Educação libertadora de paulo freire

Páginas: 11 (2678 palavras) Publicado: 19 de maio de 2012
1- Resumo do trabalho
Este trabalho visa sobre o sentimento da educação libertadora de Paulo Freire, numa interligação com a vida funcional do educando e com a filosofia da educação. Demonstra que a aprendizagem é uma decorrência espontânea da leitura do mundo, além das teorias e das escolas tradicionais e dogmáticas. Trata-se de um estimulador ao pensamento concepcionalde Paulo freire, sendoque tendências libertadoras podem ser o ideário de uma pedagogia nova, coadjuvante do processo de humanização das ciências humanas e educacionais das quais a práxis educacional faz parte.
















2- Introdução
A educação é pratica social que ocorre nas diversas instancias da ciência. Seu objetivo primordial é a harmonização dos homens em seus valores éticos- morais.Fazer seres humanos participantes dos frutos e da construção civilizatória eleva a educação num patamar de humanização que assegura a existência em seus apegos e interesses numa unidade dialética com a cultura e a própria sociedade. Torna-se necessário esclarecer que as relações sociais não e são unívocas, iguais, mas expressam uma leitura do mundo que vai além de ensinos teóricos, históricos eheurísticos. A educação e também serviço que, às vezes, e acelerada pelo homem em suas circunstancias primarias: o papel de educar. Nesta doutrina materialista, um educador brasileiro, prefigurou idealmente um resultado de melhoria da escola. Fazer uma leitura do homem em seus aspectos de produção de conhecimento, na formação de conceitos culturais, hipóteses e criticas para que pudesse libertar dasatividades medidas exclusivamente pela teoria. O educador Paulo freire trouxe a baila da educação brasileira uma atividade revolucionaria, meditada por uma relação consciente e libertadora.











3- Biografia de Paulo Freire
Paulo Reglus Neves Freire nasceu no dia 19 de setembro de 1921 em Recife, nonordeste do Brasil, e faleceu em 2 de maio de 1997 em São Paulo.Como estudioso,ativista social e trabalhador cultural, Freire desenvolveu, mais doque uma prática de alfabetização, uma pedagogia crítico liberadora. Em suaproposta, o ato de conhecimento tem como pressuposto fundamental a culturadoeducando; não para cristalizá-la, mas como ”ponto de partida” para que ele avancena leitura do mundo, compreendendo-se como sujeito da história. É através darelação dialógica que seconsolida a educação como prática da liberdade.Em sua primeira experiência, em 1963, Freire ensinou 300 adultos a ler e escrever em 45 dias. Esse método foi adotado em Pernambuco, um estado produtor de canade- açúcar. O trabalho de Freire com os pobres e, internacionalmente clamado, teve início no final da década de 40 e continuou de forma ininterrupta até 1964.
Os 16 anos de exílio foram períodostumultuados e produtivos: uma estadia decinco anos no Chile como consultor da UNESCO no Instituto de Capacitação eInvestigação em Reforma Agrária; uma nomeação, em 1969, para trabalhar noCentro para Estudos de Desenvolvimento e Mudança Social da Universidade de Harvard; uma mudança para Genebra, na Suíça, em 1970, para trabalharcomo consultor do Escritório de Educação do Conselho Mundial deIgrejas,onde desenvolveu programas de alfabetização para a Tanzânia e GuinéBissau, que se concentravam na reafricanização de seus países; odesenvolvimento de programas de alfabetização em algumas ex-colôniasportuguesas pós-revolucionárias como Angola e Moçambique; ajuda aogoverno do Peru e da Nicarágua em suas campanhas de alfabetização...Paulo Freire (1921-1997) representa um dos maiores e maissignificantes educadoresdo século XX. Sua pedagogia mostra um novo caminho para a relação entreeducadores e educandos. Caminho este que, consolida uma proposta político pedagógica elegendo educador e educando como sujeitos do processo deconstrução do conhecimento mediatizados pelo mundo, visando atransformação social e construção de uma sociedade justa, democrática eigualitária.. Na América do Sul,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • a educação libertadora na visão de paulo freire
  • Paulo freire e a educação libertadora: um modelo para a construção de uma nova escola.
  • EDUCAÇÃO, PAULO FREIRE
  • A educação segundo paulo freire
  • O PENSAR EDUCAÇÃO EM PAULO FREIRE
  • educação. Paulo freire
  • Educação e conscientização " paulo freire "
  • Contribuições de paulo freire para educação

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!