Diversidade

Páginas: 5 (1057 palavras) Publicado: 1 de junho de 2013
[pic]





SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO
PEDAGOGIA
















trabalho interdisciplinar INDIVIDUAL
UM OLHAR SOBRE A DIVERSIDADE DOS POVOS RIO GRANDENSE



















Santa Rosa
2013



















trabalho interdisciplinar INDIVIDUAL
EIXO TEMÁTICO: O TRABALHO DO PEDAGOGO NOS ESPAÇOS EDUCATIVOSTrabalho apresentado ao Curso de Pedagogia da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para as disciplinas de Sociologia da Educação, Psicologia da Educação, Processo Educativo no Contexto Histórico e Teoria Geral do Conhecimento.









Santa Rosa
2013




INTRODUÇÃO


A diversidade refere-se à abundância de coisas diferentes, à variedadee à diferença. A linguística, por sua vez, é aquilo que pertence ou que está relacionado com a linguagem. A diversidade linguística, histórica e cultural, neste trabalho será relacionada com suas existências na Região do Rio Grande do Sul.


























DESENVOLVIMENTO Diversidade Histórica no Rio Grande do Sul


[pic]Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Sete_Povos_das_Miss%C3%B5es



A região do estado do Rio Grande do Sul era habitada pelos índios muito antes da chegada dos portugueses ao Brasil. Com a colonização das terras brasileiras, todo este território passou a pertencer aos espanhóis devido ao Tratado de Tordesilhas, de 1493. Durante o longo do séculoXVII, a região do Sul começou a chamar a atenção dos colonizadores e gradativamente foi sendo povoada. Muitos padres jesuítas espanhóis se mudaram para com a missão de converter os índios. Através das missões jesuíticas, os padres tiveram um pequeno sucesso e formaram pequenos grupos de religiosos. Logo os jesuítas, acuados pelos bandeirantes, queriam que optassem por, abandonar as terras e levartodos os índios catequizados, deixando para trás os que não se converteram a mercê dos bandeirantes que queriam escravizá-los. Com medo das grandes expedições promovidas pelos bandeirantes, tendo como lembrança a grande bandeira ocorrida naquele território entre os anos de 1628 e 1629, liderada por Antônio Raposo Tavares, que atacou 30 mil índios e escravizou 12 mil que nunca mais voltaram paraas suas terras, a melhor alternativa para os jesuítas era fugir da grande exposição que passou a sofrer essa região devido a busca de trabalho escravo. Em 1682, jesuítas espanhóis aproveitando que os bandeirantes estavam entretidos com a extração de ouro e pedras preciosas, fundaram a primeira cidade do Rio Grande do Sul: São Francisco de Borja, atualmente chamada a cidade de São Borja. Assim foise formando cidades, e suas estâncias, ou seja, fazendas. Trabalhavam com o artesanato e pequenas indústrias, tendo como principal mercado, a cidade de Porto Alegre. Não era permitido para os imigrantes ter escravos.

Linguistica na Região Sul

[pic]
Fonte:http://tudorural.blogspot.com.br/2010/11/o-gaucho-e-seu-linguajar.html



Quando o Brasil foi colonizado pelos portugueses, eles descobriram muitas línguas indígenas, que acabaram modificando o português dos primeiros colonos. A influência de várias culturas deixou no português marcas que destacam a riqueza de vocabulários e de pronúncia. Esses regionalismos linguísticos, que diferem quanto ao sotaque de pronúncias decada região, identificam formas distintas de falar. O sotaque é derivado da colonização de uma determinada região. O gaúcho fala um português com mistura de espanhol. O dialeto gaúcho é um dialeto do português falado no Rio Grande do Sul. Fortemente influenciado pelo alemão e italiano, por força da colonização, e espanhol e pelo guarani. O dialeto crioulo Rio-Grandense. Neste território houve uma...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • diversidade
  • diversidade
  • Diversidade
  • diversidade
  • Diversidade
  • Diversidade
  • Diversidade
  • Diversidade

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!