Educação infantil de surdos

Páginas: 23 (5540 palavras) Publicado: 19 de maio de 2012
KARNOPP, Lodenir; QUADROS, Ronice Muller de. Educação infantil para surdos. In: ROMAN, Eurilda
Dias; STEYER, Vivian Edite. (Org.). A criança de 0 a 6 anos e a educação infantil: um retrato
multifacetado. Canoas, 2001, p. 214-230.

Educação infantil para surdos
Drª. Lodenir Karnopp e Drª. Ronice Müller de Quadrosi
ULBRA e UFRGS/Nuppes

1 INTRODUÇÃO
Falar sobre educação infantil parasurdos exige uma discussão prévia sobre as
línguas de sinais, o processo de aquisição da linguagem por crianças surdas e os seus
direitos lingüísticos. Isso se faz necessário, uma vez que a língua natural das crianças
surdas é a língua de sinais. Considerando os direitos lingüísticos, as crianças surdas têm o
direito de usar sua língua materna em todas as situações oficiais (cf. Skutnabb-Kangas(1994:152) e as escolas devem reconhecer a língua de sinais como língua da educação do
surdo. O presente artigo objetiva, portanto, apresentar uma discussão em torno desses
assuntos e introduzir algumas reflexões sobre a educação infantil de crianças surdas.
2 AS LÍNGUAS DE SINAIS (espaciais-visuais)
As línguas de sinais são consideradas pela lingüística como línguas naturais ou
como um sistemalingüístico legítimo, e não como um problema do surdo ou como uma
patologia da linguagem. Este reconhecimento, no entanto, aconteceu a partir de estudos
realizados inicialmente na língua de sinais americana - ASL. A pesquisa realizada por
Willian Stokoe foi publicada em 1965 (Stokoe et alli, 1965/ 1976) e representou uma
revolução social e lingüística. A partir dessa obra, várias outraspesquisas foram
publicadas apresentando perspectivas completamente inovadoras sobre as línguas de
sinais (Bellugi & Klima, 1972; Siple, 1978; Lillo-Martin, 1986) culminando no seu
reconhecimento lingüístico nas investigações realizadas por Chomsky (1995:434, nota 4)
na Teoria da Gramática. Chomsky observou que o termo “articulatório” não se restringia
à modalidade das línguas faladas, masexpressava uma forma geral da linguagem ser
representada no nível de interface articulatório-perceptual incluindo, portanto, as línguas
sinalizadas.
Pesquisas realizadas em diversos países procuram descrever, analisar e demonstrar
o status lingüístico das línguas de sinais, assegurando que as mesmas são línguas naturais e
que apresentam as seguintes propriedades universais:

1

1. As línguas desinais existem em comunidades de pessoas surdas. A LIBRAS é
a língua de sinais que se constituiu naturalmente na comunidade surda
brasileira. Tal língua apresenta todos os níveis de análise de quaisquer outras
línguas, ou seja, o nível sintático (da estrutura), o nível semântico (do
significado), o nível morfológico (da formação de palavras), o nível
fonológico (das unidades que constituemuma língua) e o nível pragmático
(envolvendo o contexto conversacional).
2. As línguas de sinais são distintas, isto é, existem diferentes línguas de sinais
para cada comunidade de surdos. Existe, por exemplo, a língua de sinais
americana que é usada por surdos dos Estados Unidos, há a língua de sinais
brasileira - LIBRAS - que é usada pelos surdos dos grandes centros urbanos
do Brasil, entreoutras.
3. A língua de sinais não pode ser considerada como uma língua “primitiva” – ela
é uma língua altamente complexa e capaz de exprimir uma idéia do universo. O
vocabulário das línguas de sinais pode ser alargado de forma a incluir novas
palavras para novos conceitos.
4. As línguas de sinais evoluem através dos tempos.
5. A relação entre o significante e o significado nas línguas desinais são, na maior
parte dos casos, arbitrária.
6. As línguas de sinais utilizam um sistema finito de elementos que se combinam
formando elementos com significação ou palavras que, por sua vez, constituem
um sistema infinito de frases possíveis.
7. A gramática das línguas de sinais apresenta regras semelhantes para a formação
de palavras e frases.
8. Todas as línguas de sinais incluem...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • POSSIBILIDADES E IMPASSES NA INCLUSÃO DE BEBÊS SURDOS NA EDUCAÇÃO INFANTIL
  • a inclusao do aluno surdo na educação infantil no ensino regular
  • educação para surdos
  • educação de surdos
  • A educação do surdo
  • Educação de surdos
  • educação de surdos
  • Educação de surdos

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!