAS – 25% Vermelhas no tórax e braços (semelhante ao sarampo)
OUTROS – 50% Prostração Indisposição Perda de gosto edo apetite Náuseas Vômitos

•Sonolência e agitação •Pele pálida, fria e úmida •Dores abdominais severas e constantes •Pulso rápido e fraco

Dengue Forma hemorrágica

•Sangramentos pelo nariz, boca e gengiva •Vômitos constantes com ou sem sangue

•Dificuldade respiratória
•Perda de consciência •Sede excessiva – boca seca •Choro constante

Dengue em geral

Sem sintomas Com poucossintomas Com vários sintomas Formas graves - hemorrágica

http://www.energsmart.com/images/iceberg.jpg

DENGUE
A dengue é uma doença viral aguda. Manifesta-se com febre, dor de cabeça, dor nos olhos, dores no corpo e juntas. A dengue pode evoluir para fenômenos hemorrágicos. Em função do vírus um indivíduo pode ter dengue até quatro vezes. Existe quatro sorotipos virais conhecidos : DEN1,DEN2, DEN3 e DEN4. Nenhum sorotipo protege a pessoa contra outro sorotipo. O homem é o único hospedeiro conhecido que desenvolve viremia suficiente para infectar o mosquito. No Brasil a transmissão do vírus é feita exclusivamente pela picada da fêmea de Aedes aegypti infectada, num ciclo: Homem- Mosquito- Homem.

DENGUE
SITUAÇÃO ATUAL Não há medicamento específico Não há vacina disponívelCONTROLE Centralizado no mosquito vetor

Aedes aegypti

http://www.faunabrasil.com.br/sistema/uploads/img456ae1f221902.jpg

BIOECOLOGIA

Aedes aegypti

Ciclo de vida

Fonte: Scientific American, 1978

BIOECOLOGIA

Aedes aegypti / ovo
Tamanho - pequenos – difíceis de serem percebidos a olho nú.

Viabilidade - permanecem vivos, fora da Água, por mais de um ano.

Eclosão - ocorre nomomento de contato do ovo fértil com a água. Dispersão - recipientes contaminados com ovos podem ser transportados para outros locais.

BIOECOLOGIA

Aedes aegypti / fase imatura
(ovos, larvas e pupas)

HÁBITAT
Recipientes domésticos Úteis – contém água para uso doméstico / potes, caixas d’água, aquários, vasos de plantas, etc. Inúteis – abandonados nos quintais, sem serventia Imediata /latas, vidros, pneus, etc. (acumulam água de chuva).

BIOECOLOGIA

Aedes aegypti / fase imatura
(pupas)

Pupas - não se alimentam, respiram ativamente e se transformam no mosquito adulto em 2 ou 3 dias.

BIOECOLOGIA

Aedes aegypti / fase adulta
(machos e fêmeas)

Intradomicíllio – atrás dos armários, debaixo das camas, no banheiro, entre plantas ornamentais, etc. (lugaresescuros, sem ventos e úmidos) HÁBITAT / HÁBITO

Peridomicílio – entre plantas no quintal, em depósitos de entulhos, no interior de pneus abandonados, no interior de caixas, etc.

Hematofagia (fêmea) – atividade diurna (pico 16 – 19h) Local da picada – predomínio nas pernas

BIOECOLOGIA

Aedes aegypti / fase imatura

Criadouros: a) Bromélia; b) Prato de xaxim; c) Calha; d) Pneus BIOECOLOGIA

Aedes aegypti / fase imatura

Criadouros: a) Caixa ´d’água sem tampa; b) Caixa d’água com tampa; c) Tambores

EPIDEMIOLOGIA
Dispersão do Aedes aegypti

EPIDEMIOLOGIA

Municípios infestados por Aedes aegypti
1996 2006

1.753 municípios

3.970 municípios

Fonte: SVS/SES

EPIDEMIOLOGIA
Municípios infestados por Aedes aegypti e a evolução da dengue no Estado de São Paulo...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Engenheiro agrônomo
  • ENGENHEIRO AGRONOMO
  • Engenheiro agronomo
  • Engenheiro Agronomo
  • Engenheiro Agronomo
  • engenheiro agronomo
  • engenheiro agrõnomo
  • Engenheiro Agronomo

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!