Eng. mecanica

518 palavras 3 páginas
UNIP - UNIVERSIDADE PAULISTA Instituto de Ciência e Tecnologia
Engenharia Mecatrônica Laboratório de XXX

Relatório 3 – Tubo de Venturi

|
| | |
| | |
| | |
| | |
| | |
| | |
| | |
| | |
| | |

Ribeirão Preto - 24/04/2012

1. Introdução O tubo de Venturi ou venturímetro, como o próprio nome indica, foi inventado no século XVIII pelo cientista G. B. Venturi (1746-1822). Este tubo consiste num dispositivo para medir a velocidade de escoamento de um fluido através de um tubo. É formado por duas secções adelgaçadas de um tubo ligadas por uma garganta estreita. A velocidade do fluido na garganta aumenta e, em consequência, a pressão diminui. Ligando um manômetro às três secções do tubo pode ser medida a diminuição de pressão, e pode ser calculada a velocidade do fluxo através da garganta. O tubo de Venturi é ainda utilizado para misturar uma pulverização fina de um líquido num gás, como acontece no carburador de um motor a combustão. A gasolina da câmara de flutuação é pulverizada em finas gotas quando é aspirada na forma de um jato, devido à baixa pressão na garganta do tubo de Venturi por onde tem de passar antes de

Relacionados

  • eng mecanica
    1966 palavras | 8 páginas
  • Eng mecanica
    336 palavras | 2 páginas
  • eng mecanica
    863 palavras | 4 páginas
  • Eng. Mecânica
    475 palavras | 2 páginas
  • Eng Mecânica
    1015 palavras | 5 páginas
  • Eng mecanica
    1240 palavras | 5 páginas
  • Eng mecanica
    540 palavras | 3 páginas
  • eng. mecanica
    616 palavras | 3 páginas
  • Eng Mecanica
    14791 palavras | 60 páginas
  • Eng. mecânica
    328 palavras | 2 páginas