Direito islâmico: maomé e o alcorão

Páginas: 18 (4447 palavras) Publicado: 5 de novembro de 2012
Islamismo
A religião muçulmana tem crescido nos últimos anos (atualmente é a segunda maior do mundo) e está presente em todos os continentes. Porém, a maior parte de seguidores do islamismo encontra-se nos países árabes do Oriente Médio e do norte da África. Assim como as religiões cristãs, a religião muçulmana é monoteísta, ou seja, crê na existência de apenas um deus, Alá ou Allah (palavrapara designar Deus em árabe).
Seus seguidores chamam-se muçulmanos (muslimun, em árabe): os que se submetem a Deus para render-lhe a honra e a glória que lhe são devidas como Deus único.
Maomé, fundador do islamismo, nasceu em Meca (na tribo árabe coraixita), no atual Reino da Arábia Saudita, em 570 da era cristã, portanto meio milênio depois de Cristo. Trabalhou como mercador e pregou a existênciade um só Deus, Alá, Onisciente e Onipotente.
Geograficamente, o Islamismo, é uma fé que predomina nos países do sol, aclimatizando-se melhor na longa faixa de terra que, partindo das praias africanas do Atlântico, segue para o Leste pela borda meridional do mar Mediterrâneo, inclinando-se depois em direção à Mesopotâmia, passando pela Península Arábica, alcançando o noroeste da Índia. Dali chegapelo Oceano Índico, até as ilhas tropicais da Indonésia e das Filipinas. Outro dos seus longos braços avançou célere para a Ásia Central, afastando os ritos fetichistas e pagãos, realizando conversões em massa.
Nos seus 1400 anos de existência, o islamismo conseguiu a façanha de converter 1/5 da humanidade a sua fé. Trata-se de uma religião que abriga todas as raças e todas as línguas. Talvez,exatamente por esse seu ecumenismo, por essa tentativa de abraçar o mundo inteiro, é que ela terminou por conflitar-se com o cristianismo, que também nasceu no mesmo espaço geográfico e igualmente abriga o desejo de salvar e converter todos a fé de Cristo.

Direito Islâmico
Breve história
O Direito Islâmico é antes de tudo, um ramo da religião. A religião e, portanto os Direitos datam de poucomais de 15 séculos. No entanto, encontram-se estagnados desde o século X sob muitos aspectos e isso leva a questionamentos sobre as suas possibilidades de evolução.
O Direito Islâmico diferencia-se de forma evidente de qualquer outra legislação pelo fato de não haver qualquer diferença ou divisão entre o secular e o mundano, do religioso e espiritual. Pelo contrário, ambos caminham juntos para oobjetivo comum que é a prevalência da justiça e do bem estar da sociedade, influenciando o ser humano através de seus dois sentidos – espiritual e material, a respeitar os preceitos da justiça e da retidão, o que certamente produz um efeito mais satisfatório.

Principais características do Direito Islâmico:
a) Sharia é o mesmo que “Lei” ou “Direito Islâmico”;
b) As duas principais fontes dodireito Islâmico são respectivamente, o Alcorão e a Sunna;
c) O Alcorão autoriza que o homem venha a ter, até quatro esposas, do passo que determina que o mesmo as trate com absoluto respeito e consideração;
d) O Direito Islâmico admite o divórcio. Todavia uma mulher, não poderá ser repudiada durante a gestação;
e) A guerra é severamente combatida pela Sharia;
f) Práticas fraudulentas nosatos de comércio anulam o negócio entre as partes;
g) O Alcorão aconselha que o negócio entre as partes seja devidamente documentado.

O Direito muçulmano é conhecido como “Sharia”, código de comportamento religioso-político aplicado de forma semelhante ao nosso direito e que rege todos os adeptos da religião islâmica, onde quer que se encontrem.
Com isso, conforme salienta René David, odireito muçulmano não é um ramo autônomo da ciência, mas sim uma das faces da religião islâmica, que compreende não só a teologia, que fixa os dogmas e determina aquilo em que o muçulmano deve acreditar, mas também a Sharia, que prescreve aos adeptos do Islamismo aquilo que devem ou não fazer. É na Sharia que se encontra o direito muçulmano, ou o direito dos muçulmanos, como defendem vários autores....
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Alcorão e o direito
  • Direito islâmico
  • Direito islâmico
  • Direito Islamico
  • Direito Islâmico
  • Direito Islamico
  • Direito islãmico
  • direito islâmico

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!