ELEMENTOS DE M QUINAS I

Páginas: 7 (1572 palavras) Publicado: 6 de abril de 2015
ETAPA 1
PASSO 1
Definir quais serão os dados que a equipe irá utilizar para calcular todo o projeto do guindaste. Somar os últimos algarismos dos RA´s dos integrantes do grupo e identificar os dados na tabela abaixo:
Quadro – Dados de Carga
Grupo 2 : Força a ser usada é de: 3000lbf/pol² = 20684.27KPa

PASSO 2
Fazer uma pesquisa dos tópicos abaixo, de modo a entender quais as possíveis falhasque podem ocorrer dentro de um projeto mecânico:

Deformação Elástica
Escoamento
Indentação
Fratura Frágil
Fadiga
Corrosão
Desgaste
Flambagem
Deformação Elástica
Ocorre quando acontece a deformação elástica (recuperável), devido à carregamentos ou temperatura, é tanta que o funcionamento adequado do item não é mais possível. A deformação ocorre quando é aplicada uma tensão ou variação térmica quealtera a forma de um corpo. Na deformação elástica, o corpo retorna ao seu estado original após cessar o efeito da tensão. Isso acontece quando o corpo é submetido a uma força que não supere a sua tensão de elasticidade (Lei de hooke).

Figura 1 - Deformação elástica

Figura 2 - Corpo de prova sofrendo deformação elástica

Escoamento
Ocorre quando a deformação plástica (não recuperável) em umcomponente dúctil da máquina, causada pelas cargas de operação impostas ou movimentos, se torna elevada o suficiente para interferir com habilidade da máquina em desempenhar satisfatoriamente a sua função pretendida.
Limite de escoamento, também chamado de tensão de cedência ou tensão de limite elástico, ou tensão de escoamento, é a tensão máxima que o material suporta ainda no regime elástico dedeformação, se houver algum acréscimo de tensão o material não segue mais a lei de Hooke e começa a sofrer deformação plástica (deformação definitiva). Onde k é o módulo de elasticidade ou Módulo de Young.



Indentação
Ocorre quando forças estáticas entre duas superfícies curvas em contato resultam em escoamento de um ou ambos os componentes acoplados, para produzir uma descontinuidade superficialpermanente e de tamanho significativo. Por exemplo, se uma esfera de rolamento é carregada estaticamente, de modo que a esfera seja forçada e indentar (marcar) permanentemente a pista de rolamento pelo escoamento plástico localizado, diz-se que a pista está indentada (marcada).
A subsequente operação de rolamento deve resultar em um aumento intolerável de vibração, ruído e aquecimento e, portanto,a falha terá ocorrido.

Figura 3 - Indentação
Fratura Frágil
Ocorre quando a deformação elástica, em um componente de máquina que apresenta comportamento frágil, e conduzido ao extremo, de modo que as ligações Inter atômicas primárias são quebradas e o componente se separa em duas ou mais partes. Defeitos preexistentes ou crescimento de trincas propiciam sítios de iniciação para uma rápidapropagação de trincas e falha catastrófica, deixando uma superfície de fratura granular e multifacelada.

Figura 4 – Fratura frágil

Fadiga
E um termo geral aplicado à separação repentina e catastrófica de um componente de máquina em duas ou mais partes, como resultado da aplicação de cargas ou deformações variáveis por um período de tempo. A falha ocorre por meio da iniciação e propagação estável deuma trinca, até que esta se torne instável e se propague repentinamente até a falha. Os carregamentos e as deformações que causam a falha por fadiga são tipicamente muito inferiores àqueles da falha por carregamento estático. Quando os carregamentos ou deformações são de tal ordem que mais de 50.000 ciclos são necessários para produzir a falha, o fenômeno é usualmente denominado fadiga dealto-ciclo. Quando os carregamentos ou deformações são de tal ordem que menos de 10.000 ciclo.
Quando o ciclo de carregamento ou deformação é produzido por um campo de variação de temperaturas em uma peça da máquina, o processo é usualmente denominado fadiga térmica. A falha por fadiga superficial, normalmente associada com superfícies de rolamento em contato (porém, algumas vezes associado com contato...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • 6 Elementos De M Quinas I
  • Elementos de M quina
  • Elementos de M quinas 05
  • ATPS Elementos de M quinas
  • Trabalho Elementos De M Quinas
  • Exercicios Elemento De M Quinas
  • Trabalho Elemento De M Quina
  • ATPS Elementos de M quinas 1

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!