Doutrina social do século XIX e Imperialismo

Páginas: 7 (1635 palavras) Publicado: 20 de abril de 2014
 Doutrina social do século XIX e Imperialismo


Doutrinas Sociais do século XIX

As terríveis condições de traba­lho e de vida do proletariado indus­trial inspiraram alguns pensadores a questionar a sociedade capitalista. No começo do século XIX, surgiram os pensadores socialistas. Os principais foram os franceses Saint-Simon e Fouriere o inglês Charles Owen. Eles criticavam o individualis­mo capitalista e propunham a criação de uma sociedade baseada na igualdade e no trabalho cooperativo.
Os mais destacados pensadores socialistas do século XIX foram os alemães Karl Marx e Friedrich Engels, autores do famoso Manifes­to comunista (1848). Eles acusaram os outros socialistas de serem “utópicos”, ou seja, de não conseguiremmostrar como se poderia destruir o capitalismo e construir uma nova sociedade. (“Utopia” significa “sonho bonito, mas irrealizável”). Marx e Engels fundaram o socialismo científico. Na obra O capital (1867), Marx declara acreditar que tinha pro­vado cientificamente que o capitalismo seria sempre uma sociedade injusta e irracional. Pa­ra ele, o proletariado deveria se organizar e fa­zer umarevolução para tomar o poder, des­truir o capitalismo e o domínio da burguesia, e construir uma sociedade baseada na pro­priedade social (as empresas, as terras, os bancos etc. pertenceriam a toda a sociedade).
Outra doutrina política revolucionária do século XIX foi o anarquismo, cujo princi­pal defensor era o russo Bakunin. Os anar­quistas rejeitavam qualquer instituição na qual houvesse pessoas dandoas ordens e pessoas obedecendo. Para eles, ninguém tem o direito de dar ordens a outro ser hu­mano. Por isso, os anarquistas eram contra a propriedade privada, o capitalismo e o Esta­do. Não participavam de eleições e não ti­nham partido político. Existiram diversos ti­pos de anarquistas. Uns eram totalmente pa­cifistas, outros recorriam ao terrorismo contra as autoridades etc.
Representantes domovimento operário europeu (socialistas utópicos, sindicalistas, marxistas, anarquistas etc.) fundaram em 1864 a Primeira Internacional, que tinha por ob­jetivo apoiar a luta dos trabalhadores do mun­do inteiro. Mas as disputas entre as várias cor­rentes políticas acabaram dissolvendo a Inter­nacional (1876).











Conclusão

O avanço do capitalismo em meio à exploração eà miséria fermentou o ativismo trabalhista do século XIX, cujo objetivo era destruir as condições subumanas estabelecidas pela industrialização. Num primeiro momento, os operários, pouco conscientes de sua força, manifestavam seu descontentamento, diante das péssimas de vida e de trabalho em que se encontravam, quebrando as máquinas, tidas como responsáveis pela sua situação da miséria. WilliamLudd foi um dos líderes desse movimento, por isso, denominado luddista, reprimido violentamente pelas forças policiais. 

A seguir os trabalhadores decidiram organizar-se em associações que lutavam pela melhoria das suas condições de vida e de trabalho, nasceram assim os sindicatos (trade unions), no início não reconhecido oficialmente e reprimidos de forma violenta. Muito depois, diante dassuas vitórias, acabaram conquistando o reconhecimento oficial de legítimos representantes da classe trabalhadora. Por meio de lutas, conseguiram alcançar seus objetivos quanto à elevação dos salários, limitação das horas de trabalho, garantias aos trabalhadores acidentados, restrição de idade e número de horas de trabalho das crianças, etc. 

Na Inglaterra, o movimento operário pouco a poucofoi assumindo um caráter político. Os trabalhadores desejavam uma maior participação nas decisões governamentais que direta ou indiretamente os afetavam. 
Organizou-se, então, o movimento cartista, que reivindicava, entre outras coisas, a extensão do direito de voto, até então restrito aos cidadãos de altas rendas, às camadas menos favorecidas da população inglesa. 

Em meio a...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Doutrinas sociais do século XIX
  • Doutrinas Sociais no Século XIX
  • Doutrinas sociais do século XIX
  • Doutrinas sociais do século xix
  • Doutrinas sociais do seculo xix
  • Doutrinas sociais no século xix
  • AS NOVAS DOUTRINAS SOCIAIS DO SECULO XIX
  • Imperialismo no seculo xix na europa

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!