Economia Brasileira na República

Páginas: 67 (16680 palavras) Publicado: 12 de dezembro de 2013
CRESCIMENTO E PRODUTIVIDADE NO BRASIL:
O QUE NOS DIZ O REGISTRO DE LONGO PRAZO
(Maio de 2001)
(Versão preliminar. Somente para comentários. Favor não citar)
E. Bacha 1
R. Bonelli 2
Introdução 3

Após duas décadas de medíocre desempenho macroeconômico, terá a economia brasileira
capacidade de voltar a crescer a taxas similares às de que desfrutou entre 1950 e 1980? Esta parece
ser umatarefa impossível quando se constata que, nos últimos anos, a taxa de investimento tem
sido baixa. Além disso, a intensidade de uso de capital na economia brasileira é muito mais intensa
– a relação capital/produto é muito mais elevada – do que no passado. Deste modo, o país não só
está investindo menos, como, em princípio, precisaria investir mais do que no passado, para
alcançar uma dada taxade crescimento do produto.
Sem embargo, na década passada houve uma importante guinada para melhor na política
econômica do país, caracterizada pelo fim da superinflação, maior abertura ao exterior e menor
intervenção estatal na economia. Como se sabe, o período de 1950 a 1980, quando o país cresceu
mais do que 7% ao ano, representou o auge de um modelo de características aparentemente pioresdo que o atual, pois caracterizado por alta inflação, substituição protegida de importações e forte
comando estatal.
Na verdade, uma resposta em princípio positiva à indagação inicial seria sugerida, tanto
pela moderna teoria do crescimento (com sua ênfase em economias de escala, progresso técnico e
educação), como pela bem-sucedida experiência internacional de reformas econômicas, inclusiveem países latinos (Chile, Espanha, México, Portugal). Poderia, entretanto, argüir-se que o Brasil,
ademais de sua latinidade, é um país “baleia” de características singulares no universo das
economias emergentes: desproporcionalmente industrializado, dimensões continentais, amplo
mercado interno e longa tradição de intervenção estatal e de convivência com altas taxas de
inflação. Será queconseguiremos voltar a crescer aceleradamente sem a inflação, o protecionismo e

1

Presidente da ANBID e Consultor Sênior do Banco BBA.
Pesquisador Associado da Diretoria de Estudos Macroeconômicos (DIMAC) do IPEA.
3
Os autores agradecem a colaboração de Lucilene Morandi e de Leonardo Mello de Carvalho, da DIMAC/IPEA, pelo
auxílio na elaboração de Anexos Metodológicos e pelo uso dosresultados de suas pesquisas neste trabalho.
2

as estatais das décadas passadas?
O propósito deste trabalho é iluminar a discussão sobre se o país é capaz de voltar a crescer
aceleradamente no futuro próximo, com base em uma releitura quantitativa de sua própria
experiência de crescimento econômico no período de 1940 a 2000.
O trabalho tem três partes, cada qual com suas sub-divisões. Na primeirao foco está numa
análise comparativa das últimas seis décadas a partir do desempenho dos grandes agregados
econômicos e demográficos (PIB, população, etc.), enfatizando a explicação dos ganhos de
produtividade. Na segunda analisa-se em mais detalhe o período 1950-2000 segundo um corte
setorial. Enfatizam-se as inter-relações entre a política econômica adotada em diferentes períodos e
odesempenho macroeconômico e setorial do produto real e da produtividade. A terceira parte
delimita os requisitos quantitativos para a retomada do crescimento econômico acelerado na década
que se inicia.

PARTE 1 — UMA CONTA DE SEIS DÉCADAS: PIB, PRODUTIVIDADE E EMPREGO,
1940/2000
Esta parte discute o crescimento do PIB nas últimas seis décadas. Analisa o crescimento
acelerado do imediatoapós-guerra, o(s) milagre(s), a década perdida e os anos 90 numa visão
comparativa a partir de uma marco de referência comum. Seu foco principal é o estudo da
produtividade da mão de obra (PIB por população ocupada).
O registro do crescimento do PIB e do PIB per capita, em taxas médias para as décadas de
40 a 90 e para o período 1940-200 como um todo, é mostrado na tabela seguinte. O uso de 1991 (e...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • República Velha
  • A borracha na economia brasileira na primeira republica
  • Resumo da economia brasileira na Republica Velha
  • A republica brasileira
  • República brasileira
  • O que é a República Brasileira
  • Republica Brasileira
  • Republica brasileira

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!