Doença de chagas

Páginas: 8 (1974 palavras) Publicado: 21 de março de 2012
SUMÁRIO



1 REVISÃO DE LITERATURA

1.1 A FISIOPATOLOGIA DA DOENÇA DE CHAGAS

2 REFERÊNCIAS











































1 REVISÃO DE LITERATURA

1. A FISIOPATOLOGIA DA DOENÇA DE CHAGAS




O Trypanosoma cruzi é um protozoário agente etiológico da doença de Chagas, que constitui uma antroponose freqüente nas Américas,principalmente na América Latina Neves (2005). Seu agente causador foi descoberto em 1909 pelo brasileiro Carlos Chagas, que o chamou Trypanosoma cruzi, em homenagem a Oswaldo Cruz Barsa (2001). Suas formas evolutivas são os tripomastigota (infectante), epimastigota (formas de multiplicação no vetor e em culturas) e amastigotas (multiplicam-se dentro das células do hospedeiro) (IPEC, 2008)

Adescoberta da Doença de Chagas foi uma das mais completas e bem sucedidas de um ponto de vista global (biologia, ecologia e patologia parasitária humana) Ipec (2008). Fato único, na história da medicina, Chagas consegui estabelecer a etiologia e o ciclo parasitário, identificar os insetos vetores, os reservatórios domésticos e silvestres da nova tripanossomíase, descrever a doença e seu diagnóstico,enfeixando assim todos os aspectos básicos de sua patologia e epidemiologia Rey (2001). Quase um século após ter sido descoberta, a Doença de Chagas constitui, ainda hoje, um grave problema de saúde pública no Brasil e na América Latina (OLIVEIRA, BICALHO, FILHO et al, 2006).

O barbeiro se contamina ao picar uma pessoa ou um animal já contaminados pelo Tripanossoma. Dentro do barbeiro, oTripanossoma fica no tubo digestivo Benseñor; Lotufo (2008). O Tripanossoma é transmitido no ato da alimentação do inseto. Assim que o barbeiro termina de se alimentar ele defeca, eliminando protozoários e colocando-os em contato com a ferida e a pele da vítima. A doença de chagas também pode ser transmitida por transfusão sanguínea ou durante a gravidez, de mãe para filho Boa Saúde (2005). São raros oscasos de transmissão oral da doença de Chagas, mas as epidemias recentes têm sido causadas por essa via de transmissão (BENSEÑOR; LOTUFO, 2008).

Além do homem, mamíferos domésticos e silvestres têm sido naturalmente encontrados infectados pelo Tripanosoma cruzi, tais como gato, cão, porco doméstico, rato doméstico, macaco de cheiro, sagüi, tatu, gambá, cuíca, morcego, dentre outros. Os maisimportantes são aqueles que coabitam ou estão muito próximos do homem, como cão, o rato, o gambá, o tatu e até mesmo o porco doméstico, encontrado associado com espécies silvestres na Amazônia. As aves e animais de sangue frio (lagartos, sapos, e outros) são refratários à infecção (BRASIL, 2005).

A virulência depende da linhagem de Trypanosoma cruzi, assim como das condições que prevalecem entreuma determinada cepa do flagelo e o hospedeiro vertebrado em causa. A fonte de infecção pode ser uma das razões da diversidade de comportamento do parasito. Dos fatores dependentes do hospedeiro e que condicionam maior virulência podemos citar: a idade, pois a suscetibilidade é sempre maior em indivíduos jovens, tanto em humanos como em animais; as influências hormonais, visto que a cortisona ou ahidrocortisona estimulam a parasitemia em macacos e em camundongos. O mecanismo envolvido parece ser a inibição do sistema fagocítico mononuclear, reduzindo a inflamação, a produção de anticorpos e a fagocitose; as deficiências nutricionais, particularmente a carência prolongada de vitamina A, levam a um aumento da parasitemia, das lesões viscerais e da mortalidade, em ratos. O mesmo efeito causaa esses animais uma dieta deficiente em lisina (REY, 2001).

A doença de Chagas usualmente passa pelos seguintes fases: aguda, crônica assintomática (ou indeterminada), crônica sintomática (cardíaca), digestiva e nervosa Neves (2003). Segundo Neves (2005), a fase aguda inicia-se através das manifestações locais quando o T.cruzi penetra na conjuntiva (sinal de Romana) ou na pele (chagoma de...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • doença de chagas
  • Doença de chagas
  • doenças de chagas
  • Doença de chagas
  • Doença de chagas
  • Doença de Chagas
  • Doenças de Chagas
  • Doença de Chagas

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!