Desenvolvimento fetal,vitaminas usadas na gestaçao e má formaçao congenita

Páginas: 13 (3003 palavras) Publicado: 1 de agosto de 2012
Desenvolvimento fetal







Introdução:


Acompanhar o desenvolvimento do bebê durante os nove longos meses de gestação é maravilhoso. Nenhuma invenção do ser humano, por mais completa e evoluída que seja, chega aos pés da magia que é o encontro de duas células num ambiente propício a formar um novo ser completinho, pronto para chorar e mamar...Desenvolvimento fetal


Nomes alternativos:

bastócito, embrião, mórula, zigoto
Informações:
Definição:
O desenvolvimento do feto desde o momento da relação sexual e concepção até o nascimento.
Uma vez que o espermatozóide é depositado na vagina, ele viaja pelo cérvix até as trompas de Falópio A concepção geralmente ocorre noterço externo da trompa. Um único espermatozóide penetra no ovo e uma união das informações genéticas ocorre, formando uma célula única chamada zigoto.
O zigoto passa os próximos dias viajando pela trompa de de Falópio e multiplicando rapidamente o número de células por meio da divisão. Uma massa de células é formada por esta divisão celular, cada uma com uma cópia dos genes que se tornarão ofeto. A massa de células na trompa de Falópio é chamada mórula.
Com divisão celular adicional, a mórula se torna uma concha externa de células com um grupo de células internas. Esta etapa do desenvolvimento embrionário é chamada blastócito. O grupo externo de células se torna a membrana que nutre e protege o grupo interno, que se torna o feto.
O blastócito continua sua jornada pela trompa deFalópio e entre o sétimo e nono dia após a concepção, se implanta no útero. Neste momento do ciclo menstrual da mãe o endométrio (o revestimento do útero) cresceu, está altamente vascularizado e pronto para receber o feto. O blastócito se adere ao endométrio onde será nutrido. A placenta e a estrutura de apoio para a gestação se formam na fase de implantação. Estima-se que até 55% dos zigotos nuncaalcancem esta fase de crescimento.
É comum quando há um problema com o desenvolvimento embrionário ou fetal haver problemas com outros tecidos que se desenvolveram ao mesmo tempo. Por exemplo, se uma criança apresenta problemas de desenvolvimento renal é possível que a criança também tenha problemas auditivos, uma vez que estes órgãos se desenvolvem ao mesmo tempo.
O estágio embrionário inicia no 15ºdia após a concepção e continua até aproximadamente a 8ª semana, ou até que o embrião tenha 3,8 cm de comprimento. Durante este período as células do embrião não estão apenas se multiplicando, mas estão assumindo funções específicas. Este processo é chamado diferenciação de tecidos e é necessário para os diferentes tipos de células que formam um ser humano (tais como células sangüíneas, célulashepáticas, células nervosas, etc.). Há crescimento rápido e as principais características externas começam a tomar forma. É neste período que a criança em desenvolvimento está mais susceptível aos teratogênios (substâncias que causam defeitos ao nascimento).
Alterações especificas por semana na fase embrionária:
• semana 3
o formação do coração
o início do desenvolvimentodo cérebro e da medula espinal
o início do desenvolvimento do trato gastrointestinal
o os teratogênios introduzidos nesta fase podem causar:
▪ ausência de um ou mais membros
▪ coração fora da cavidade torácica
• semanas 4 e 5
o formação do tecido que se transforma nas vértebras
o formação do tecido que se transforma nomaxilar inferior, osso hióideo e cartilagem da laringe
o início das estruturas do ouvido
o maior desenvolvimento do coração, que agora bate em rítmo regular
o movimento do sangue rudimentar pelos vasos principais
o início das estruturas oculares
o o cérebro já apresenta cinco áreas e alguns nervos cranianos estão visíveis
o os brotos dos...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Má formação fetal
  • Má formação fetal
  • Sifilis Congenita na Gestaçao
  • Desenvolvimento fetal
  • Desenvolvimento fetal
  • Desenvolvimento fetal
  • desenvolvimento fetal
  • Má formação

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!