Distribuição espacial e temporal do microfitoplâncton, com ênfase em espécies potencialmente nocivas, em seis áreas de maricultura entre caraguatatuba e ubatuba (sp)

Páginas: 4 (944 palavras) Publicado: 14 de junho de 2011
DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL E TEMPORAL DO MICROFITOPLÂNCTON, COM ÊNFASE EM ESPÉCIES POTENCIALMENTE NOCIVAS, EM SEIS ÁREAS DE MARICULTURA ENTRE CARAGUATATUBA E UBATUBA (SP)

Moser, G. A. O.1, Tocci, B. R.C.2, Nogueira, F. P. 1, Lannes, D. M. 1, Barrera-Alba, J. J.3, Gaeta, A. S.2, Lopes, R.2

1. Laboratório de Ecologia e Cultivo de Microalgas – Faculdade de Oceanografia – Universidade do Estado doRio de Janeiro;
2. Laboratório de Processos Oceanográficos – Instituto Oceanográfico – Universidade de São Paulo;
3. Laboratório de Fitoplâncton Marinho – Faculdade de Biologia – UniversidadeFederal do Rio de Janeiro.

Contato: gleyci_moser@uerj.br

RESUMO
A importância do monitoramento de comunidades fitoplanctônicas em áreas de maricultura está baseada no fato de a eutrofizaçãoinduzida por atividades antrópicas poder desencadear florações algais nocivas (FANs). As FANs muitas vezes ocasionam prejuízos financeiros para o maricultor e geram problemas ecológicos e de saúdepública. O presente estudo foi realizado na região entre Ubatuba e Caraguatatuba (SP) com o objetivo de monitorar a ocorrência e distribuição de espécies formadoras de FANs em seis áreas costeiras, apontadasna literatura como sítios propícios para o desenvolvimento de atividades de maricultura: Cocanha, Massaguaçu, Ilha do Mar Virado, Surutuva e Enseada do Flamengo. As coletas foram realizadasmensalmente entre os meses de janeiro de 2009 a fevereiro de 2010, abrangendo perfis verticais de temperatura e salinidade, além da distribuição de nitrato, nitrito, N-amoniacal, fosfato, silicato e domicrofitoplâncton. A quantidade de espécies potencialmente produtoras de toxinas em relação ao total foi baixa, o que reforça a vocação da região para a maricultura. Entretanto, a ocorrência e a abundânciade algumas espécies potencialmente nocivas, como Dinophysis acuminata e Prorocentrum spp, é preocupante e deve ser monitorada.

INTRODUÇÃO
A distribuição da comunidade fitoplanctônica na coluna...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Distribuição Temporal
  • Distribuição espacial de melocactus zehntneri (cactaceae) em área de serrote no municipio de ocara – ce
  • Principio da localidade espacial e temporal
  • Distribuição espacial de melocactus zehntneri (cactaceae) em área de serrote no municipio de ocara – ce
  • Critério Espacial e Temporal do II
  • Trabalhar noçaõ espacial e temporal
  • Cemitérios como áreas potencialmente contaminadas
  • Áreas potencialmente contaminadoras

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!