Engenharia Civil

Páginas: 7 (1664 palavras) Publicado: 9 de abril de 2014
A construção ou duplicação de uma rodovia melhora as condições de vida e do transporte para toda uma população de uma região, no entanto, também pode causar degradação ao meio ambiente, caso durante as obras atitudes de gerenciamento ambiental não sejam tomadas.
DER/MG adota uma série de cuidados para preservar o meio ambiente, entre elas se destaca a criação de Áreas de Proteção Ambiental –APA – que compensa os danos causados numa obra rodoviária.
O DER/MG montou um banco de dados para a montagem de um sistema de geoprocessamento, que conta com uma interface onde se destaca a questão ambiental, levantamento topográfico, demarcações, revitalização, pavimentação e consultas temáticas por navegação virtual.http://www.der.mg.gov.br/rhttp://citrus.uspnet.usp.br/usprio+20/odovia-e-meio-ambiente

Para se identificar, prever e avaliar os impactos ambientais de um empreendimento rodoviário, é usual decompor o mesmo nas diversas fases de seu ciclo de vida, ou seja, planejamento, implantação, operação e desativação. Os principais impactos da fase de operação conhecidos são: alteração da qualidade das águas superficiais e subterrâneas; aumento da carga de sedimentos e assoreamentode corpos d’água; poluição do solo e da água com substâncias químicas; alteração na biodiversidade da fauna e flora na faixa de domínio e áreas limítrofes; desmatamento; efeitos do ruído sobre a população humana e fauna; perda de espécimes da fauna por atropelamento; adensamento da ocupação humana nas margens das rodovias e áreas de influência; etc. Inúmeras medidas para evitar, mitigar e/oucompensar estes impactos têm sido estudadas e implantadas, sendo algumas de comprovada eficiência, como os sistemas de drenagem especiais para captação de produtos de cargas perigosas em eventuais acidentes e outras ainda sem uma avaliação consistente de sua eficácia, como por exemplo, o uso de refletores de raios vermelhos para desencorajar os animais a atravessarem as pistas das rodovias no períodonoturno, etc. Projetos de rodovia têm gerado impactos ambientais significativos na maioria dos países da América Latina. A partir de 1992, entretanto, tem surgido nestes países um novo comportamento nas agências e órgãos governamentais responsáveis pelos projetos de rodovias quanto aos aspectos ambientais. O principal indutor destas mudanças tem sido a pressão exercida pelos bancos multilaterais dedesenvolvimento, que começaram a condicionar a liberação de empréstimos para o setor rodoviário à institucionalização de unidades de meio ambiente nos órgãos e agências responsáveis pelos projetos, mecanismo este identificado como "isomorfismo coercitivo" (Di Maggio & Powell, 1983 apud Quintero & Sánchez, 1998). (Se num primeiro momento a incorporação da ) variável ambiental em projetos derodovias aconteceu por meio do processo de avaliação de impacto ambiental (AIA), atualmente as agências e órgãos responsáveis pelos projetos de rodovias têm caminhado em direção ao que tem sido chamado de desenvolvimento sustentável, aperfeiçoando seus processos organizacionais, bem como utilizando as experiências internacionais para aprimoramento de seu quadro de empregados e metodologias de avaliaçãode impacto ambiental.
http://citrus.uspnet.usp.br/usprio+20/
A escolha brasileira pelo transporte rodoviário traz embutidas, diversas consequências ambientais. Além do grande efeito poluidor dos gases liberados pelos escapamentos dos automóveis, há o impacto da construção das estradas que implica em retirada e transferência de enormes quantidades de terra, desmatamento, alterações na forma deescoamento das águas, assoreamento de rios e expansão urbana associada.
A Rio-Santos é um exemplo de como a construção de rodovias pode ser de grande impacto para o meio ambiente. Ela foi construída na década de 1970, época em que os estudos e relatórios de impacto ambiental (EIA/Rima), que avaliam os possíveis impactos ao meio ambiente de grandes obras, ainda não eram obrigatórios. Segundo...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Engenharia civil
  • Engenharia civil
  • Engenharia civil
  • Engenharia civil
  • Engenharia Civil
  • Engenharia Civil
  • Engenharia civil
  • Engenharia civil

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!