Economia

Páginas: 14 (3394 palavras) Publicado: 16 de maio de 2014
1-Quais são os objetivos da politica macroeconômica?
- Crescimento econômico sustentável (PIB)
aumento do bem estar material
aumento do nível de emprego
As políticas econômicas procuram estimular o crescimento da capacidade produtiva da economia, ou seja, o aumento da quantidade de bens e serviços ofertados.
Importante: Crescimento Econômico x Desenvolvimento Econômico
- Estabilidade donível geral de preços (controle da inflação)
Inflação controlada não significa inflação zero;
Inflação alta acarreta distorções, principalmente, sobre as classes baixas e sobre as expectativas.
- Equilíbrio Externo
Déficit externo mais forte implica em perda de reservas, o que pode levar a uma moratória;
Superávit externo mais prolongado, o governo deve emitir moeda gerando inflação ouexpansão da dívida interna (Risco).
-Distribuição Eqüitativa de Renda
- política de longo prazo;
- aumento do poder de compra das classes mais baixas;
- desenvolvimento econômico
2-Por que os objetivos de política econômica podem interferir na avaliação da eficiência de um governo ou política econômica?



3-caso a economia encontre-se estagnada, o governo aplicando uma politica fiscalKeynesiana atuará de que forma nessa economia?

4-por que os governos podem cortar impostos para aumentar a produção?
Por que imposto nada mais é que a renda política, ou seja, a parte do lucro que vai obrigatoriamente para o estado. Cortando imposto não vai diminuir nada do lucro em si, só o governo que fica sem o retorno.

5-Os bancos criam dinheiro. Como realizam esta atividade?Construa umexemplo.
Os bancos comerciais criam continuamente moeda para empréstimos. Eles fazem isso simplesmente teclando números nas contas bancárias de tomadores de empréstimos, os quais então gastam-nas como se fossem papel moeda real. Hoje a grande maioria de todo o dinheiro existe apenas como números em contas bancárias. De acordo com a lei, estes números têm o mesmo valor do papel moeda e das moedasmetálicas.
É permitido a cada banco comercial que crie novo dinheiro desta forma. Nos bastidores, escondido dos olhos dos clientes, começa então o lucrativo malabarismo com o dinheiro de outras pessoas. De facto, as quantias que foram tecladas nas contas são comparáveis a cheques "carecas". O próprio banco não tem o dinheiro. Quando o tomador do empréstimo gasta a quantia teclada através dopreenchimento de um cheque ou de uma ordem de pagamento, o banco utilizará o dinheiro de outras pessoas para pagá-lo. Desapercebidamente, este dinheiro é tirado das contas de depósito à ordem e à prazo de outros clientes. Você não percebe isso. Os números sobre as suas contas à ordem e a prazo permanecem imutáveis. E no momento em que você quiser dispor outra vez do seu dinheiro, haverá algum empréstimo queserá pago outra vez ao banco, de modo que nunca saberá acerca disso. Em muitos países o mínimo de reservas que os bancos devem manter está fixado por lei. (Muitas vezes algo em torno dos 10 por cento). A maior parte das vezes estas reservas são mantidas pelo banco central do país.
Porque os bancos utilizam o dinheiro de outras pessoas para apoiar o novo dinheiro que eles emprestam, a quantidadede novo dinheiro que podem criar é limitada. Na prática, cerca de 90 por cento de todos o dinheiro depositado em contas à ordem e de poupança é utilizado como suporte do novo dinheiro.
Contudo, o dinheiro depositado em contas à ordem e de poupança também é dinheiro que em certo momento foi extraído do chapéu do banqueiro. Assim, novo "dinheiro criado a partir do nada" é suportado pelo jáexistente "dinheiro criado a partir do nada". Mas enquanto ninguém perceber, o malabarista obtém aplauso. Vamos dar uma olhadela às consequências.













6-Qual é o principal objetivo da política monetária?
O objetivo é controlar a quantidade de moeda em circulação, de crédito e das taxas de juros controlando a liquidez global do sistema econômico.


7-Explique a política...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • economia
  • Economia
  • Economia
  • Ecônomia
  • economia
  • Economia
  • Economia
  • Economia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!