Emergência de nova prática profissional no contexto de efervescência do populismo (1961-1964).

Páginas: 5 (1105 palavras) Publicado: 11 de abril de 2011
EMERGÊNCIA DE NOVA PRÁTICA PROFISSIONAL NO CONTEXTO DE EFERVESCÊNCIA DO POPULISMO (1961-1964).

É nesse período que se inicia o desenvolvimento, no Brasil no contexto de uma perspectiva crítica do Serviço Social tradicional, quando setores da categoria profissional dos assistentes sociais esboçam algumas tentativas de novas experiências de vinculação da ação profissional aos processos elutas por mudanças.

Esses profissionais são impulsionados por uma agitação política que ganha força no Brasil em toda a América Latina. Perante a crise do modelo desenvolvimentista.

Neste período, João Goulart assume a presidência após a renúncia de Janio Quadros, tenta promover mediante uma política populista o nacionalismo desenvolvimentista, contrapondo-se ao processo de internacionalizaçãoda economia brasileira e abrindo espaços para os processos de mobilização e lutas a favor das mudanças de base, no contexto de um processo de ampla luta política.

Goulart impõe uma série de restrições aos investimentos multinacionais, com severa política de controle de remessa de lucros (royalties, transferência de tecnologia, legislação antitruste, negociação para nacionalização de corporaçõesestrangeiras), adoção de uma política nacionalistas de apoio e concessão de subsídios diretos ao capital privado nacional.

Engajamento e apoio de amplos setores sociais nas lutas pelas reformas estruturais e reformas de base, com especial atenção para uma política externa independente. Esse processo atinge operários, camponeses, estudantes, intelectuais, liga camponesa, sindicatos, Movimentode Educação de Base-MEB, Movimentos populares de cultura.

A questão social nesse período é enfrentada por medidas de extensão da educação, ampliação da legislação trabalhista ao trabalhador do campo, barateamento do preço dos alimentos, combate às doenças endêmicas e programas de habitação popular.

Nesse momento já existe manifestação de segmentos militares contrários às ações de Goulart.O Serviço Social é cada vez mais absorvido pelo Estado. Até então o Serviço Social tem sua configuração profissional voltada para as disfunções individuais e sociais, ancoradas na psicologia, sociologia na perspectiva funcionalista positivista com métodos tradicionais de caso, grupo e comunidade.

A pratica profissional começa a deslocar seu eixo de preocupação do indivíduo para a comunidade,dando margem à adoção de novas técnicas como reunião e nucleação de grupos. Os valores norteadores da profissão são ainda de caráter humanista e a formação profissional passa a se pautar pela busca do avanço técnico na perspectiva do ajustamento do indivíduo numa sociedade harmônica. ( Silva e Silva, 1984:12-13).

Grupo reduzido de Assistentes Sociais é influenciado pelo posicionamento da alaesquerda da Igreja Católica (1960-64), que parte de uma análise crítica da sociedade diante das contradições expressas no cenário nacional e principalmente ao método de DC.

Ao Desenvolvimento de Comunidade é conferido um caráter político, crítico e classista, onde as comunidades passem a ser vistas como uma realidade constituída de forças antagônicas regidas por relações sociais de dominação e aparticipação passa a ser percebida como luta pela hegemonia das classes subordinadas.

Muitos Assistentes Sociais nesse período assumem o MEB, organizado pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, voltando-se inicialmente, para um trabalho de alfabetização, passando depois para a animação popular e para um trabalho de sindicalização.

Paulo Freire influencia Assistentes Sociais nostrabalhos de cultura popular.

O Serviço Social no contexto da ditadura militar: (1964-1985). Golpe militar

De 1964 a 1968 – Estado de Segurança Nacional.
Mecanismos de extremo controle e reforma constitucional e institucionalização do Ato Institucional nº 5 (AI-5).

De 1969 a 1974 – ditadura militar.

De 1974 a 1985 – Retirada dos militares da cena política.

O Serviço Social é bastante...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Resenha: A política externa independente do apogeu do populismo (1961 – 1964)
  • Pesquisa e pratica profissional contextos educativos
  • Economia brasileira
  • RELATÓRIO DE PESQUISA E PRÁTICA PROFISSIONAL O CONTEXTO DA ORGANIZAÇÃO ESCOLAR
  • Portifolio pesquisa e pratica profissional- contexto educativos
  • PORTFÓLIO PESQUISA E PRÁTICA PROFISSIONAL: CONTEXTOS EDUCATIVOS
  • Relatório de pesquisa e prática profissional – contexto escolar
  • Características do regime militar e o nascimento de uma nova prática profissional

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!