Distúrbios da Circulação

Páginas: 15 (3624 palavras) Publicado: 8 de novembro de 2014
2ª Prova – PPG- Distúrbios da Circulação
A circulação do sangue e a distribuição de líquidos no organismo são feitas pela ação
coordenada do coração (bomba propulsora), dos vasos sanguíneos e do sistema linfático. As
artérias conduzem o sangue aos tecidos: na microcirculação ocorrem as trocas metabólicas; as
veias retornam o sangue ao coração, que o movimenta continuamente; cabe aos vasoslinfáticos o papel de reabsorver o excesso de líquidos filtrado na microcirculação.
A homeostase normal do líquido abrange a manutenção da integridade da parede do
vaso, bem como a pressão intravascular e osmolaridade dentro de certas variações fisiológicas.
As mudanças no volume vascular, pressão ou conteúdo proteico, ou alterações na função
endotelial, todas afetam o movimento final de águaatravés da parede vascular.
- O extravasamento de água nos espaços intersticiais é denominado “EDEMA”.
Nas extremidades inferiores o edema causa, principalmente, tumefação; nos pulmões, o
edema faz com que a água preencha os alvéolos, levando à dificuldade na respiração.
- “HIPEREMIA” e “CONGESTÃO” são caracterizadas pelo aumento de volume sanguíneo em
um tecido ou área afetada, com consequentedilatação vascular.
- Na “ESTASE”, o sangue flui muito lentamente, quase parado no interior do vaso,
propiciando a formação de coágulos/trombos.
- A coagulação em locais inapropriados “TROMBOSE” ou a migração de coágulos “EMBOLIA”
obstrui o fluxo sanguíneo aos tecidos e leva à morte da célula “INFARTO”. Enquanto que a
“ISQUEMIA” é a falta de suprimento sanguíneo para um tecido orgânicodevido a obstrução
causada por um trombo, seja ele formado por placas gordurosas ou por coágulos sanguíneo.
- Reciprocamente, a inabilidade em coagular após a lesão vascular resulta em
“HEMORRAGIA”; o sangramento local pode comprometer a perfusão do tecido regional,
enquanto a hemorragia mais extensiva pode resultar em hipotensão “CHOQUE” e morte.

HIPEREMIA
É o aumento da quantidade de sangueno interior dos
vasos de um órgão ou território orgânico. É um processo ativo.
Resulta do fluxo interno tecidual aumentado devido à dilatação
arteriolar, como no músculo esquelético durante o exercício ou
em locais de inflamação.
OBS: ‘congestão’ é um processo passivo resultante do
efluxo externo deficiente de um tecido, podendo ocorrer por ex.,
na insuficiência cardíaca (retardo noescoamento venoso).
Pode ser classificada em Hiperemia
 ‘ATIVA’
 ‘PASSIVA’
 Hiperemia Ativa
Decorre de vasodilatação arteriolar com aumento do
afluxo de sangue no leito capilar, geralmente é aguda.
A vasodilatação arteriolar presente pode ser por:
- Estimulação Simpática
- Ação de substâncias vasoativas.
Esse tipo de Hiperemia pode ser:
FISIOLOGICA: durante o exercício físico, na mucosagastrintestinal ou no encéfalo durante trabalho mental
PATOLOGICA: queimaduras, inflamações agudas,
choque anafilático, irradiação ou traumatismos.

Alberto Galdino - Biomedicina

2ª Prova – PPG- Distúrbios da Circulação
“A região com hiperemia ativa é avermelhada, de tonalidade clara, pois o sangue
fluindo com velocidade maior perde pouco oxigênio. “
MICROSCOPICAMENTE: capilares dilatadose congestos de sangue.
MACROSCOPICAMENTE: edema discreto, e na hiperemia por descompressão súbita,
isquemia transitória de outras regiões pela redistribuição de sangue.

 Hiperemia Passiva (congestão)
Decorre da diminuição da drenagem venosa.
“É mais intensa nas regiões inferiores do corpo ou dos pulmões. De início, o órgão
atingido é vermelho-escuro (cianótico) e aumentado de volume; aocorte é úmido,
deixa fluir grande quantidade de sangue e as veias são geralmente mais calibrosas.”
É sempre patológica.
LOCALIZADA: é causado por fatores que dificultam o retorno venoso, como
tromboses, compressão extrínseca por tumores e hematomas, ação da gravidade
sobre o sangue como nas varizes.
GENERALIZADA: resulta do aumento sistêmico da pressão venosa, geralmente
consequente à...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Disturbios da Circulação
  • Circulação
  • CIRCULAÇÃO
  • CIRCULACAO
  • CIRCULAÇÃO
  • Circulaçao
  • a circulação
  • CIRCULAÇÃO

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!