Desgastes e vida útil de uma hferramenta

Páginas: 13 (3192 palavras) Publicado: 7 de abril de 2014
Desgastes e vida da ferramenta

Denomina- se vida de uma ferramenta o tempo que a mesma trabalha efetivamente (deduzido os tempos passivo), até perder a sua capacidade de corte, dentro de um critério previamente estabelecido. Atingindo esse tempo, a ferramenta deve ser reafiada ou substituída. Logo, a vida da ferramenta é o tempo entre duas afiações sucessiva necessárias, no qual elatrabalha efetivamente.
A perda da capacidade de cortes é avaliada geralmente através de um determinado grau de desgaste. Para tanto, utilizam-se os desgastes convencionais. Os fatores que determinasse a fixação de um determinados desgastes, e consequentemente a vida útil da ferramenta. Deve ser retirada da maquina quando:
1- O desgaste da superfície de saída da ferramenta atingem proporções tãoelevadas, a uma quebra de gume cortante.
2- Os desgastem é provocado por elevações da temperaturas do gume cortantes, em atrito da ferramenta entre o cavaco e com a peça perdendo o fio cortante.
3- Devido ao desgaste da superfície de folga da ferramenta, não é mais possível manter as tolerâncias exigida na peça.
4- O acabamento não é mais satisfatórios.
5- O aumento da força de usinagem,provenientes dos desgastes elevados da ferramentas, interfere no funcionamento da maquina.
Executam-se certo casos de usinagem com pastilhas de cerâmica, onde a capacidade de corte é eliminado pelo aparecimento de quebra na aresta cortante.
A vida útil de ferramenta é geralmente expressa em minutos, porém em certos casos prefere-se defini-la pelo percurso de corte é dado geralmente emquilômetros,
L=v.T ___1___
1000
E o percurso do avanço é dado em milímetros.La = a.n.T,
Onde
T = Vida da ferramenta, em minutos,
V =Velocidade de corte, em / minuto,
A = avanço, em mm/ volta,
N = rotação, em r.p.m.
Deve-se distinguir de certa forma o procedimento do desgaste das ferramentas com pastilhas demetal duro das ferramentas de aço rápido, nas primeiras o desgaste é progressivo e chega a valores que causam finalmente a quebra do gume cortante. Nas ferramentas com pastilhas de cerâmica verifica-se geralmente a quebra de pequenos fragmentos da aresta cortante.
A vida da ferramenta neste caso pode ser definida, não pelos desgastes, mas sim por um determinado grau de destruição da arestacortante, acima do qual o emprego da ferramenta não é mais conveniente.
Logo, o estudo dos valores dos desgastes das ferramentas de metal duro de aço rápido e de cerâmica deve ser realizado separadamente.

Desgaste de ferramentas de Metal Duro Em operações de desbaste

Durante a operação de desbaste nos aços, em condições normais de velocidade de corte de avanço com ferramentas de metais duro,os desgaste geralmente aumenta progressivamente. Em alta velocidade de corte o trecho da ferramenta se enfraquece a tal ponto de se quebrar, nesse caso o desgaste é o principal responsável pela quebra do gume cortante.
O desgaste de folga é geralmente maior quando a ferramenta tiver um angulo de ponta pequeno. Onde determina a vida útil da ferramenta.
As ruptura das arestas cortantes,dos desgastes, a ferramentas deve ser retiradas da maquinas pra uma avaliação e afiação, ou até uma substituição se necessário, antes que quebre nas sua margem de segurança. Infelizmente os fatore de desgaste são inúmeros que podemos estabelecer uma regra única pra determinamos a vida de uma ferramenta. Um dos critérios mais usado na determinação da vida de uma ferramenta é o desgaste.
Na...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • vida util
  • a vida util de um brinquedo
  • Vida util fadiga
  • Desgaste de Flanco e Tempo de Vida
  • desgaste n vida acadêmica
  • Vida útil de rolamentos
  • DESGASTE E VIDA DA FERRAMENTA
  • durabilidade e vida util do concreto

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!