Direito e garantias fundamentais

40942 palavras 164 páginas
PARTE VII – DIREITOS E GARANTIAS FUNDAMENTAIS
CAPÍTULO I - TEORIA GERAL DOS DIREITOS FUNDAMENTAIS
1. NOMENCLATURA ADEQUADA
Tanto a referência à direitos humanos quanto à direitos fundamentais são adequadas e no geral querem se referir aos direitos fundamentais da pessoa humana, se alguma distinção pode ser feita será referente à origem ou à positivação.

1.1. DIREITOS HUMANOS
A referência a direitos humanos tem origem norte-americana e, em essência, diz respeito aos direitos que pertencem às pessoas humanas, independentemente do tempo e do espaço. Seriam direitos invariáveis no tempo e no espaço e por isso, ainda que não declarados, são sempre inatos aos seres humanos. No texto constitucional atual são previstos como princípio a ser prevalecente nas relações internacionais da República Federativa do Brasil (Art. 4º II). Também são previstos como fundamentos da República Federativa pelo fato de estarem contido dentro do princípio da dignidade da pessoa humana. Além disso há remissão a tratados internacionais sobre direitos humanos no Art. 5º §3º.

1.2. DIREITOS FUNDAMENTAIS
A expressão direitos fundamentais tem origem alemã e também procura designar um conjunto de direitos que são essenciais às pessoas humanas, são fundamentais. A tradição brasileira tem preferido tal expressão. Podemos dizer que direitos fundamentais dizem respeito aos direitos positivados, ou seja, pode-se dizer que são espécies de direitos humanos, porque são direitos humanos reconhecidos e declarados por uma determinada ordem jurídica. Neste sentido, porém, variam no tempo e no espaço posto que dependem do reconhecimento de cada Estado dentro de seu ordenamento jurídico. Pode-se dizer que os direitos fundamentais na Constituição de 1988 são os direitos humanos reconhecidos, declarados e protegidos pelo Estado Brasileiro atualmente. Esta expressão será a mais utilizada neste trabalho devido, principalmente, ao fato de ter sido utilizada pelo texto constitucional em vigor.

1.3.

Relacionados

  • Direitos e garantias fundamentais
    1483 palavras | 6 páginas
  • Direitos e garantias fundamentais
    2297 palavras | 10 páginas
  • Direitos e garantias fundamentais
    5892 palavras | 24 páginas
  • DIREITOS E GARANTIAS FUNDAMENTAIS
    6414 palavras | 26 páginas
  • Direitos e garantias fundamentais
    1592 palavras | 7 páginas
  • Direitos e garantias fundamentais
    2360 palavras | 10 páginas
  • Direito e garantias fundamentais
    1034 palavras | 5 páginas
  • Direitos e Garantias Fundamentais
    1264 palavras | 6 páginas
  • direitos e garantias fundamentais
    3452 palavras | 14 páginas
  • Direitos e garantias fundamentais
    470 palavras | 2 páginas