economia portuguesa e europeia

Páginas: 33 (8217 palavras) Publicado: 8 de maio de 2014
1. A industrialização europeia e o atraso económico português (1830 – 1913)
a. Os níveis de vida em Portugal e na Europa no início do seculo XIX
Indicadores económicos de recursos e de resultados
Indicadores económicos - expressam o nível de vida dos habitantes num determinado país, podem ser referentes aos recursos utilizados, como aos resultados obtidos numa economia.
Os indicadores derecursos são por exemplo: taxa de atividade, intensidade capitalista, stock de capital humano.
Os indicadores de resultados são por exemplo: o produto interno bruto “per capita” e o consumo “per capita”.

NOTA: nas comparações internacionais entre os países devemos usar indicadores de resultados expressos em paridade do poder de compra. Por exemplo, o PIB ou PNB “per capita” em paridade do poderde compra.

Nível de vida de Portugal e da Europa no início do século XIX
O nível de vida de Portugal estava muito próximo dos restantes países da Europa, em particular dos países pequenos, o que contrasta com a situação atual. Portugal era superior à media dos países nórdicos (Suécia, Dinamarca…), e, era bastante inferior face ao Reino-Unido e Bélgica.

b. O processo de industrializaçãoeuropeu e o crescimento económico moderno
As três etapas do processo de crescimento económico moderno:
Primeira etapa (1740-1830): A revolução industrial oriunda do Reino-Unido
Os benefícios da Revolução Industrial (1740-1760) mantiveram-se confinados ao Reino-Unido, Bélgica e às regiões do noroeste de França, pois os transportes e as comunicações ainda não estavam muito desenvolvidos, o queimpossibilitava a difusão das inovações para outros espaços geográficos.
Deste modo, como as inovações tecnológicas eram apropriadas pelos países inventores e pelos países próximos do Reino-Unido, a taxa de crescimento do “PIB per capita” nesses países foi bastante superior aos restantes países europeus.

Segunda etapa (1830 a 1880): Entrada do processo de industrialização nos países da EuropaContinental de grande dimensão (França e Alemanha)
Com o desenvolvimento dos transportes, meios de comunicação e com o fim da revolução francesa, as inovações difundem-se para a França e Alemanha. Estas tinham solos ricos em carvão e ferro, sendo estes recursos essenciais no processo da revolução industrial, o que fez com que entrassem numa dinâmica de forte crescimento económico e de prosperidade.Terceira etapa (1880 a finais do século XIX): Entrada no processo de industrialização dos pequenos países europeus.
Com o aprofundamento do desenvolvimento das infraestruturas de transporte e comunicação, e com a intensificação da difusão territorial das inovações da revolução industrial:
países Escandinavos (Dinamarca, Suécia e Noruega) entram numa rota de forte industrialização.
Itália,apesar de ser uma país grande, também entrou no processo de industrialização.
Portugal, bem como outros países do Sul da Europa (Espanha e Grécia), ficaram à margem deste processo de industrialização europeu do século XIX.

A revolução industrial aumentou o fosso entre países ricos e pobres
Os países do Centro e do Norte da Europa Continental que se envolveram num conjunto de mutaçõeseconómicas e sociais induzidas pela revolução industrial alcançaram um forte crescimento no nível de vida das populações.
Os países do Sul da Europa (Portugal, Espanha, Grécia) e a Irlanda não acompanharam a revolução industrial e ficaram com um nível de vida muito inferior aos países referidos em cima.
Há durante o seculo XIX a divisão na Europa entre Países Desenvolvidos (tiveram taxas de crescimentoda produtividade muito elevadas) e Países Subdesenvolvidos (com uma estrutura económica essencialmente agrícola, obtiveram taxas de crescimento da produtividade mais reduzidas).


C. O crescimento económico comparado no período
Divergência real da economia portuguesa face à média da Europa
Em 1830, todos os países europeus, com a exceção do Reino-Unido e da Bélgica, tinham estruturas...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • resumos de economia portuguesa e europeia
  • Economia portuguesa no contexto da união europeia
  • A economia portuguesa no contexto da união europeia
  • Economia portuguesa no contexto da união europeia
  • Economia Portuguesa e Europeia O Problema da Produtividade em Portugal
  • a economia europeia
  • Economia Europeia
  • Economia Européia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!