Diferença entre ciencia social e natural

Páginas: 10 (2497 palavras) Publicado: 25 de março de 2012
Alimentação e cultura, desnuda alguns elementos do caso brasileiro, apontados em algumas das dimensões que, conferindo à escolha, à preparação e ao consumo de alimentos atributos relacionados às identidades sociais, podem dar pistas para pensar a relação entre comida e cidadania.
Bebida é água.
Comida é pasto.
Você tem sede de quê?
Você tem fome de quê?
A gente não quer só comer,
A gentequer comer e quer fazer amor.
A gente não quer só comer,
A gente quer prazer pra aliviar a dor.
A gente não quer só dinheiro,
A gente quer dinheiro e felicidade.
A gente não quer só dinheiro,
A gente quer inteiro e não pela metade.
“Comida”, música de Arnaldo Antunes, Marcelo Fromer e Sérgio Britto
Ao afirmar que se quer mais do que comer, a canção dos Titãs (grupo musical brasileiro)dialoga com visões reducionistas que restringem as necessidades humanas aos limites estabelecidos pela biologia.

Mas, ao mesmo tempo, evidencia na sociedade a existência de uma percepção limitada dos significados da comida: a letra estabelece disjunção entre o ato de “só comer” e aqueles associados ao amor, ao prazer, à felicidade, à plenitude humana.

Trazendo à reflexão o debate sobre alimentaçãoe cultura, e desnudando alguns elementos desse debate para o caso brasileiro, buscaremos, neste artigo, apontar algumas das dimensões que, conferindo à escolha, à preparação e ao consumo de alimentos atributos relacionados às identidades sociais, podem dar pistas para pensar a relação entre comida e cidadania.

Comida é pasto?

É bem verdade que a satisfação das necessidades nutricionais écondição indispensável para a sobrevivência de seres humanos. Entretanto, os significados da alimentação para as sociedades não podem ser compreendidos apenas a partir de indicadores nutricionais. Nas palavras de Claude Fischler:

O homem é um onívoro que se alimenta de carne, de vegetais e de imaginário: a alimentação conduz à biologia, mas, é evidente, não se reduz a ela; o simbólico e oonírico, os signos, os mitos, os fantasmas também alimentam e concorrem a regrar nossa alimentação. (FISCHLER, 1979, p. 1)

Dessa forma, o ato alimentar implica também valoração simbólica. Por isso, o que é considerado comestível em uma sociedade – ou, mais precisamente, em um grupo social – não o é em outra.

Nas sociedades humanas, a fome e a sede, necessidades vitais, são formuladas e satisfeitasem termos culturais, sociais e históricos. O que se come, com quem se come, quando, como e onde se come: as opções e proibições alimentares – que, como ensina Igor de Garine, eventualmente distinguem os grupos humanos – são definidas pela cultura: “O homem se alimenta de acordo com a sociedade a que pertence” (GARINE, 1987, p. 4).

Qual a boa comida? O que se come em dias comuns, fins de semana,dias de festa? Que alimentos são considerados perigosos? Quais os alimentos tidos por saudáveis? Homens, mulheres, idosos(as), jovens e crianças: quem come o quê?

“Dize-me o que comes, e eu te direi quem és.” A frase de Brillat-Savarin (1995), datada do século XIX, indica que a alimentação é marcadora de identidade: somos o que comemos. Ou, como afirma Amado Millán:

Na alimentação humana sematerializa a estrutura da sociedade, se atualiza a interação social e socioambiental, as representações socioculturais (crenças, normas, valores) que dão significado à ação social [...] dos que têm em comum uma mesma cultura. A abstração conceitual da cultura se concretiza no prato. (MILLÁN, 2002, p.277-278, destaque do autor)

É assim que, perpassada por aspectos simbólicos, as escolhas dosalimentos podem expressar o status do indivíduo em uma sociedade, da mesma forma que a cozinha de um grupo social expressa sua identidade.

Comida, então, é bem mais que pasto. Entendida como uma linguagem (LÉVI-STRAUSS, 1965), a cozinha de uma sociedade indica seus valores. Buscaremos, a seguir, evidenciar que essa abordagem pode vir a contribuir para a análise da sociedade brasileira....
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Diferença entre ciências naturais e sociais
  • diferença entre Ciências Sociais e Ciências Naturais no que tange aos seus objetos.
  • ANTROPOLOGIA CULTURAL: DIFERENÇA ENTRE AS CIÊNCIAS SOCIAIS E AS CIÊNCIAS NATURAIS
  • ANTROPOLOGIA CULTURAL: DIFERENÇA ENTRE AS CIÊNCIAS SOCIAIS E AS CIÊNCIAS NATURAIS
  • As duas diferenças fundamentais entre as Ciências Naturais e as Ciências Sociais
  • Escreva sobre 03 diferenças existentes entre as ciências naturais e as ciências sociais
  • Um quadro comparativo que mostre a diferença entre ciências sociais e ciências naturais
  • Ciencias naturais e ciencias sociais

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!