Diminui O Do Tempo De Produ O E De Aclimata O De Duas Esp Cies De Bambu Em Casa De Vegeta O

Páginas: 18 (4428 palavras) Publicado: 18 de julho de 2015
17

doi: 10.5007/2175-7925.2013v26n1p17

Biotemas, 26 (1): 17-23, março de 2013
ISSNe 2175-7925

Diminuição do tempo de produção e de aclimatação de duas
espécies de bambu em casa de vegetação
Giovanni Aquino Gasparetto
Marcio Jara Davalo
Josimara Nolasco Rondon *
Universidade Católica Dom Bosco
Avenida Tamandaré, 8000, Bairro Seminário, Fazenda Escola São Vicente
CEP 79117-900, Campo Grande –MS, Brasil
Autor para correspondência
josimararondon@yahoo.com.br

Submetido em 13/07/2012
Aceito para publicação em 20/12/2012

Resumo
A China tem investido no cultivo de bambu em território brasileiro. Porém, existe um déficit
significativo de produção de mudas para construção civil, carvoaria e celulose, o que compromete parte do
setor florestal. Com o intuito de contribuir para que a cadeiaprodutiva de bambu solucione esse problema,
o objetivo deste estudo foi verificar se a aplicação de ácido indol acético (AIA) promoveria crescimento
vegetal em menor tempo de cultivo. No estudo, estacas de Bambusa vulgaris e B. vulgaris var. vittata
foram submetidas a dois tratamentos (0,25% e 5,0% de AIA) e cultivadas em areia lavada em casa de
vegetação. Número de folhas, crescimento caulinar,enraizamento e teor de clorofila foram investigados.
Não houve diferença quanto ao crescimento caulinar, comprimento de raízes e número de folhas para
ambas as espécies nos dois tratamentos (0,25 e 5% de AIA). A variação de teores de clorofila entre as
duas espécies pode servir como um parâmetro de qualidade de muda florestal quando comparada a outras
espécies de bambu. Aos 43 dias, as mudas estãoprontas para plantio em áreas de pleno sol. No caso das
espécies aqui estudadas, o tempo médio para a muda ser comercializada é de 4 a 6 meses, sem adição de
auxina. Por meio dessa técnica simples e baixo custo, vários viveiristas produzirão mudas de bambu com
redução de tempo, custos e mão-de- obra.
Palavras-chave: Clorofilas; Comercialização de bambu; Crescimento caulinar; Qualidade da mudaAbstract
Reduction of time for producing and acclimatizing two bamboo species in a greenhouse. China has been
investing in bamboo cultivation in Brazilian lands. However, there’s a significant deficit of seedling production
for civil construction and the charcoal and cellulose sectors, something which compromises a part of the forestry
sector. In order to contribute so that the bamboo production chainsolves this problem, this study aimed to check
whether the application of indole acetic acid (IAA) could promote plant growth in a shorter cultivation time.
In the study, Bambusa vulgaris and B. vulgaris var. vitatta stakes underwent two treatments (0.25% and 5.0%
of IAA) and they were grown on washed sand in a greenhouse. Number of leaves, stem growth, rooting, and
chlorophyll content wereinvestigated. There was no difference with regard to stem growth, root length, and
Revista Biotemas, 26 (1), março de 2013

18

G. A. Gasparetto et al.

number of leaves for both species in the two treatments (0.25% and 5% IAA). The chlorophyll content variation
between the two species may constitute a quality parameter of forest seedling when compared to other bamboo
species. After 43 days, theseedlings are ready for planting in areas of full sun. For the species studied here, the
average time to the seedling sale is from 4 to 6 months, with no addition of auxin. Using this simple and low
cost technique, several nurserymen will produce bamboo seedlings with reduced time, costs, and manpower.
Key words: Chlorophylls; Marketing of bamboo; Seedling quality; Stem growth

Introdução
Bambusa vulgarisWendl. ex Nees e B. vulgaris var.
vittata McClure (Poaceae) são empregadas para diversos
fins, desde simples artesanato até a produção de papel de
alta resistência e produção de energia. Ecologicamente
são duas espécies de grande eficiência no sequestro de
gás carbônico atmosférico, em virtude de sua elevada
produtividade e velocidade de crescimento (RIBEIRO,
2005).
Bambusa vulgaris var....
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • A Dengue Pode Ser Transmitida Por Duas Esp Cies De Mosquitos
  • Contrato De Esp Cie
  • Esp Cie De Atos Administrativos
  • Contratos Em Esp Cie Bruno
  • Conceitos De Esp Cie
  • Recursos Trabalhistas em Esp cie
  • ESP CIES LITER RIAS
  • 30 esp cies para arboriza o

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!