Diluição

Páginas: 5 (1054 palavras) Publicado: 14 de agosto de 2014
Introdução
Soluções são misturas homogêneas formadas pelo soluto (o que é dissolvido) e pelo solvente (o que dissolve). Quando acrescentamos um solvente a uma solução concentrada, estamos diluindo esta solução, ou seja, tornando-a menos concentrada.
Recorremos a este processo várias vezes no nosso dia-a-dia. Quando adicionamos água a um suco ou a um produto de limpeza para deixa-lo mais“fracIntrodução
Soluções são misturas homogêneas formadas pelo soluto (o que é dissolvido) e pelo solvente (o que dissolve). Quando acrescentamos um solvente a uma solução concentrada, estamos diluindo esta solução, ou seja, tornando-a menos concentrada.
Recorremos a este processo várias vezes no nosso dia-a-dia. Quando adicionamos água a um suco ou a um produto de limpeza para deixa-lo mais “fraco”,estamos diluindo estas soluções.
Este processo é muito utilizado em laboratórios químicos pra preparar soluções com uma concentração conhecida, ou para realizar experimentos com concentrações menores, diluindo uma amostra da solução concentrada até a quantidade desejada.
1. Objetivos
Preparar solução líquida com soluto sólido. Calcular as concentrações de solução preparada antes e depois dadiluição de uma alíquota da mesma.
2. Materiais e reagentes:
2 Balões volumétricos de 100 mL Permanganato de potássio (s)
Espátula Sargento
Vidro de Relógio Béquer de 100 mL
Bastão de vidroPipeta graduada de 10 mL
Balança Pêra ou pipetador
Pisseta
3. Procedimento
1ª Parte: solução de 〖KMnO〗_4
1. Calculamos a massa de permanganato de potássio necessária para preparar 100 mL de solução mol/L.
2.Transferimos o sólido sem perdas, a um vidro de relógio. Inclinamos o vidro de relógio sobre o béquer, de modo que o sólido deslizasse lentamente sem levantar pó. Logo algumas partículas ficaram retidas no vidro de relógio, sendo necessário lavá-lo com jatos de água, sendo que nesta operação tivemos que manter o vidro de relógio inclinado com muito cuidado para que o líquido escorresse e caísse sobre olado do béquer e deslizasse pela sua parede.

2ª Parte: diluição da solução
1. Transferimos cerca de 30 mL da solução anterior para o béquer. Pipetamos com o auxilio do pipetador, 5 mL dessa solução para um balão volumétrico de 100 mL.
2. Completamos com água suficiente para 100 mL.
.
4. Discussão e resultados
4.1 Cálculo da massa de KMnO_4 necessária para preparar 100 mL de solução 0,05mol/L
M=Nst/Vsç→0,05=Nst/0,1→Nst=0,005 Mol
Xg=0,005*158=0,79g
Ou seja, foram necessárias 0,79g de permanganato de potássio.
Quando transferimos o permanganato de potássio do vidro de relógio para o béquer, não poderia haver desperdício, pois isto alteraria o valor da massa do soluto e, por consequência, o número de Mols. Tanto na solução concentrada quanto na diluída o número de mols e a massasão iguais, somente o volume irá mudar.


4.2 Questionário
1) Calcule a concentração das soluções de permanganato de potássio antes e após a diluição em mol/L e g/L.
Antes da diluição:
C1= 0,79/0,005=158g/L e M=0,005/0,005=1 Mol/L
Após a diluição:
C2=0,79/0,1=7,9g/L e M=0,005/0,1=0,05 Mol/L
2) Calcule o título e o título percentualde ambas as soluções considerando que a densidade da solução concentrada é 1,2 g/mL e da diluída é 1,05g/cm³.
Solução concentrada:
d1=msç/Vsç→1,2=msç/5→msç=6g
Tm==mst/msç→0,79/6=0,1317*100%=13,17%
Solução diluída:
1,05=msç/100→msç=105g
Tm=0,79/105=0,0075*100%=0,75%
o”, estamos diluindo estas soluções.
Este processo é muito utilizado em laboratórios químicos pra preparar soluções...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Diluição
  • Diluição
  • Diluição
  • diluição
  • Diluição
  • Diluição
  • diluicao
  • Diluição

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!