Drogas utilizadas no tratamento da hipertensão arterial sistêmica

Páginas: 9 (2029 palavras) Publicado: 22 de outubro de 2013



Farmacologia




Drogas utilizadas no tratamento da hipertensão arterial sistêmica






Introdução
A Farmacologia estuda os aspectos bioquímicos e fisiológicos dos efeitos dos fármacos. É dividida em duas áreas principais: Farmacocinética e farmacodinâmica.
Fármaco: É uma substância química que altera a função fisiológica de um modo específico.
Droga:Substância ou matéria-prima que tenha a finalidade medicamentosa ou sanitária.
Reações adversas: Qualquer resposta prejudicial ou indesejável e não intencional que ocorre com medicamentos em doses normalmente utilizadas no homem para profilaxia, diagnóstico, tratamento de doença ou para modificação de função fisiológica.
Farmacodinâmica: É um estudo quantitativo dos efeitos dos fármacos sobre o organismo. Local emecanismo de ação, ações e efeitos, efeitos terapêuticos etóxicos de uma droga.
Farmacocinética: Refere-se ao processamento dos fármacos no organismo, incluindo sua absorção, distribuição, metabolismo e excreção.
Hipertensão arterial sistêmica:Definida como uma pressão arterial sistólica maior ou igual 140 mmHg e uma pressão arterial diastólica maior ou igual a 90 mmHg, em indivíduos que não estãofazendo uso de medicação anti-hipertensiva.







MEDICAMENTOS QUE INTERFEREM NO SISTEMA SIMPÁTICO
DE AÇÃO CENTRAL
Metildopa: É um produto metabolizado no cérebro em sua forma ativa, sua concentração no plasma tem menos relevância para seu efeito, ao contrário do que acontece com muitas outras drogas. Quando administrada via oral, a Metildopa é absorvida por um transporte aminoácidoativo, apresentando picos de concentração plasmática de 2-3 horas. É distribuída em relativamente pequeno volume (0,4 litros/Kg), com uma meia-vida de cerca de 2 horas. Sua excreção é urinária, sendo 50-70% na forma de sulfato conjugado, 25%, na forma original, e o restante sob forma de outros metabólitos como metildopamina, metilnoradrenalina e produtos O-metilados de catecolaminas. A meia-vida daMetildopa pode chegar a 4 ou 6 horas em portadores de insuficiência renal.
Metildopa:Reduz a resistência vascular, sem causar grandes modificações na potência cardíaca em pacientes jovens com hipertensão essencial sem complicações. Pacientes idosos, no entanto, a potência cardíaca pode diminuir como resultado de uma redução na potência cardíaca ou de derrame, secundário ao relaxamento de veiase a uma redução na pré-carga. A queda da pressão arterial é no máximo 6-8 horas após a dose oral ou intravenosa.Embora a diminuição da pressão seja menor na posição deitada que de pé, a hipotensão ortostática é menos comum do que com outras drogas, isto porque a Metildopa atenua, mas não bloqueia completamente barorreceptores.
Clonidina:Pico plasmático de 2 a 4 h, seu iniciooral é de 0,5- 1 h,duração de ação é de 6-10 h, biodisponibilidade é de 75 a 95%, sua biotransformação é de metabolismo hepático, formando metabólitos inativos. Sofre circulação êntero-hepática. Ligação a proteínas plasmática de 20 a 40 %, sua meia-vida é de 6 a 20 h; 18 a 41 IR, sua eliminação é na urina (65% a 32%inalterada), fezes (22%).
Clonidina: Agente anti-hipertensivo central. Age por meio do agonismo sobreos receptores a2 – adrenérgicos, que ativam neurônios inibitórios, determinando a redução do estímulo para o sistema nervoso simpático; portanto, diminuem o débito cardíaco, a frequência cardíaca e a resistência vascular periférica.
Guanabenzo: Possui meia-vida de 4 a 6 horas e é extensamente metabolizado pelo fígado.
Guanabenzo: É um agonista α2 de ação central que diminui a pressão arterialatravés de um mecanismo semelhante ao da clonidina e da Guanfacina.
Guanfacina: O fármaco é bem absorvido após administração oral e possui grande volume de distribuição (4 a 6 litros/kg). Cerca de 50%da Guanfacina aparece de modo inalterado na urina, em quanto o restante é metabolizado. A meia vida de eliminação varia de 12 a 24 horas.
Guanfacina: É um derivado da fenilacetilguanidina. É um...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Hipertensão arterial sistêmica
  • Hipertensão Arterial Sistêmica
  • HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTEMICA
  • Hipertensão arterial sistêmica
  • Hipertensão arterial sistemica
  • Hipertensão arterial sistêmica:
  • Hipertensão arterial sistêmica
  • Hipertensão arterial sistêmica

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!