Educação e pós modernidade

Páginas: 16 (3829 palavras) Publicado: 12 de novembro de 2013
Educação e Pós-Modernidade:
impasses e perspectivas 1
Alfredo Veiga-Neto

2

I
O título talvez seja pretencioso demais. Como, num espaço tão
pequeno, articular uma discussão rigorosa e minimamente útil sobre
questões tão intrincadas, atuais e polêmicas? Como não perder de vista a
clareza e, ao mesmo tampo, ser fiel aos principais autores que vêm se
ocupando com a descrição e aproblematização da Contemporaneidade?
Diante de tantas dificuldades, não me resta outra alternativa senão fazer
deste texto um pequeno mapa —talvez panorâmico demais...— sobre as
questões que julgo mais importantes e perturbadoras nesse campo de
discursos, representações e (in)certezas que se costuma chamar de crise da
Modernidade,

em

suas

relações

com

as

práticas

e

asteorizações

educacionais.
Assim, o que segue pode ser lido como um quase-inventário
esquemático e como um conjunto de provocações.
Com esse quase-inventário esquemático, quero pontuar não apenas
alguns aspectos daquela (assim chamada) crise, mas também mostrar alguns
modos de ver e compreender o que se passa no mundo de hoje e o que,
desse mundo de hoje, nos passa, ou seja, nos atravessa enos interpela.
Dado o descompasso entre o tamanho da empreitada e o caráter panorâmico
deste texto, resolvi dividi-lo em duas partes. Nesta Introdução, estabeleço as
bases epistemológicas e conceituais sobre as quais desenhei meu mapa de
impasses

e

perspectivas;

metodológico. Na

segunda

esta

parte

tem

um

caráter

parte, sou mais sucinto

e

claramenteesquemático:

simplesmente sumario as questões que levantei e discuti por ocasião da Aula
Inaugural que proferi no Programa de Pós-Graduação em Educação da

Resumo da Aula Inaugural no Programa de Pós-Graduação em Educação da Pontifícia
Universidade Católica do Rio de Janeiro (PPG-Educação/PUC-Rio), em março de 2005.

1

Alfredo Veiga-Neto é Mestre em Genética, Doutor em Educação, Professor doPPG-Educação da
Universidade Luterana do Brasil (ULBRA) e Professor Convidado do PPG-Educação da Universidade
Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). alfredoveiganeto@uol.com.br

2

Pontifícia Universidade Católica do Rio deneiro —PPG-Educação/PUC-Rio—,
em março de 2005.
Com as provocações, meu objetivo é partilhar, com meus leitores e
leitoras, as perplexidades, incertezas e dificuldades queassombram todos
aqueles que se ocupam em tentar estabelecer condições mais justas e
igualitárias no mundo de hoje. Talvez alguns também entendam como
provocações as próprias bases em que me assento e a perspectiva analítica
pela qual compreendo as conexões entre a educação e o pós-moderno.
Ressoando no fundo de tudo isso está uma vontade de saber que tem, a
ativá-la, uma vontade de poder. Emboa medida, o que se quer é colocar em
movimento os mais variados poderes que nos permitam diminuir, ao mínimo,
os riscos de um futuro que se nos apresenta ameaçador e incerto.
Só essa questão da nossa crescente incerteza quanto ao futuro já
renderia uma boa discussão, um longo texto... Afinal, mais do que nunca
estamos nos dando conta de que a promessa moderna de conseguirmos
administrar,programar e controlar efetivamente o devir — o que levou o
pensamento moderno a reduzir o devir ao futuro — não se cumpriu e não
poderá se cumprir. Diante dessa descoberta, abriram-se as duas alternativas
mais conhecidas: ou o niilismo ou a presentificação. Como bem sabemos,
para contornar a primeira (ou fugir dela), a Contemporaneidade está tratando
de trazer, cada vez mais intensa eaceleradamente, o devir para o presente
ou, nas palavras de Paul Klee, descontar o futuro no presente. Se por um
lado fica extremamente difícil, senão impossível, compatibilizar niilismo com
educação, muitos optam pela presentificação, sem se darem conta de que
assumi-la a significa comprometer o próprio sentido temporal atribuído à
educação.
Entre outras possibilidades, me parece que a retomada...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Pós-modernidade, ética e educação
  • A educação no contexto na pós-modernidade
  • Desafios da Educação na Pós-Modernidade
  • educação reflexiva na pos modernidade
  • Modernidade, Pós-modernidade e Educação: Como começar segunda-feira de manhã?
  • Pós – Modernidade, Ética e Educação
  • Pré- Modernidade, Modernidade e Pós- Modernidade
  • Modernidade e Pós Modernidade

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!