Doenças Infecciosas do Coração

Páginas: 5 (1125 palavras) Publicado: 16 de dezembro de 2013
Doenças Infecciosas do Coração
3.6.1 Endocardite
É um processo infeccioso do endocárdio (membrana que envolve
as cavidades e as válvulas cardíacas), causado por uma invasão
direta de bactérias e de outros microorganismos provenientes de
uma contaminação da corrente sangüínea.
A endocardite bacteriana pode ser decorrente de intervenções
odontológicas (extrações dentárias), no sistemageniturinário (colocação
e retirada de sondas), no sistema gastrointestinal (endoscopia
digestiva alta) e no sistema respiratório (entubação orotraqueal). As
pessoas mais susceptíveis são os idosos, com baixa imunidade, as
portadoras de cateteres e próteses valvares e as viciadas em drogas
endovenosas.
As manifestações clínicas variam de acordo com a gravidade
da doença e os sinais e sintomaspodem ser:
! agrupados de acordo com a sua origem, ou seja, decorrentes
de infecção sistêmica (febre, calafrios, mal-estar geral, fadiga,
fraqueza, anorexia);
29
PROFAE
! relacionados à lesão intravascular (dispnéia, dor torácica, extremidades
frias e úmidas, petéquias e hemorragias na forma
de chama de vela);
! característicos de reação imunológica (dor nas articulações,
proteinúria ehematúria, entre outros).
Como complicações, pode-se destacar a lesão da válvula mitral,
levando à insuficiência cardíaca congestiva (ICC), à embolia pulmonar
e aos abscessos cerebrais.
O tratamento visa combater o microorganismo com o uso
de antibioticoterapia e fazer a correção cirúrgica da válvula lesada.
Na fase aguda, o tratamento é basicamente hospitalar, estando
as ações de enfermagemrelacionadas às manifestações apresentadas
e à gravidade da doença. No alívio da dor, a enfermagem
deve manter o cliente de forma mais confortável possível, favorecendo
o sono e repouso adequados. O controle da febre deve ser
feito através de medidas de resfriamento corporal (compressas e
bolsas frias) e administração de líquidos e antitérmicos. Para controlar
a função cardíaca, é necessárioavaliar o pulso, observar sinais
de fadiga, dispnéia e inquietação. À medida que a pessoa melhorar,
deve ser iniciado um programa de atividade física progressiva,
o que requer controle da pressão arterial, pulso e a observação
de vertigem e de fraqueza.
As orientações para a alta incluem: evitar o contato com pessoas
portadoras de infecções de vias aéreas e procurar assistência imediata
aoapresentar sinais e sintomas de infecção.
3.6.2 Miocardite
É uma inflamação da parede miocárdica, resultante de um processo
infeccioso de origem viral (caxumba, gripe, rubéola), parasitária
(Doença de Chagas), radiativa (radioterapia) ou por agentes tóxicos
(chumbo) e outras drogas (lítio, cocaína). As pessoas mais susceptíveis
são as que apresentam infecções sistêmicas agudas, as tratadascom medicamentos imunossupressores ou portadoras de
endocardite infecciosa.
A miocardite pode apresentar-se de forma aguda ou crônica, tendo
como complicações a insuficiência cardíaca congestiva (ICC),
hipertrofia do ventrículo e arritmias graves e letais.
As principais manifestações clínicas são: fadiga, dispnéia, palpitações,
dor torácica e arritmias, podendo até ocorrer ausência desintomas.
No Brasil, a Doença de Chagas
é uma das principais
causas de miocardite decorrente
da lesão provocada no
miocárdio pelo parasita
Trypanosoma cruzi .
30
Assistência Clínica
As ações de enfermagem têm como objetivos:
! controlar os sinais vitais, como pulso, temperatura, para avaliar
a evolução da doença;
! obser var sinais de toxicidade digitálica (ar ritmia,
anorexia, náusea,vômitos, bradicardia, cefaléia e malestar),
pois essas pessoass são sensíveis aos medicamentos
digitálicos;
! estimular o uso de meias elásticas e a prática de exercícios
passivos para diminuir o risco de embolias decorrentes de
trombose venosa;
! orientar no sentido de evitar esportes competitivos e consumo
de álcool.
3.6.3 Doença reumática
É um processo inflamatório difuso que acomete as...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • doenças infecciosas
  • Doenças infecciosas
  • Doenças infecciosas
  • Doenças infecciosas
  • DOENÇAS INFECCIOSAS
  • Doenças infecciosas
  • Doenças infecciosas
  • Doencas infecciosa

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!