Educaçao fisica

Páginas: 15 (3670 palavras) Publicado: 12 de abril de 2013
RESGATAR O BRINCAR TRADICIONAL: UMA CONTRIBUIÇÃO À FORMAÇÃO DE
PROFESSORES
Carolina Cardoso COLHANTE
Iraíde Marques de Freitas BARREIRO
Nara PRATTA
Mário Sérgio VASCONCELOS1

Criança que não brinca não é criança. Adulto que não brinca
perdeu para sempre a criança que existe dentro dele. (Pablo
Neruda)

Resumo:

Este artigo é resultado de uma experiência de intervenção desenvolvida emuma
escola de Educação Infantil do Município de Assis (SP). Tendo em vista a
importância do brincar para o desenvolvimento integral da criança, propusemos a
valorização e o resgate das brincadeiras tradicionais no contexto escolar. Para
tanto, a partir da contextualização histórica e cultural do brincar, iniciamos nossos
trabalhos com observações de crianças em sala de aula e promovemosencontros
com professores nos espaços de Hora de Estudo (H.E) com o intuito de discutir
sobre o significado do brincar como elemento de desenvolvimento e da
aprendizagem das crianças no contexto educacional. Posteriormente,
principalmente através de oficinas temáticas, buscamos proporcionar reflexões e
ressignificações a respeito da importância do brincar, priorizando o resgate das
brincadeirastradicionais. Visamos, desta forma, instrumentalizar as professoras
para que pudessem valorizar as atividades lúdicas e as brincadeiras tradicionais
em suas práticas cotidianas no contexto escolar.

Palavras-chave: brincar; brincadeiras tradicionais; infância; educação infantil.

(RE)DIMENSÃO SÓCIO-HISTÓRICA E CULTURAL DO BRINCAR
Para significar o passado e redimensionar o presente, énecessário entender
que a infância é uma construção histórica. A concepção de infância modificou-se ao longo do
tempo bem como o cuidado oferecido à criança. Tais modificações levaram muitos estudiosos
a olhar para o brincar como parte fundamental do desenvolvimento integral da criança e
contribuíram, no decorrer da história, para a elaboração de políticas públicas para a Educação
Infantil. Porém,na atualidade, o repertório de brincadeiras vem sofrendo influências das novas
tecnologias, o que permite compreender, em parte, o abandono/esquecimento das brincadeiras
tradicionais num momento em que o tempo para ser criança é cada vez mais reduzido e a
criança passou a ser um “foco” de consumo.
A infância, tal como a conhecemos e a definimos, nem sempre foi concebida
desta forma. Deacordo com Philippe Àries (1981) a “descoberta” da infância teve início no
século XIII quando as crianças passaram a ser representadas por meio da arte e expressadas
não enquanto crianças, mas como “adultos em miniatura”. Durante o século XIV as pinturas

144

acerca da infância referiam-se a temas religiosos e a maioria das crianças retratadas aparecia
ilustrada como anjinhos. Por volta dosséculos XV e XVI destacava-se uma iconografia com a
criança expressas em imagens de família, com outros adultos, brincando no colo de sua mãe,
etc. Nessa época, ao mesmo tempo em que a criança passa a ser admirada por sua
graciosidade também há uma preocupação pela sua inserção na sociedade e, em
conseqüência, com a sua educação para a vida e para o trabalho (TOMÉ, 2005).
Foi somente no séculoXVII que, na arte, a criança passou a ser representada
sozinha, caracterizando um importante sinal do desenvolvimento de uma concepção de
infância mais próxima de seu sentido moderno (ÀRIES, 1981).
Sabe-se que a assistência oferecida à infância sempre esteve relacionada ao
momento sócio/histórico/político vivido por cada sociedade. Já no século XVIII se podia
observar uma educação de melhorqualidade oferecida aos filhos de burgueses, pois estes
representavam uma posição “de maior privilégio” na sociedade. Diferentemente, para os filhos
dos trabalhadores braçais era proporcionado um ensino “precário”, pois estes deveriam
constituir a mão-de-obra “adequada” aos interesses da época.
Com o advento da Revolução Industrial, no século XIX, as mulheres começam a
trabalhar nas...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • As qualidades fisicas na educaçao fisica
  • Educação física
  • Educação fisica
  • Educação fisica
  • Educação fisica
  • educação física
  • Educação Física
  • educação física

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!