Doenças respiratórias

Páginas: 8 (1993 palavras) Publicado: 4 de fevereiro de 2014
CURSO PROFISSIONAL TÉCNICO DE TERMALISMO
Ano Letivo 2013/2014
Disciplina: Saúde e Termalismo
Plano de Recuperação

1

CURSO PROFISSIONAL TÉCNICO DE TERMALISMO
Ano Letivo 2013/2014
Disciplina: Saúde e Termalismo
Plano de Recuperação

Índice

Rinite ................................................................................................................................. 3Fisiopatologia ................................................................................................................. 3
Etiologia ......................................................................................................................... 4
Sinais e Sintoma............................................................................................................ 5
Sinusite............................................................................................................................. 5
Fisiopatologia ................................................................................................................. 5
Etiologia ......................................................................................................................... 6Sinais e Sintomas .......................................................................................................... 7
Faringite ............................................................................................................................ 7
Fisiopatologia ................................................................................................................. 7Etiologia ......................................................................................................................... 8
Sinais e Sintomas .......................................................................................................... 9

2

CURSO PROFISSIONAL TÉCNICO DE TERMALISMO
Ano Letivo 2013/2014
Disciplina: Saúde e Termalismo
Plano de Recuperação

RiniteFisiopatologia
A fisiopatologia da rinite alérgica é bem conhecida. Ela ocorre em indivíduos
predispostos e sensibilizados, com predisposição familiar atópica, e que sofrem
exposição aos alérgenos, aos quais são sensíveis. Um dos mediadores químicos dos
sistemas imune humano é a IgE. A rinite alérgica pertence a família das reações
mediada pela IgE, diferentemente da polipose nasal e da asma, quepodem não ser
mediadas pela IgE. Os indivíduos com rinite alérgica tem de 10 a 100 vezes mais IgE
séria do que as outras pessoas . Uma vez que o aumento da concentração de IgE séria é
significativo de atopia, a determinação da IgE séria é extremamente útil no diagnostico
da

rinite

alérgica.

A membrana basal do epitélio tem a função de funcionar como barreira protetora,
prevenindo quesubstâncias possam penetrar na submucosa. Na rinite alérgica de longa
duração,

a

membrana

basal

esta

parcialmente

destruída.

A prevalência da rinite alérgica na população é estimada em torno de 10% a 20%. O
mais importante fator de susceptibilidade para a rinite alérgica é, sem dúvida, a
predisposição familiar. A rinite alérgica se inicia geralmente em cerca de 75%doscasos,
antes dos 25 anos de idade, e sabe-se que testes cutâneos são positivos muitos anos
antes do aparecimento dos sintomas. A rinite alérgica pode desenvolver-se em qualquer
idade, desde a infância até a idade adulta. Ela é mais frequente em meninos que em
meninas e cerca de 30% de todas as crianças nascidas de famílias alérgicas tem
probabilidade

de

desenvolver

rinite

alérgicana

primeira

infância.

Não há predomínio de raça, porém as pessoas de classe social mais alta têm maior
predisposição à rinite alérgica e à atopia. A rinite alérgica esta presente em 25% das
famílias que vivem em cidades e em 20% das famílias que vivem no campo. Cerca de
40%

dos

indivíduos

com

rinite

alérgica

têm

pais

com

rinite

alérgica.

Há uma conexão...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Doenças respiratórias
  • doenças respiratoria
  • Doenças respiratorias
  • Doenças respiratorias
  • Doenças respiratórias
  • Doenças respiratórias
  • Doenças Respiratórias
  • Doenças respiratorias

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!