Desumanização e Coisificação do outro

Páginas: 16 (3935 palavras) Publicado: 22 de outubro de 2013
significa a transformação do ser humano em coisa, em objeto, enfim, em mercadoria. Isto é o que o sistema capitalista propoe. Não a mercadoria estar a serviço do bem estar da pessoa humana, seja quem for. Mas usar as pessoas para serem escravas da mercadoria. Exemplo. Ivete Sangalo e um produto de midia, uma pessoa altamente sem talento para o que faz, mas, assim mesmo, o sistema investe milharesde dolares nela, que ocupa todos os espaços de midia, e com sua imagem, subliminarmente estimula o consumo de mercadoria, muitas vezes as pessoas não tendo necessidade, mas apenas compram porque, em sue inconsciente, foi implantada a veiculação do produto a imagem de uma pessoa-mercadoria que e esta pessoa. um abraço e boa semana.
Introdução

Qual o limite da escuta analítica? É possívelescutar toda a experiência humana? Será que nós psicanalistas temos modelos para tanto, ou seria pura arrogância? Bion nos alerta para a escuta ‘sem desejo e sem memória’ a qual talvez caiba aqui destacar inclusive, sem o próprio desejo de escuta. Alguns poderiam objetar que tudo o que o homem diz, faz, fala é possível se ouvir, é passível de escuta. Talvez não seja o caso de algumas experiênciasextremas, como a analisada nesse trabalho – o relato de Primo Levi sobre como sobreviveu à ao campo de trabalho em Auschwitz.

E talvez diante dessas experiências extremas qualquer desejo de escuta soe, e seria ético que assim soasse, arrogante. Este é um dos desafios desse trabalho – como não soar arrogante diante da experiência vivida nos campos de concentração? Ao mesmo tempo, tal sujeito gritapara ser ouvido, lhe é um sonho recorrente que ele narre para o Outro essa história, a sua história, mas paradoxalmente ninguém o ouve. Esta é solidão do indizível! É a solidão daquele que não pode narrar na sua completude toda a sua experiência, simplesmente porque o outro não tem escuta para isso.

Este trabalho não pretende “escutar” a experiência narrada por Primo Levi, não pretendeinterpretar o seu relato como entendido pela psicanálise. Essa será a única interpretação desse trabalho – que não é possível interpretar essa experiência, pois ela é maior, muito maior que nosso vocabulário, nossos modelos[4]. A partir desse lugar, e sem essa pretensão, pode-se com o devido respeito analisar por outros meios essa obra.

O relato foi dividido em três partes arbitrárias para melhoranálise:

1.Uma que tem por objetivo evidenciar os métodos pelo qual as pessoas eram submetidas, que visavam a transformá-las em animais[5];
2.Uma que traga para um primeiro plano algumas das experiências vividas por Levi;
3.E por fim, de que forma segundo Levi se pode sobreviver a Auschwitz, que é justamente o título desse trabalho.
Os métodos

A organização social

Uma das bases do método dedesumanização seja instalar uma sociedade onde valores culturais como compaixão, empatia, solidariedade não só não tenham espaço, como sejam percebidos como valores de pessoas fracassadas e vencidas. Nesse sentido algumas estratégias nesse arranjo são colocadas em prática, a saber:

1.Uma sociedade que divida sua população em grupos, como pode ser demonstrado por Levi quando nos fala da divisãodo ‘Lager’ entre quem tinha ou não tinha privilégios - “Está dentro da ordem normal das coisas que os privilegiados oprimam os nãos privilegiados: essa é a lei humana que rege toda a estrutura do campo.” (LEVI, 2008) -, quem sobrevive ou não - “Gostaria de chamar atenção ao fato: me parece claro que existem entre homens duas categorias particularmente bem distintas: os salvos e os condenados.”(LEVI, 2008)
2.Onde valores como a solidariedade é substituída pelo egoísmo, demonstrado por Levi em diversas partes do livro - “A doutrina...no ‘Lager, segundo a qual o primeiro ofício de um homem é perseguir seus próprios fins por meios adequados, e quem se equivoca paga, pelo qual eu só posso considerar justo o sucessivo desenvolvimento dos acontecimentos.” (LEVI, 2008).
3.Suprime qualquer...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • O processo desumanização e a coisificação do outro
  • desumanização e coisificação do outro
  • Conceito de desumanização e coisificação do outro
  • Processo de desumanização e coisificação do outro
  • Desumanizaçao e coisificaçao do outro
  • O processo de desumanização e coisificação do outro
  • “CONCEITO DE DESUMANIZAÇÃO E COISIFICAÇÃO DO OUTRO”
  • O processo de desumanização e coisificação do outro

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!