Determinação da granulometria do agregado miúdo areia lavada

Páginas: 9 (2095 palavras) Publicado: 11 de setembro de 2011
[pic]

Andrei Santos Tomelin

TÉCNOLIGIA DO CONCRETO l
(2ª Aula – Laboratório)

Palmas
2011
Aluno:

Andrei Santos Tomelin

DETERMINAÇÃO DA GRANULOMETRIA DO AGREGADO MIÚDO AREIA LAVADA

Relatório apresentado ao Centro Universitário Luterano de Palmas - CEULP/ULBRA, como parte das exigências da disciplina Tecnologia do Concreto I, do Curso deEngenharia Civil, disciplina coordenado por meio do professor Cezar.

Palmas
2011
SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO 04

2. OBJETIVO 05

3. JUSTIFICATIVA 06

4. METODOLOGIA 06

4.1. Equipamentos 07

4.2. Procedimento 08

5. DISCUSSÃO 11

6. CONCLUSÃO 13

7. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 15

1. INTRODUÇÃOPrimeiro relatório de ensaio da disciplina de Tecnologia do Concreto I, aplicado no dia 19 de agosto de 2011, no laboratório de Materiais e Estruturas do CEULP/ULBRA.

Os ensaios submetidos aos materiais de Construção Civil são importantes para o controle tecnológico e suas aplicações. Nos ensaios onde se determina a composição granulométrica do agregado miúdo para argamassa e concreto. Acomposição granulométrica tem grande influência nas propriedades futuras das argamassas e concretos. A finalidade primordial dos estudos granulométricos é encontrar a composição granulométrica que dê a maior compacidade possível, requerendo boa pasta de aglomerante, acarretando economia e aumento da resistência dos concretos e argamassas. As especificações fixam limites de granulométrica entre os quaisdeve estar compreendida a composição granulométrica de um agregado a ser empregado em concreto.

Por meio dos resultados da composição granulométrica, irá se classificar as partículas de uma amostra pelos respectivos tamanhos e medir as frações correspondentes a cada tamanho extraindo valores que auxiliarão nos estudos das argamassas e dosagem do concreto, tais como a determinação doMódulo de Finura que indicará possíveis variações de superfície nos agregados, e da Dimensão Máxima Característica que permitirá selecionar o agregado miúdo adequando segundo as necessidades das peças a serem concretadas.

2. OBJETIVO

O objetivo desse relatório é obtenção dos valores de material retido em cada uma das peneiras e determinar a quantidade de cada material retido em cadauma das peneiras de agregado miúdo, utilizando a (NBR 248/2003), obtendo a percentagem e posteriormente uma média desse material em análise, para posteriormente, com base densidade do módulo de finura determinar qual é o material ou agregado miúdo possui as características com base na sua comparação gráfica do módulo de finura.

3. JUSTIFICATIVA

As normas técnicas as NBRs, são osmeios necessários e corretos onde serão avaliados os materiais e serviços realizados na Construção Civil, para uma melhor qualidade e conformidade da obra, trazendo benefícios para o cliente e a construtora.

Deve-se ser avaliado a quantidade de material retido em cada peneira, os percentuais obtidos desses resultados, bem como, as médias obtidas por meio da somatória dos resultados obtidosdos dois ensaios dividido por o mesmo número da somatória da quantidade de ensaios realizados em sala laboratório, ou seja, dividir por dois, pois foi realizado duas análise na ocasião. Posto isto, definir os critérios de aceitação ou não possivelmente existentes, entre outros, bem com base na análise dos valores obtidos e com o gráfico desses valores, definir o tipo de material com base no módulode densidade de finura.

4. METODOLOGIA

1. Equipamentos

1º Ensaio (NBR NM – 248/2003):
• Balança com resolução de 0,1% da massa da amostra de ensaio;
• Algumas bacias de alumínio, pequenas.
• Estufa capaz de manter a temperatura no intervalo de (105 ± 5)°;
• Peneiras das séries normal e intermediária, com tampa e fundo1, que atendam às exigências das...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Ensaio de Granulometria do Agregado Miudo
  • Granulometria de agregado miudo
  • agregado miudo areia artificial
  • DETERMINAÇÃO DE INCHAMENTO DO AGREGADO MIÚDO.
  • Determinação do inchamento do agregado miúdo
  • Granulometria e Cálculo da Umidade de Agregado Miúdo.
  • Determinação da massa especifica do agregado miudo
  • Determinação da massa especifica do agregado miudo

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!