Economia do chile

Páginas: 30 (7327 palavras) Publicado: 17 de maio de 2013
-------------------------------------------------
Parte superior do formulário
Experimente a nova busca do Google!
 
Parte inferior do formulário
| | | | | | | |
Home  Economia Do Chile  Voltar
Economia do Chile
| | |
O Chile é hoje um dos poucos países da América Latina a conviver, por longo período, com crescimento econômico e baixa taxa de inflação, sendo considerado um casopragmático de sucesso econômico na região. A experiência chilena vem sendo observada como um paradigma de crescimento econômico entre as economias em desenvolvimento.
A partir do golpe militar ocorrido em 11 de setembro de 1973, a política econômica do governo socialista de Allende é abandonada. A nova política econômica implementada dá destaque à abertura da economia chilena aos capitais externos.Isto foi fundamental e sentou as bases do crescimento econômico com estabilidade, observado na economia do Chile na segunda metade dos anos 80 e na década dos 90.O país cresceu puxado pela expansão do setor externo, e pelo desenvolvimento de mecanismos internos de poupança, como os fundos de pensões.
Após a redemocratização do país, a partir dos anos 90, os principais indicadores da economia chilenacomeçavam a apresentar resultados positivos relacionados ao crescimento econômico e a redução dos níveis de pobreza, e melhoria na distribuição de renda. Este estudo aborda a experiência da economia chilena em relação à abertura econômica que resultou em aumento da participação do setor externo no PIB do país, através da atração de investimentos externos, proporcionando crescimento econômicosignificativo durante quase 15 anos. Conseqüentemente, surge o interesse em identificar como esse crescimento afetou a distribuição de renda intra-regional e o nível de pobreza da economia deste país.
O trabalho está estruturado em quatro seções. Na seqüência desta introdução, apresenta-se a evolução da economia chilena, com enfoque nos mecanismos que propiciaram significativo crescimento. Em seguidaavalia-se em nível intra-regional a distribuição de renda, através do Índice de Gini, e o nível de pobreza e indigência. Finalmente são apresentadas as conclusões deste estudo.
1. ABERTURA ECONÔMICA, INVESTIMENTO EXTERNO E O CRESCIMENTO ECONÔMICO
Em meados dos anos 80 começam aparecer os resultados, expressos em crescimento econômico, da política econômica implementada no Chile desde 1973. Apartir de 1985 o então Ministro das Finanças, Hermán Buchi[4], assumiu o controle da política econômica chilena. Este implementou um programa de ajuste estrutural deslocando o pólo dinâmico da economia ao setor exportador, buscando a recuperação do crescimento e a estabilização dos preços, num contexto de acesso restrito ao mercado internacional de capitais.
Esta política foi apoiada pordesvalorizações da taxa de câmbio real e um aumento nas tarifas e sobretaxas de importação, além de políticas redutoras de demanda agregada que conduziram a uma diminuição de uso da capacidade produtiva do país. A recuperação da economia somente ocorreu a partir de 1988, quando houve a concessão de incentivos cambiais e tarifários à produção de produtos comercializáveis internacionalmente.
A partir de 1987melhoram as condições do setor externo. Com a elevação do preço internacional do cobre, aumentam os influxos de investimentos no país. Isto trouxe efeitos positivos sobre o nível de atividade e investimento e, por outro lado, provocou uma pressão sobre a oferta monetária em direção a valorização cambial. Outro evento responsável pela nova situação do país era o significativo influxo de capitais externosdisponíveis no mercado mundial. Logo, a economia chilena passaria a enfrentar uma problemática totalmente oposta a dos anos anteriores, nos quais a questão era a geração de divisas para servir a dívida externa. Frente a este novo quadro, os pilares da política econômica interna foram preservados, com a posterior implementação de um conjunto de medidas voltadas à redução da vulnerabilidade...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Economia No Chile
  • economia do chile
  • Economia do chile
  • A economia do chile
  • Economia do chile
  • Chile e suas economias
  • Economia do chile em espanhol
  • CHILE: a economia e as relações comerciais com o Brasil

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!