Desigualdade no trabalho

Páginas: 5 (1012 palavras) Publicado: 19 de fevereiro de 2014
Desigualdade no trabalho
O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou a Síntese dos Indicadores Sociais do país, que demonstra que as desigualdades entre homens e mulheres ainda predominam no mercado de trabalho. Em 2004, as trabalhadoras com até quatro anos de estudo recebiam, por hora, em média, 80,8% do rendimento dos homens com esse nível de escolaridade, diferença queaumenta quando o nível de escolaridade passa para 12 anos ou mais de estudo (elas recebiam 61,6% do rendimento-hora masculino).
 
Mas as mulheres com maior escolaridade têm menos filhos e há menos taxa de mortalidade infantil. A distância que separava a fecundidade das mulheres menos instruídas das regiões Norte e Nordeste das que possuíam alta escolaridade do Sudeste e Sul era de mais de trêsfilhos. Até mesmo em uma mesma região, mulheres com até três anos de estudo tinham, em média, mais que o dobro do número de filhos das mulheres com oito anos ou mais de estudo.
 
Em relação à mortalidade infantil em 2004, a taxa entre crianças com até um ano de idade, cujas mães tinham oito anos ou mais de estudo, era de 14 por 1.000 nascidos vivos nas regiões Sudeste e Sul. Para as criançasnascidas no Nordeste, de mães com até três anos de estudo, a taxa alcançava 53,5 para casa 1 mil nascidos vivos. Entre as mulheres mais pobres (com rendimento familiar de até meio salário mínimo per capita), quase metade (49,1%) das mães tinha três ou mais filhos; já entre aquelas com rendimento familiar de mais de dois salários mínimos per capita, essa proporção caía para 21,6%.
 
As diferençassalariais entre homens e mulheres são maiores quanto maior for a taxa de escolaridade da mulher. Em 2004, apenas 3,9% das mulheres ocupadas estavam em cargos de direção, enquanto para os homens a proporção era de 5,5%. No Distrito Federal, a participação feminina em cargos de direção é a maior do país. "A elevada participação feminina no serviço público federal, onde o acesso a cargos de direção sedá de forma mais igualitária que no setor privado" (é a responsável pelo primeiro lugar do DF).
 
Nas ocupações relacionadas às ciências e artes, de nível médio, serviços administrativos, serviços e vendedores, a participação feminina no mercado é maior que a masculina. Os afazeres domésticos também continuam sendo feitos, majoritariamente, por mulheres: "Em 2004, 68,3% da população de 10 anosou mais de idade, ou 102,3 milhões de pessoas, cuidavam de afazeres domésticos. Desse universo, 32,2% eram homens e 67,8%, mulheres. A média de horas gastas pelas mulheres nas atividades domésticas (22,1 horas) era mais que o dobro da observada para os homens (9,9)".
 
Segundo os dados do IBGE o desemprego também é maior no grupo populacional de maior escolaridade. O desemprego, em 2004, atingiu12,4% das pessoas com escolaridade entre nove e 11 anos de estudo, e 5,5% daquelas de escolaridade mais baixa, de até quatro anos. Para as mulheres com nível superior, a taxa de desemprego ficou acima da dos homens: 6,2 contra 4,5. A região Sudeste apresentou o maior nível de desemprego entre todos os níveis de escolaridade (10,5%), tanto masculina quanto feminina, mas foi na região Norte onde adiferença entre estas duas taxas foi maior (4,4% para homens e 11,0% para mulheres).
 
Embora a escolaridade aumentasse o rendimento médio, acentuava também a desigualdade entre homens e mulheres no mercado de trabalho. Em 2004, o rendimento médio dos 10% mais ricos na população ocupada era 16,2 vezes o rendimento médio dos 40% mais pobres. Entre os 40% mais pobres, o rendimento médio dasmulheres representava 76% do rendimento dos homens, enquanto que entre os 10% mais ricos essa relação caía para 65,9%. Em todas as categorias, os homens ganhavam mais do que as mulheres.
 
Entre os dados divulgados pelo IBGE, preocupa a alta taxa de pessoas que se consideram analfabetas no Brasil. Em 2004, uma proporção de 11,4% da população de 15 anos ou mais de idade declarava não saber ler ou...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • TRABALHO DE GEOGRAFIA DESIGUALDADE SOCIAL
  • O NEGRO E A DESIGUALDADE NO MERCADO DE TRABALHO
  • Trabalho Sobre Desigualdade
  • Trabalho sobre desigualdade social
  • Trabalho De Desigualdade Social Sociologia
  • TRABALHO SLIDES DESIGUALDADE
  • Trabalho de sociologia-desigualdade economica
  • Desigualdade de género no mercado de trabalho

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!