Eletricidade - Conceitos e aplicações_ Eletricista Industrial

Páginas: 10 (2255 palavras) Publicado: 21 de junho de 2013
SUMÁRIO

1. A ELETRICIDADE 2
2. MAGNETISMO E ELETROMAGNETISMO 6
3- CORRENTE ALTERNADA 22
4. CIRCUITOS TRIFÁSICOS 29
5. EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO 34


1. A ELETRICIDADE

Tudo na natureza é matéria.

A matéria é constituída por moléculas.

Molécula é a menor porção de uma substância que ainda conserva todas as suas propriedades iniciais. A molécula é formada por átomos.

Oátomo é a menor porção da matéria e é constituído de prótons, elétrons e nêutrons.



No núcleo estão os prótons e os nêutrons, ambos definidos como tendo massa unitária. Os prótons têm natureza elétrica positiva. As partículas que giram ao redor do núcleo são denominadas elétrons, que têm carga elétrica negativa e não têm massa.



Chamamos de eletrização a um processo externo qualquer queretire, ou coloque, elétrons na última camada ou orbital do átomo.


Quando um átomo ganha ou perde elétrons, diz-se que ele se tornou um íon, ou seja, não é mais eletricamente neutro. Diz-se então que o átomo ganhou Carga Elétrica.Solução:

Como existe o valor de tensão e o valor da resistência do resistor, basta aplicar a fórmula original da Lei de Ohm, ou seja,

  I = 3 (A)
















Circuito Série:







Exemplo: Calcular a resistência equivalente da associação a seguir:Substituindo-se os valores e calculando a resistência equivalente, tem-se:
RT = R1 + R2 + R3
RT = 3Ω +2 Ω+ 5Ω
RT = 10 (Ω)

Circuito Paralelo













Exemplo: calcular a resistência equivalente da associação paralela que possui quatro resistores de 20Ω.


Exemplo: calcular a resistência equivalente da associação paralela de resistores a seguir:



Substituir R1, R2 e R3pelos valores dos resistores.
R1 = 12Ω, R2 = 6Ω, R3 = 4Ω.





LEIS DE KIRCHOFF






Exemplo: calcular as correntes da associação abaixo.

































V = V­1 + V2 + V3

Exemplo:
Calcular as quedas de tensão nosresistores da associação:



Solução:
A solução deste circuito inicia-se pelo cálculo da resistência total, para a determinação da corrente:

RT = R1 + R2 + R3 + R4 + R5  RT = 2 + 3 + 4 + 6 + 3  RT =18 ()



Após a determinação da corrente do circuito, pode-se calcular as quedas de tensão em cada resistor, aplicando-se a Lei de Ohm:

V1 = R1 . I  V1 = 2 . 2 A  V1= 4 (V)
V2 = R2 .I  V2 = 3 . 2 A  V2= 6 (V)
V3 = R3 . I  V3 = 4 . 2 A  V3= 8 (V)
V4 = R4 . I  V4 = 6 . 2 A  V4= 12 (V)
V5 = R5 . I  V5 = 3 . 2 A  V5= 6 (V)


































2. MAGNETISMO E ELETROMAGNETISMO




.3- CORRENTE ALTERNADA


A tensão alternada é obtida devido ao 3º fenômeno do eletromagnetismo.Se um condutor girar dentro de um campo magnético constante,como mostrado na figura abaixo, sobre ele surgirá uma fem induzida, que nesse caso será alternada senoidal.



.






A tensão elétrica disponível nas residências é do tipo alternada, razão pela qual a maior parte dos equipamentos elétricos é construído para funcionar alimentado a partir deste tipo de corrente elétrica....
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • eletricista industrial
  • eletricidade industrial
  • Eletricidade Industrial
  • Curriculum Eletricista Industrial
  • Conceitos de eletricidade
  • curso eletricista industrial
  • Conceitos Básicos
  • Conceito de estabelecimento industrial e equiparado a industrial

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!