diluição

Páginas: 7 (1613 palavras) Publicado: 16 de setembro de 2014
IMPACTO DO LANÇAMENTO DE EFLUENTES NO CORPO RECEPTOR (CÓRREGO TIM)




Fonte: Texto simplificado. Foram extraídos trechos principais de:
VON SPERLING, M. Princípios do tratamento biológico de águas residuárias. Vol. 1. Introdução à qualidade das águas e ao tratamento de esgotos. Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental - UFMG. 3a ed, 2005. 452 p.

Para se ter acesso a toda adescrição, gráficos e tabelas, consultar a fonte citada.


Nota: no presente texto, o nome do Córrego e da Bacia são genericamente intitulados “TIM”

1. INTRODUÇÃO

O presente item aborda um dos principais problemas de poluição dos cursos d'água, já solucionado nos países mais desenvolvidos, mas ainda de grande vulto em nosso país, a saber, o consumo do oxigênio dissolvido após o lançamento deesgotos. A importância da compreensão deste fenômeno no contexto da área de tratamento de esgotos relaciona-se à determinação da qualidade permitida para o efluente a ser lançado, incluindo o nível de tratamento necessário e a eficiência a ser atingida na remoção de DBO.

A introdução de matéria orgânica em um corpo d'agua resulta, indiretamente, no consumo de oxigênio dissolvido. Tal se deve aosprocessos de estabilização da matéria orgânica realizados pelas bactérias decompositoras, as quais utilizam o oxigênio disponível no meio líquido para a sua respiração. O decréscimo da concentração de oxigênio dissolvido tem diversas implicações do ponto de vista ambiental, constituindo-se, como já dito, em um dos principais problemas de poluição das águas em nosso meio.

Após o lançamento dosesgotos, o curso d’água poderá se recuperar por mecanismos puramente naturais, constituindo o fenômeno da autodepuração. É de grande importância o conhecimento do fenômeno de autodepuração e da sua quantificação, tendo em vista os seguintes objetivos:

* Utilizar a capacidade de assimilação dos rios. Dentro de uma visão prática, pode-se considerar que a capacidade que um corpo d'água tem deassimilar os despejos, sem apresentar problemas do ponto de vista ambiental, é um recurso natural que pode ser explorado. Esta visão realística é de grande importância em nossas condições, em que a carência de recursos justifica que se utilize os cursos d'água como complementação dos processos que ocorrem no tratamento de esgotos (desde que feito com parsimônia e dentro de critérios técnicos seguros ebem definidos).

* Impedir o lançamento de despejos acima do que possa suportar o corpo d'água. Desta forma, a capacidade de assimilação do corpo d'água pode ser utilizada até um ponto aceitável e não prejudicial, não sendo admitido o lançamento de cargas poluidoras acima deste limite.

A abordagem proposta para o TIM é de um simples estudo de diluição dos esgotos com o corpo receptor. Nesteponto em que os esgotos serão misturados com o corpo d´água, serão calculadas as seguintes concentrações:

• Concentração de OD (oxigênio dissolvido)
• Concentração de DBO (Demanda Bioquímica de Oxigênio).


2. EQUAÇÕES DA MISTURA ESGOTO - RIO

Não será utilizado nenhum modelo matemático de qualidade das águas, mas tão somente as equações de diluição, dadas a seguir.

a) Concentração deoxigênio no rio após a mistura com o despejo

(2.1)

onde:

Co = concentração inicial de oxigênio, no ponto de mistura (mg/l)
Qr = vazão do rio a montante do lançamento dos despejos (m3/s)
Qe = vazão de esgotos (m3/s)
ODr = concentração de oxigênio dissolvido no rio, a montante do lançamento dos despejos (mg/l)
ODe = concentração de oxigênio dissolvido no esgoto (mg/l)Observa-se que o valor de Co é obtido através de média ponderada entre as vazões e teores de OD do rio e dos esgotos.


b) Cálculo da DBO5 após a mistura com o despejo

DBO5 da mistura:

(2.2)


onde:
DBO5o = concentração de DBO5, no ponto de mistura (mg/l)
DBOr = concentração de DBO5 do rio (mg/l)
DBOe = concentração de DBO5 do esgoto (mg/l)


O valor de DBO é também...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Diluição
  • Diluição
  • Diluição
  • Diluição
  • diluição
  • Diluição
  • Diluição
  • diluicao

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!