desenvolvimento humano

Páginas: 6 (1491 palavras) Publicado: 27 de outubro de 2014
CURSO DE PSICOLOGIA A primeira infncia 02 07 anos Integrantes do Grupo Daiane Pacheco Freire Fernanda Gabrielle dos Santos Juliana Mendes Ribeiro dos Santos Licoln Moura Professor Rildo Santos Loureiro _ Psiclogo - CRP-RJ 33.572/5 Professor da Faculdade Salesiana Maria Auxiliadora. Especialista em Psicossomtica - UFF Mestreem Cincias do Cuidado em Sade - UFF Membro do LAPGES-UFF-CNPQ Maca,12setembro de 2014 Introduo A Primeira infncia corresponde dos 2 aos 7 anos. Durante esta fase, o desenvolvimento da criana tem como base um aspecto muito importante, o aparecimento da linguagem, que ir acarretar modificaes nos aspectos intelectual, afectivo e social da criana, a interaco e a comunicao com outros indivduos. Neste perodo, as caractersticas mais importantes sointelignciasimblica,o pensamento egocntrico, intuitivo e mgicoA centrao (apenas um aspecto de determidada situao considerado), a confuso entre aparncia e realidade, a noo da irreversibilidade, o raciocnio transdutivo (aplicao de uma mesma explicao a situaes parecidas) e animismo (dar vida a seres inanimados). A primeira infncia 02 07 anos De acordo com Piaget, o aspecto afetivo e o intelectual so modificados comoaparecimento da linguagem. A criana torna-se capaz de reconstituir suas aes passadas efuturas pela representao verbal. Da resultam trs conseqncias essenciais para odesenvolvimento mental 1.Uma possvel troca entre os indivduos, ou seja, o incio da socializao da ao.2.Uma interiorizao da palavra, isto , a apario do pensamento.3.Uma interiorizao da ao que, antes era puramente perceptiva e motora,a partirda pode se reconstituir no plano intuitivo das imagens e das experinciasmentais. Estas conseqncias so seguidas por uma srie de transformaes paralelas,desenvolvimento de sentimentos interindividuais, ou seja, afetivas (simpatias e antipatias,respeito, etc.) e de uma afetividade interior organizando-se de maneira mais estvel do que nocurso dos primeiros estgios. No momento da apario dalinguagem, a criana se acha s voltas, no apenas com ouniverso fsico como antes, mas com dois mundos novos e intimamente solidrios o mundosocial e o das representaes interiores.Por isso, Piaget examina essas trs modificaes gerais da conduta (socializao,pensamento e intuio), e depois suas repercusses afetivas. A socializao da ao Piaget diz que o lactente aprende pouco a pouco a imitar, sem que existauma tcnicahereditria da imitao. Na seqnciasimples excitao gestos anlogos do outro, movimentos visveis do corpoimitao senso-motora torna-se uma cpia cada vez mais precisa de movimentosque lembram os movimentos conhecidos.a criana reproduz os movimentos novos mais complexos (os modelos maisdifceis so os que interessam as partes no visveis do prprio corpo, como orosto e a cabea). A imitao de sonstem uma evoluo semelhante. Quando os sons so associados aaes determinadas, a imitao prolonga-se como aquisio da linguagem (palavras-fraseselementares, depois, substantivos e verbos diferenciados e, finalmente, frases propriamenteditas). Quanto s funes elementares da linguagem, Piaget diz que consistem em trsgrandes categorias de fatos evidentes. So elesfatores de subordinao e as relaes de coaoespiritual exercida pelo adultosobre a criana.Os exemplos vindos do alto (adultos) sero modelos que a crianaprocurar copiar ou igualar, as ordens e avisos, o respeito do pequeno pelo grandefatores de troca, com o adulto ou com outras crianas. Ajustam suas aes deacordo com suas regras individuais, sem se ocuparem das regras do companheiroa criana no fala somente s outras, fala-se a si prpria, semcessar, emmonlogos variados que acompanham seus jogos e sua atividade. Estesverdadeiros monlogos, como os coletivos, constituem mais de um tero dalinguagem espontnea entre crianas de trs e quatro anos, diminuindo por voltados sete anos. O exame da linguagem espontnea entre crianas, como o docomportamento dos pequenos nos jogos coletivos, mostra que as primeiras condutas sociais permanecem ainda a meio...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Desenvolvimento Humano
  • Desenvolvimento Humano
  • Desenvolvimento humano
  • Desenvolvimento humano
  • Desenvolvimento Humano
  • Desenvolvimento Humano
  • Desenvolvimento humano
  • Desenvolvimento humano

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!