Dicionario

Páginas: 10 (2323 palavras) Publicado: 17 de novembro de 2013
Dona Quinota é empregada, casada com seu Juca e mãe de Élcio, Élcia e Elcina. Trabalha o ano todo para extravasar no carnaval, esta festa é o único momento em que Dona Quinota esbanja e vive intensamente, fantasia a si e à família e aluga um carro para desfilar.
Após o término do baile, o vizinho invejoso, Adalberto, pergunta se os vizinhos se divertiram e dona Quinota responde “assim, assim”,mas na verdade Quinota apenas esconde sua realização da inveja do vizinho. O conto termina com a indignação de Quinota diante do resultado de um concurso de blocos

Uma Senhora, Marques Rebelo

Dona Quinota não se importava com a aspereza do ano inteiro. Com ela era ali no duro - trabalho, trabalho e mais trabalho. O ordenado das empregadas, na verdade, era uma pouca vergonha que a políciadevia pôr um paradeiro. Não punha. Vivia metida com a maldita política. Falta duma boa revolução!.. Ah! se ela fosse homem!... Enquanto a revolução não vinha para botar tudo nos eixos, obrigando-a a endireitar empregadas, fazia de criada - cozinhava, varria, cosia, Encerava a casa também, aos sábados, depois que disseram pelo rádio ser higiênico e muito econômico. - Econômico? Então se encera mesmo.O marido, que já estava acostumado àquelas resoluções, largou no melhor pedaço o volume de Os Miseráveis, meteu sobre o pijama a gabardine cheirando a gasolina na gola e foi telefonar para a loja de ferragens, pedindo duas latas de cera - da boa, vê lá! - chorando um abatimentozinho na escova e na palha de aço: está ouvindo, seu Fernandes? Estava sempre para tudo, que, graças a Deus, era mulherforte. Saira à mãe, que também o fora, morrendo velha de desastre, desastre doméstico, uma chaleira de água fervendo para o escalda-pé do marido, um coronel reformmado, que lhe virou por cima do corpo. Nunca se queixava da vida. Não ia à cidade passear, as suas compras eram em regra feitas pelo marido, precisava que a fita fosse muito falada para ela se abalar até o cinema do bairro, onde cochilavaa bom cochilar; contavam-se os domingo em que ia à missa, não fazia visitas, nem recebia. Não reclamava o trabalho que lhe davam os filhos, três desmazelados que andavam na escola pública, Élcio, Élcia e Elcina, respectivamente quinze, quatorze e treze anos, o que atesta bem a força do marido e dá ideia o que sria depois de dez anos de casada, se depois de Elcina não tomasse as devidasprecauções. - Não se esqueçam de dar lembranças à Dona Margarida - aconselhava na hora da saida, enquanto punha nas bolsas as bananas e o pão com manteiga da merenda.Dona Margarida fora sua amiga no colégio das Irmãs, uma bicha no francês, cearense, um talento! Mandar lembranças para ela equivalia a dizer: Olha que são meus filhos, Margarida; filhos de tua amiga Quinota. E os exames estavam perto, comprêmiosde cadernetas da Caixa Econômica dados pelo prefeito, ridicularizados pelos jornais oposicionistas, elogiados pelos do governo - a Folha dizia que era um gesto de mecenas mas enfim fartamente anunciados em todos os jornais para incentivo da meninada estudiosa. Ela queria ser mordida por um macaco se não arranjasse três cadernetas para casa. Os filhos é que não faziam fé. Bordava para fora,cuidavado Joli, o bichano para sujar a casa era um desespero, e sobrava tempo ainda para ter ciumes do marido com as vizinhas, principalmente Dona Consuelo, uma descarada, é certo, mas muito chique, confessava. Chegando o carnaval, tirava a forra. As economias acumuladas saiam do Banco Popular juntas com os juros. Não ficava nada. Metia-se numa fantasia de baiana e inundava a capota do seu automóvel comseus oitenta e cinco quilos honestíssimos. As meninas iam de baianas também, menos saias, mais berloques, e o menino de pierrô, cada ano de uma cor, porque não é para outra coisa que o dono do Tintol gasta aquele dinheirão em anúncios.Tirava do cabide a casaca do casamento, dezesseis anos por isso (como o tempo corre!), dava um jeito nas manchas: - No automóvel, ninguém repara, meu filho-...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Dicionario
  • DICIONARIO
  • Dicionário
  • Dicionario
  • dicionario
  • Dicionário
  • Dicionário
  • Dicionario

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!