Dietoterapia nos distúrbios cardiovasculares

Páginas: 6 (1395 palavras) Publicado: 28 de maio de 2014
Dietoterapia nos Distúrbios Cardiovasculares
O papel da dieta nos distúrbios cardiovasculores é um pouco controverso. Alguns dizem que apóiam a relação que existe entre altos níveis séricos e colesterol e o aumento da incidência de aterosclerose,doenças coronarianas, hipertensão e acidentes vasculares, já outros dizem não ter provas suficientes que mostrem o papel da dieta nos casos dedistúrbios cardiovasculares, mas sim que a dieta é mais um fator de risco.
Não é da competência da enfermeira prescrever dietas ao paciente, mas elas devem estar capacitadas em conhecimento sobre as dietas dos mesmos.
Hiperlipoproteinemia
É caracterizada pela elevação das taxas de lípides ligadas às seroproteínas. Quem transporta as lípides insolúveis em meio aquoso são as lipoproteínas. Alterações dometabolismo dos lipídios causam elevação dos níveis séricos de colesterol ou de triglicérides, ou dos dois. Este aumento pode vir como uma perturbação primária ou secundária. A hiperlipoproteinemia primária é hereditária e um dos seus resultados pode ser a aterosclerose prematura em crianças e adultos. A hiperlipoproteinemia grave pode ter como resultados dores abdominais recurrentes e pancreatiteaguda.
As hiperlipoproteinemias são classificadas em 5 tipos:
1. Hiperlipoproteinemia Tipo I: Hiperquilomicronemia
É um distúrbio raro, caracterizado pela incapacidade de clarificar os quilomícrons (gorduras da dieta) do sangue.
Tratamento: O único tratamento é a dietoterapia.
Dietoterapia:
- Para crianças com menos de 12 anos: Contém de 10 a 15 gramas de gordura por dia;
- Para o adulto:25 a 35 gramas por dia;
- Não é restrito a ingestão de colesterol e a relação entre as gorduras polinsaturadas e as saturadas não são importantes;
- Não é limitada a ingestão de proteínas e hidratos de caborno e a cota de hidratos de carbonos dever ser elevada para poder fornecer a quantidade adequada de calorias;
- O álcool não é aconselhado;
Para saber quanto de gordura deve-se ingerirdentro do nível permitido, deve-se considerar o teor de gordura de todos os alimentos ingeridos: Em cada 30 gramas de carne, 8 gramas de proteína e 3 gramas de gordura. A cota diária de carne é aproximadamente 150 gramas. Pode-se aumentar essa cota diária para 210 gramas caso as carnes de vaca, carneiro e de porco forem limitadas a três porções de 90 gramas, em três dias da semana ccom a galinha e opeixe completando o resto da cota;
- Manteiga, margarina, óleos, gorduras hidrogenadas, os produtos de padaria que os contenham, as nozes, as amêndoas, castanhas-do-pará e do caju não são permitidos na dieta;
- Os triglicérides de cadeia média podem ser permitidos, no entanto seus ácidos graxos não devem levar à formação de quilomícrons e desde que melhorem a palatabilidade da dieta.
2.Hiperlipoproteinemia Tipo II A: Hipercolesterolemia
Ocorre em todas as idades;
As taxas séricas de betalipoproteínas estão pronunciadamente aumentadas. As taxas de triglicérides são normais e o plasma se encontra límpido;
Se caracteriza por desenvolver xantomas (depósito de colesterol sob a pele e tendões e sobre os cotovelos e joelhos) e provoca doença vascular precoce. Pode desenvolver-sesecundariamente, por excesso de colesterol na dieta, por mixedema, nefrose ou por doença hepática;
Tratamento: Tem como finalidade baixar os níveis séricos de colesterol, por medicamentos e dieta.
Dietoterapia:
- Limita-se a ingestão de colesterol, em um nível mais baixo possível e a redução da ingesta de gorduras saturadas, junto com o aumento da ingestão de gorduras polinsaturadas;
- Gema de ovo,vísceras e a maioria dos produtos lácteos são eliminados da dieta, deixando apenas carne como fonte mais alta de colesterol da dieta.
- Hidratos de carbono e proteínas não são restringidos;
- O álcool pode ser usado com moderação;
- Ácidos graxos polinsaturados podem ser ingeridos através do uso de óleos de açafroa, de girasso e de milho e de margaridas de estrutura branda, feita com estes...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Distúrbios cardiovasculares
  • Distúrbios cardiovasculares
  • Dietoterapia nas doenças cardiovasculares
  • Patologia E Dietoterapia Na Doen A Cardiovascular
  • Disturbio Hermodinamico Cardiovasculares
  • Disturbios hemodinâmicos e doenças cardiovasculares
  • DISTURBIOS CARDIOVASCULARES EM PACIENTES CRITICOS
  • Dietoterapia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!