Enfermagem na atenção primária: HIV/AIDS

Páginas: 11 (2529 palavras) Publicado: 6 de junho de 2014
Apresentação grupo Aids
O surgimento da Aids
Surgiu a partir de um vírus chamado SIV, encontrado no sistema imunológico dos chimpanzés e do macaco-verde africano. Apesar de não deixar esses animais doentes, o SIV é um vírus altamente mutante, que teria dado origem ao HIV, o vírus da aids. O SIV presente no macaco-verde teria criado o HIV2, uma versão menos agressiva, que demora mais tempo paraprovocar a aids. Já os chimpanzés deram origem ao HIV1, a forma mais mortal do vírus. "É provável que a transmissão para o ser humano, tanto do HIV1 como do HIV2, aconteceu em tribos da África central que caçavam ou domesticavam chimpanzés e macacos-verdes". A primeira vez que o vírus chegou ao ser humano e começou a se espalhar deve ter sido por volta de 1930, como mostrou um estudo dasinformações genéticas do HIV,Existem várias teorias para explicar como isso pode ter acontecido. Uma delas, a “teoria do caçador”, diz que foi pelo contato direto com os animais. Em certas regiões da África, é costume comer carne de chimpanzé e de outros primatas. Depois dessa infecção inicial, o vírus segue se adaptando e passando de pessoa para pessoa, e em 1930 um dos principais estudos sobre a aidsaponta que nesse ano ocorreu a primeira transmissão dos macacos para o ser humano. Mas não existe consenso entre os cientistas. Alguns até acreditam que o primeiro contato do homem com o vírus aconteceu séculos antes. Em 1981 a Aids é reconhecida como doença. Surgem vários relatos de sintomas em homossexuais nos Estados unidos com o vírus HIV.
Comportamento...
Logo quando a Aids foi reconhecidaapareceu um dos primeiros casos de preconceito para quem era portador da doença Nos EUA um garoto hemofílico de 13 anos, portador do vírus da aids, é expulso da escola, causando uma polêmica nacional. Identificados os primeiros casos de transmissão por relações heterossexuais.
Observa-se que os afetados, em maior ou menor grau, sofreram alterações emocionais. Tanto no momento de conhecer a notícia desua soropositividade ou inclusive antes, quando a pessoa suspeita estar infectada pelo HIV, - desde que a pessoa realiza o teste de anticorpos até que conhece os resultados do mesmo; além de todo o processo de convivência com o vírus - é muito provável que apareçam alterações emocionais.
Exemplos de alterações emocionais:

Choque
Pelo diagnóstico e possibilidade de morte
Por perda deesperança de boas notícias
Medo e Ansiedade
Prognóstico incerto e curso da doença
Deterioro e incapacidade
Efeitos da medicação e tratamento
Isolamento e rejeição
Infectar outros e reinfectar-se
Por perda das capacidades cognitivas, físicas, sociais e de trabalho
Depressão
Pelo deterioro "inevitável"
Pela inexistência de cura
Pelo vírus controlando o futuro de sua vida
Pelos limites impostospela doença e rejeição dos demais
Por auto-culpabilização e recriminação por haver-se exposto ao HIV
Raiva e Frustração
Por incapacidade de superar o vírus
Por novas e involuntárias restrições de saúde ou estilos de vida
Pela incerteza do futuro ("fora de suas mãos")
Culpa
Por um estilo de vida passado levar à exposição ao vírus
Pela possibilidade de ter infectado outros involuntariamenteProblemas obsessivos
Implacável busca por novas evidências diagnósticas
Cuidados sobre a saúde e dietas alimentares
Preocupação com doenças e morte, e evitação de novas infecções
Cuidados sobre a saúde e dietas alimentares;
Preocupação com doenças e morte, e evitação de novas infecções.
As reações:
No caso das pessoas infectadas pelo HIV/AIDS as "ameaças" são reais, existem (p.ex.: na atualidade, a infecção HIV não tem cura definitiva; temor à perda de sua imagem corporal (aspectos estéticos) e à perda de sua autonomia; temor a ser rechaçado ou perder a seus familiares, amigos, companheiros(as); sentimentos de culpa; temor a contagiar, dificuldades no âmbito laboral; dificuldades econômicas devido ao alto custo dos tratamentos e também no caso de medicação específica...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • ASSITÊNCIA DE ENFERMAGEM Á MULHER NA ATENÇÃO PRIMÁRIA
  • ASSIST NCIA DE ENFERMAGEM HIV AIDS
  • SISTEMATIZAÇÃO DE ENFERMAGEM EM PACIENTE COM HIV/AIDS
  • Atenção Farmacêutica para gestantes portadoras de HIV/AIDS
  • Aplicabilidade da atenção farmacêutica no tratamento de pacientes com hiv/aids
  • A atuação de enfermagem frente a mulher com hiv/aids
  • Atenção primaria
  • Atenção primária

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!