Empréstimo e investimentos no mercado estrangeiro

Páginas: 8 (1849 palavras) Publicado: 31 de maio de 2011
1 INTRODUÇÃO

Este trabalho tem o objetivo de comentar sobre o mercado estrangeiro, demonstrando as razões para se investir no mercado externo, qual a vantagem desse investimento, quais as razões de tomar empréstimos e de fornecer créditos para o mercado estrangeiro, explicando como são os processos, os juros e impostos cobrados para essas transações e como deve ser seguido conforme a lei Nº4.131.
Para se realizar este trabalho foi feito uma pesquisa em sites de finanças internacionais, para podermos compreender como são feitas essas transações entre países, o que leva um país fornecer e tomar crédito de outro país.

2 DISCORDÂNCIAS COMERCIAIS

Políticas de comércio internacional determinam parcialmente quais empresas obtêm maior participação de mercado dentro de uma indústria.Essas políticas afetam o nível de desemprego, o nível de renda e o crescimento econômico de cada país. Apesar de os tratados comerciais terem reduzido tarifas e quotas no decorrer do tempo, a maioria dos países ainda impõe algum tipo de restrição comercial sobre produtos em particular para proteger suas empresas locais.
Considere algumas situações que podem ocorrer:
• As empresas com base em umpaís não estão sujeitas às restrições ambientais e, assim, podem produzir a um custo mais baixo que as empresas em outros países.
• As empresas com base em um país não estão sujeitas às leis de trabalho infantil e são capazes de produzir a um custo mais baixo que empresas em outros países, dependendo, na maioria das vezes, de crianças para fabricar os produtos.
• As empresas em um país recebemsubsídios do governo, enquanto exportam os produtos. A exportação de produtos que foram produzidos com a ajuda de subsídios do governo é identificada como dumping. Essas empresas poderão vender seus produtos a um preço mais baixo que qualquer um de seus concorrentes em outros países.
• As empresas em um país recebem reduções de impostos se pertencerem a indústrias específicas. Essa prática não énecessariamente um subsídio, mas ainda é uma forma de suporte financeiro governamental.
Em todas essas situações, empresas de um país podem ter vantagem sobre empresas de outros países. Cada governo utiliza algum tipo de estratégia que poderá dar às empresas locais uma vantagem na luta pela participação no mercado global.
Independentemente do progresso dos tratados de comércio internacional, osgovernos deverão ser capazes de encontrar estratégias que poderão dar a suas empresas locais uma saída para a exportação.

2 FATORES QUE INFLUENCIAM O FLUXO COMERCIAL INTERNACIONAL

Existem alguns fatores que atualmente influenciam na dinâmica do comércio ou no fluxo internacional de mercadorias, um dos fatores e de ordem abrangente são as mudanças tecnológicas ocorridas nas últimas décadas.Conforme o site Universia os fatores são os seguintes:
1º fator: O aumento na demanda em todos os países por todo tipo de produtos. Esse fator é explicado pelo enorme acréscimo demográfico desse período, quando, de 2,5 bilhões de habitantes em 1950, o mundo chegou a 2007, com 6,7 bilhões. Um acréscimo de mais de 4 bilhões de pessoas num espaço de tempo de 57 anos. A expansão do meiotécnico-científico-informacional é que permitiu que essas regiões se industrializassem, propiciando o assalariamento da maioria da população, e conseqüentemente sua entrada no mercado consumidor.
2º fator: A melhoria dos sistemas de transporte e o rebaixamento de custos. Dois terços das trocas comerciais internacionais são feitos até hoje por via marítima, esse tipo de transporte que no início do século, tinhauma capacidade media por embarcação de 4 mil toneladas, chega a atualidade com grandes navios transportando em média entre 200 mil e 300 mil toneladas. Outra alteração diz respeito a forma de acondicionamento das mercadorias, com o uso de cofres de carga (containeres).
3º fator: Liberalização das regras comerciais que regula as trocas. O fluxo global de mercadorias ou troca entre os países,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Empréstimos e investimento
  • Investimento Estrangeiro
  • O investimento direto estrangeiro – ide
  • Investimento Direto Estrangeiro
  • Investimento direto no estrangeiro (ide)
  • Investimento directo estrangeiro
  • Desenvolvimento e Investimento Directo Estrangeiro
  • Brasil como foco dos investimentos estrangeiros e

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!