Engenharia de segurança

Páginas: 6 (1484 palavras) Publicado: 5 de abril de 2013
LAUDO TÉCNICO PERICIAL DE INSALUBRIDADE/PERICULOSIDADE

Processo CNJ 00001296-26.2012.503.0035
Reclamante: Aparecido José da Silva
Reclamada: Inter Construtora e Incorporadora


Rito Ordinário.

I – CONSIDERAÇÕES INICIAIS

Perícia realizada no dia 11 de Julho de 2012, das 09:00 hs às 10:10 hs., com diligências nas dependências do complexo dareclamada, local de trabalho do reclamante. Acompanharam a perícia as seguintes pessoas que foram informantes:

• Sr. Aparecido José da Silva – Reclamante
• Dr. Eugênio Angelo Scafutto Scotton – Engenheiro de Segurança do Trabalho – Assistente Técnico da Reclamada.


II – PREÂMBULO

O reclamante foi admitido em 11/01/102 e demitido em 01/03/2012 fls.63, Termo de Rescisão doContrato de Trabalho exercendo a função de Servente.

III – LOCAL DE TRABALHO

O Reclamante nos últimos anos laborava na construção do Hospital Regional de juiz de Fora no bairro São Dima

IV – ATIVIDADES EXERCIDAS

O Reclamante desenvolvia como Servente e, segundo informações do Encarregado Sr. José Rodrigues de Oliveira levava a massa de reboco pronta que era comprada das concreteiraspara o pedreiro realizar o acabamento. Realizava limpeza no local de serviços, carregando blocos de concreto ou mesmo varrendo estes locais, lavando os carrinhos de mãos e as ferramentas após a realização dos trabalhos.



V – ESCLARECIMENTOS

A massa de reboco já vinha pronta das concreteiras da cidade, o Reclamante transportava e colocava em baldes e içava através de corda para odesempenho da função do pedreiro de acabamento.
O Reclamante foi avisado de hora e local das diligências com 72 horas de antecedência através da Advogada Dra. Vânia Alvarenga de Araujo Fusco através do telefone (32) 8402-6360 e não compareceu.

VI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL

O Reclamante recebeu Equipamentos de Proteção Individual conforme folhas anexas. Todosequipamentos são certificados pelo Ministério do Trabalho.

VII – REGRAS GERAIS DE SEGURANÇA E SAÚDE

O Reclamante era orientado quanto aos procedimentos de segurança conforme 17 folhas anexas ao laudo.




























VIII – AGENTES INSALUBRES

a) Níveis de Pressão Sonora (ruído)
Medidos da ordem de 65,4 dB(A) com aparelhodecibelímetro Instrutherm modelo DEC 460 Calibrado dm 94 dB.
Os ruídos estão abaixo do limite de tolerância de 85 dB(A).

LIMITES DE TOLERÂNCIA PARA RUÍDO
CONTÍNUO OU INTERMITENTE
|NÍVEL DE RUÍDO |MÁXIMA EXPOSIÇÃO DIÁRIAPERMISSÍVEL |
|dB (A) | |
|85 |8 horas |
|86 |7 horas |
|87 |6horas |
|88 |5 horas |
|89 |4 horas e 30 minutos |
|90 |4 horas |
|91|3 horas e 30 minutos |
|92 |3 horas |
|93 |2 horas e 40 minutos |
|94 |2 horas e 15 minutos |
|95...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Engenharia de segurança
  • engenharia de segurança
  • Engenharia de segurança
  • Engenharia de seguranca
  • Engenharia de Segurança
  • Engenharia de segurança
  • Engenharia de segurança
  • Engenharia de segurança

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!