Dissertacao Josenias Silva Parnaiba E O Avesso Da Belle Epoque Cotidiano E Pobreza 1930 1950

Páginas: 195 (48649 palavras) Publicado: 24 de julho de 2015
UFPI – UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ
PRPPG – PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO
CCHL – CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E LETRAS
PPGHB - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA DO BRASIL
MHB – MESTRADO EM HISTÓRIA DO BRASIL

JOSENIAS DOS SANTOS SILVA

PARNAÍBA E O AVESSO DA BELLE ÉPOQUE:
cotidiano e pobreza (1930 – 1950)

Teresina – PI
2012

1

JOSENIAS DOS SANTOS SILVA

PARNAÍBA E O AVESSO DABELLE ÉPOQUE:
cotidiano e pobreza (1930 – 1950)

Dissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em
História do Brasil, do Centro de Ciências Humanas e Letras, da
Universidade Federal do Piauí, como requisito para a obtenção
do grau de Mestre em História do Brasil.
Orientador: Professor Dr. Denílson Botelho de Deus.

Teresina – PI
2012

2

Ficha Catalográfica elaborada pela bibliotecáriaChristiane Maria Montenegro Sá Lins - CRB/3 - 952
S586p
SILVA, Josenias dos Santos
Parnaíba e o avesso da belle époque: cotidiano e pobreza (19301950)/ Josenias dos Santos Silva. – Teresina: Universidade Federal do
Piauí, 2012.
120f.
Orientador: Denilson Botelho de Deus
Dissertação (mestrado) – Universidade Federal do Piauí, Centro de
Ciências Humanas e Letras, Programa de Pós-graduação em História doBrasil.
1.Parnaíba - História. I. Deus, Denilson Botelho de. II. Universidade
Federal do Piauí. Centro de Ciências Humanas e Letras. Programa de PósGraduação em História do Brasil. III. Título.
CDD 981.222

3

JOSENIAS DOS SANTOS SILVA

PARNAÍBA E O AVESSO DA BELLE ÉPOQUE:
cotidiano e pobreza (1930 – 1950)

Dissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em
História do Brasil, do Centro deCiências Humanas e Letras, da
Universidade Federal do Piauí, como requisito para obtenção
do grau de Mestre em História do Brasil.
Orientador: Professor Dr. Denílson Botelho de Deus.

APROVADA EM ____/____/ _______

BANCA EXAMINADORA
________________________________________________
Prof. Dr. Denílson Botelho de Deus – UFPI
Orientador
________________________________________________
Prof.ª Dr. ªTeresinha de Jesus M. Queiroz – UFPI
Examinadora

________________________________________________
Prof. Dr. Aldrin Moura de Figueiredo – UFPA
Examinador

________________________________________________
Prof. Dr. Pedro Vilarinho Castelo Branco – UFPI
Suplente

4

À memória de Lucinda Ernanina dos Santos,
minha avó e eterna guardiã.

5

AGRADECIMENTOS

Encontrei muita gente de bem ao longo docaminho, pessoas a quem sou grato
infinitamente e a quem dedico este trabalho.
Aqueles que me abriram as portas de suas casas e me abrigaram em algum instante
em Teresina, do qual não posso esquecer de Sônia e Jordan. Obrigado.
Ao Professor Cleto Sandys, um grande incentivador e alguém que me convenceu que
eu conseguiria. Obrigado.
Ao Professor Francisco Nascimento, um vitorioso. Alguém que sempreprocuro
imitar enquanto exemplo de trajetória acadêmica e de vida. Devo a ele, além da confiança que
depositou em mim, o interesse pelo personagem Jessé da obra Beira Rio Beira Vida, o qual
acabou dando o mote a este trabalho. Professor, catei minhas borboletas.
A todos os professores do PPGHB da UFPI, especialmente aqueles que em sala de
aula compartilharam suas experiências e saberes comigo. E nãoposso esquecer também da D.
Eliete, sempre solícita e responsável. Obrigado a todos.
Aos meus dois grandes amigos e companheiros nessa viagem, Sérgio e Erasmo.
Perdemos a conta de quantos quilômetros percorremos para que tudo isso se efetivasse. Não
foi fácil em instante algum. Mas, pelo acostamento ou ziguezagueando entre os caminhões da
vida, prevaleceu sempre o bom humor, a vontade de que tudodesse certo – e acima de todas
essas coisas a Amizade (e também a “audácia” do Erasmo – que sempre fez questão de usar
as “duas” pistas e os “dois” acostamentos da estrada; e o “pé pesado” do Sérgio – que me fez
entender na prática para que serve o cinto de segurança, além de me provar que a lei de
Newton estava errada: dois corpos ocupam o mesmo lugar no espaço). Amigos, quantas
histórias! Sem...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • A belle époque
  • Belle époque
  • Belle époque
  • Belle époque
  • Belle Epoque
  • Belle Époque
  • Belle Epoque
  • Belle Epoque

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!