DILUIÇÃO SERIADA E QUANTITATIVA

Páginas: 5 (1018 palavras) Publicado: 10 de junho de 2014

INTRODUÇÃO
O experimento a ser realizado é o de diluição seriada, quantificação e qualificação dos microrganismos presentes em uma escova dental.
As escovas dentais concentram os microrganismos viáveis em suas cerdas, justamente pelo incorreto armazenamento dentro do banheiro em contato com vários outros agentes contaminantes após a escovação.
Com a diluição seriada e quantificaçãoconsegue-se estimar o número de colônias microbiológicas que se formaram durante o período de análise, e com a coloração de Gram pode-se avaliar quais seriam esses microrganismos.

OBJETIVO: Aprender técnicas de diluição seriada e quantificação de microrganismos utilizando escova dental como material a ser amostrado.

MATERIAIS UTILIZADOS
Caldo BHI(BRain Heart Infusion)
Solução Salina
BéquerEscova dental usada
Tubos de ensaio
Solução salina
Micropipetas
Ponteiras
Placas de Petri
Bico de Bunsen
Alça bacteriológica
Lâminas
Corantes
Solução de cristal violeta
Solução de lugol
Solução de álcool-acetona
Solução de fucsina
Papel toalha
Água
Microscópio óptico


PROCEDIMENTO:
Observações: Antes de iniciar qualquer procedimento no laboratório é necessário que todosestejam devidamente paramentados.
Todo procedimento deve ser feito próximo ao bico de Bunsen para evitar contaminação com germes do ar

1- A escova dental usada foi mergulhada e agitada dentro do caldo BHI durante 5 minutos, tendo em vista que o caldo foi previamente preparado e os recipientes autoclavados.
2- Nos tubos de ensaio, que continham 5mls de uma solução salina, foi adicionado 1 ml dasolução inicial ( caldo BHI ) com o auxilio de uma micropipeta e adicionado ao primeiro tudo, que foi identificado com a numeração (10-¹). E deste tubo foram retirados 1 ml e adicionados ao segundo tubo, (10-²) . Este mesmo procedimento foi feito para o terceiro tubo, (10³). A cada nova diluição foi usada uma ponteira diferente e esterilizada.
3- Com o auxílio de uma micropipeta foi-seretirado do primeiro tubo (10¹), 1 ml de solução. Este 1ml foi distribuído em uma placa de Petri, que já continha o Ágar nutriente em estado sólido, em 10 gotas de 0,1 ml. Esta placa foi devidamente fechada, a ponteira foi descartada e a placa foi identificada contendo informações do grupo que realizou o trabalho e de qual tubo de ensaio pertencia. Este processo foi refeito para os tubos 10-² e 10-3.4- As placas foram levadas para a incubadora onde permaneceram durante uma semana.
5- Em cada placa foi feita a análise quantitativa, que consiste em contar quantas colônias cresceram. Na placa 10-1 pode-se observar o crescimento de 127 colônias, placa 10-2 128 colônias e na 10-3 180 colônias.
6- Para calcular o UFC (unidade formadora de colônia), usa-se a seguinte fórmula:
UFC= (número decolônias) X10 X 1,6 X 10(potencia),
7- Após esse cálculo foi escolhida uma das placas para fazer a análise qualitativa, e identificar que tipo de bactéria estava presente na escova. Para isto foi feita a coloração de Gram.
8- Com auxílio da alça bacteriológica, tendo em vista que esta foi devidamente esterilizada no bico de Bunsen, fez-se então o esfregaço em uma lâmina de vidro, com as colôniasretirada de uma das placas.
9- O esfregaço foi coberto com a solução cristal violeta onde foi deixado agir por um minuto. Após a lâmina foi lavada com água destilada para retirar o excesso.
10- Depois desse processo, o esfregaço foi coberto com Lugol e após um minuto a lâmina foi lavada com água para retirar o excesso.
11- Para descorar lavou-se o esfregaço com álcool-acetona até sair a corvioleta e após este processo a lâmina foi novamente lavada com água.
12- O esfregaço foi então novamente coberto pelo corante fucsina e trinta segundos depois a lâmina foi lavada e seca com auxilio do papel toalha.
13- Esperou-se que a lâmina fica-se totalmente seca para ser analisada no microscópio, para então poder ser feita a qualificação da bactéria.

RESULTADOS E DISCUSSÃO
O cálculo de...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Diluição Seriada
  • Diluição Seriada
  • QUANTIFICAÇÃO DE MICRORGANISMOS: DILUIÇÃO SERIADA
  • Diluição seriada em tubos
  • Diluição seriada decimal
  • Relatório do laboratório de microbiologia atividade – diluição seriada e contagem
  • Relatório do laboratório de microbiologia atividade – diluição seriada e contagem.
  • diluição

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!