Efeito citotoxico do oregano

Páginas: 9 (2161 palavras) Publicado: 28 de abril de 2013
AVALIAÇÃO DA COMPOSIÇÃO QUÍMICA E CITOTOXICIDADE DO ORÉGANO E SUA RELAÇÃO COM AS DIVERSAS FASES DA DIVISÃO CELULAR


INTRODUÇÃO:
Observação de células interfásica e em divisão mitótica, cariotipagem, efeito de substâncias sobre o movimento e a estrutura dos cromossomos.

O orégano (Origanum vulgare L.) é um dos condimentos mais populares do mundo, muito utilisado na culinária, pois forneceum sabor característico, além disso, essa planta tem sido objeto de estudo, devido ao potencial biológico de seus componentes presentes no chá de orégano.
A verificação da citotoxidade de substâncias é avalianda por uma gama de bioensaios que são considerados mais ou menos sensíveis, expressando assim, resultados satisfatórios para utilização como triagem em relação à toxidade de extratosvegetais.

MÉTODOS E MATERIAIS:
Material a ser coletado:

Regiões meristemáticas das pontas de raízes ou de gemas apicais. No caso de plantas com sementes, estas podem ser colocadas para germinar em placas de petri com papel de filtro úmido, respeitando as condições ideais de temperatura e iluminação de cada espécie. No caso de plantas com bulbos e tubérculos, como a cebola e a batata, realiza-se oenraizamento em frascos de boca larga com água, lembrando-se de retirar os vestígios de raízes velhas e de trocar água diariamente para evitar apodrecimentos.
Tamanho da amostra: ocorre com frequência, para material de laboratório, uma superamostragem que não sendo necessária deve ser evitada pelo tempo consumido e o desperdício de material, com menos frequência ocorre uma amostragem menor daideal. Sugerimos dessa forma a aplicação de uma fórmula simples a partir de uma amostragem previa, considerando que se trate de uma população infinita:
(n = Z2.S2/ e2)
n = tamanho necessário da amostra;
Z = valor tabelado para uma precisão de 95% = 1,96
S = desvio padrão da pré-amostragem;
e = erro amostral. É recomendado de 2% a 5% do valor da média da pré-amostragem.
Horário e época decoleta: as coletas devem ser realizadas no horário de maior pico de divisão, o qual pode ser conhecido através de coletas realizadas de hora em hora e avaliação da porcentagem de células em divisão em cada horário (índice mitótico).
Pré- Tratamentos: necessários quando se deseja estudar os cromossomos condensados e espalhados nas metáfases mitóticas com os objetivos de contá-los e analisar suamorfologia. Para isso utiliza-se agentes antimitóticos que inibem a formação das fibras do fuso de divisão fazendo com que a mesma pare na metáfase. Tem-se conseguido bons resultados com o emprego de colchicina (em concentrações entre 0,05% a 0,1%, por 2 a 4 horas, á temperatura ambiente, protegido da luz), 8-hidroxiquinoleína à 0,029% (durante um período de 1 a 4 horas, à temperatura ambiente) etratamento a frio (incubação do material em água destilada à temperatura de 0°C a 2°C por 18 a 24 horas). Normalmente, as espécies que apresentam cromossomos menores respondem melhor à 8-hidroxiquinoleína.
Fixação: deve ser realizada imediatamente após a coleta ou o pré-tratamento. Tem objetivo de matar as células e conservar a sua estrutura e constituição química. O fixador mais empregado é o Carnoy(3 partes de álcool etílico : 1 parte de ácido acético glacial, por 4 a 24 horas a temperatura ambiente). O fixador deve ser preparado no momento do uso, na quantidade de 10 a 20 volumes de fixador por volume de tecido. Algumas vezes, melhores resultados são obtidos com a substituição do álcool etílico pelo metílico. No caso das células apresentarem no citoplasma constituintes oleosos,recomenda-se o líquido Carnoy II que deve conter etanol absoluto, clorofórmio e ácido acético glacial na proporção de 6:3:1. Quando o material não puder ser utilizado logo após o tempo de fixação, o mesmo deverá ser lavado e armazenado em etanol a 70%, onde, sob-baixa temperatura, poderá ficar até o uso. Dependendo do material recomenda-se não armazenar por mais de 1 ano.
Hidratação: realizada para...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • AVALIAÇÃO DOS EFEITOS TÓXICOS, CITOTÓXICOS E MUTAGÊNICOS DO EXTRATO AQUOSO DE Peumus boldus
  • Citotóxicos
  • oregano
  • Orégano
  • EFEITO CITOTÓXICO E GENOTÓXICO DO EXTRATO AQUOSO DE Luffa operculata (L.) Cogn. POR MEIO DO TESTE DE Allium cepa
  • Linfócitos Citotóxicos
  • Manuseamento de Citotóxicos
  • o efeito

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!