direito

Páginas: 22 (5372 palavras) Publicado: 11 de outubro de 2014
EM ABERTO
COMENTÁRIOS DE PIAGET SOBRE AS OBSERVAÇÕES CRÍTICAS DE
VYGOTSKY CONCERNENTES A DUAS OBRAS: "A LINGUAGEM E
O PENSAMENTO DA CRIANÇA" e "O RACIOCÍNIO DA CRIANÇA'"
Não é sem tristeza que um autor descobre, 25 anos após sua publicação, a obra de um colega, morto nesse ínterim, quando ela contém,
para ele, tantos pontos de interesse imediato, os quais teria podido
discutir pessoalmentee detalhadamente. Embora o meu amigo A.
Luria me tivesse informado sobre a posição simpatizante, ainda que
crítica, de Vygotsky a respeito do meu trabalho, não pude jamais
ler os seus escritos ou encontrar-me com ele pessoalmente; ao ler
o seu livro hoje, isto me desagrada profundamente, porque poderíamos ter-nos entendido sobre muitos pontos.
E. Hanfmann, uma das mais fiéis discípulas deVygotsky, pediu-me
gentilmente para comentar as considerações deste eminente psicólogo a propósito do meu primeiro trabalho. Desejaria agradecer-lhe,
mas ao mesmo tempo confessar-lhe o meu embaraço porque, enquanto o livro de Vygotsky data de 1934, os meus, por ele discutidos,
remontam a 1923 e 1924. Pensando como teria podido desenvolver
esta discussão retrospectivamente, encontrei uma soluçãoao mesmo tempo simples e instrutiva (pelo menos para mim): procurar ver
se as críticas de Vygotsky são ou não justificadas à luz dos meus
mais recentes trabalhos. A resposta é, ao mesmo tempo, sim e não.
Sobre alguns pontos concordo hoje com Vygotsky mais do que o
teria feito em 1934, enquanto sobre outros pontos penso que poderia
encontrar, agora, melhores argumentos para responder-lhe.
IComeçaremos com duas questões distintas levantadas no livro de

* Apêndice da edição italiana de: VYGOTSKY, L S. Pensiero e linguaggio Firenze: Giunti, 1966 Traduzido por Agnela da Silva Giusta.
A edição portuguesa de Pensamento e Linguagem (Lisboa: Antídoto, 1979) e a edição
brasileira (São Paulo: Martins Fontes, 1987) não incluem o referido apêndice.

Em A b e r t o , Brasília, ano 9, n.48, out./dez. 1990

Vygotsky: o problema do egocentrismo em geral e aquele mais específico da linguagem egocêntrica. Se bem entendi, Vygotsky não concorda comigo no que respeita ao egocentrismo intelectual da criança,
mas reconhece a existência do que chamei linguagem egocêntrica.
Esta, para ele, é o ponto de partida da linguagem interior que se
desenvolve sucessivamente e que ele considerapoder servir, seja
a escopos autísticos, seja a escopos lógicos. Consideremos os dois
problemas separadamente.
O egocentrismo Cognitivo
0 problema principal levantado por Vygotsky é fundamentalmente
aquele da natureza funcional e adaptativa das atividades da criança
e, portanto, de cada ser humano. Sobre este ponto, no geral, encontro-me de acordo com ele: tudo o que escrevi (depois dos meusprimeiros cinco livros) sobre o "nascimento da inteligência" em nível
sensório-motor e sobre o desenvolvimento das operações lógico-matemáticas a partir das ações, facilita-me, hoje, pôr o início do pensamento no contexto da adaptação no sentido cada vez mais biológico.
Todavia, dizer que cada troca entre a criança e o seu ambiente tende
à adaptação não é dizer que esta adaptação tenha sucessodesde
o início; é necessário evitar o excessivo otimismo bio-social demonstrado às vezes por Vygotsky. De fato, cada esforço de adaptação pode
ser sujeito a duas limitações.
Primeiro, o sujeito pode não ter ainda adquirido ou elaborado os
meios ou os órgãos de adaptação necessários à execução de algumas
tarefas (o seu desenvolvimento apresenta-se geralmente como um
processo longo e difícil).Este é o caso das operações lógicas: os

primeiros sistemas estáveis não são alcançados até a idade de sete
ou oito anos (ver A Noção do Número na Criança, A Representação
do Espaço na Criança, etc).
Em segundo lugar, a adaptação é um estado de equilíbrio entre a
assimilação dos objetos às estruturas da ação e a acomodação destas
estruturas aos objetos; as estruturas podem ser inatas, ou...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • direito do DIREITO
  • Direito direito
  • Direito
  • Direito
  • Direito
  • Direito
  • Direito
  • Direito

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!