desastres naturais

Páginas: 24 (5785 palavras) Publicado: 4 de outubro de 2013


1. Introdução

Segundo Ferreira (2010) desastre “é um acontecimento calamitoso, sobretudo o que ocorre de súbito e causa grande dano ou prejuízo”. E catástrofe “um acontecimento lastimoso ou funesto, calamidade” (FERREIRA. 2010 p. 231).
Para Marengo (2006) a Organização Mundial de Saúde (OMS) conceitua desastre natural como, sendo uma catástrofe que ocorre por evento físico e perigosoclassificando-os como: Desastres Naturais Súbitos e Agudos, Desastres Naturais Lentos e Crônicos e Desastres Naturais causados pelo Homem.
Entre os Desastres Naturais Súbitos e Agudos estão àqueles causados por desordens climáticas e geológicas, como por exemplo, terremotos, tsunamis, tornados, inundações, descontrole tropicais, furacões, ciclones, tufões, erupções vulcânicas, deslizamentos,avalanches, incêndios florestais, incluindo também nesta categoria as epidemias causadas por doenças transmitidas pela contaminação da água, alimentos, de pessoa a pessoa e vetores. Entre os Desastres Naturais Lentos e Crônicos estão a seca, o aquecimento global, a degradação ambiental, a exposição a substâncias tóxicas no meio ambiente, às desertizações, os desflorestamentos, as infestações por pragas.Os Desastres Naturais causados pelo homem: são aqueles decorrentes da industrialização e avanço tecnológico como: acidentes com substâncias químicas, radiação, contaminação, explosões, incêndios, terrorismo, transportes, escassez de matérias, desmatamento florestal, guerras, emergências de forças armadas com deslocamento de pessoas em massa e refugiados. (BANDEIRA, 2011).
No Brasil, os desastresnaturais são classificados de acordo com a Codificação de Desastre, Ameaças e Riscos (CODAR), vinculada a Secretaria Nacional de Defesa Civil (2013) e a OMS, da seguinte forma:






DESASTRE
DESCRIÇÃO
ESTIAGEM E SECA
ESTIAGEMS.
SECAS.
INUNDAÇÃO BRUSCA E ALAGAMENTO
ENXURRADAS OU INUNDAÇÕES BRUSCAS.
ALAGAMENTOS.
INUNDAÇÃO GRADUAL
INCHENTES OU INUNDAÇÕES GRADUAIS.
GRANIZO
GRANIZOGEADA
GEADA

VENDAVAL OU CICLONE
VENDAVAIS OU TEMPESTADES.
VENDAVAIS MUITO EXTENSOS OU CICLONES EXTRATROPICAIS.
VENDAVAIS EXTREMAMENTE EXTENSOS,
FURACÕES, TUFÕES,CICLONES TROPICAIS.
TORNADO
TORNADO E TROMBAS D, ÁGUA.
INCENDIO FLORESTAL
INCENDIOS FLORESTAIS.

MOVIMENTO DE MASSA
ESCORREGAMENTOS OU DESLIZAMENTOS.
CORRIDAS DE MASSA.
RASTEJOS.
QUEDAS, TROMBAMENTOS E/OU ROLAMENTOS DEMATAÇÕES OU ROCHAS.

EROSÃO LINEAR
EROSÃO LINEAR
SULCOS
RAVINAS
VOÇOROCAS.

EROSÃO FLUVIAL
EROSÃO FLUVIAL.
DESBARRANCAMENTOS DE RIOS, E FENÔMENOS DE TERRAS CAIDAS.
EROSÃO MARINHA
EROSÃO MARINHA
BRASIL,2007.

Fonte: Brasil. Ministério da Integração Nacional. Secretaria de Defesa Civil. Manual de Medicina de Desastres. v.1 .Brasília, 2007. Disponível em:http://www.mi.gov.br/web/guest/defesacivil/cenad/apresentacao. Acesso em: 05 de mai. 2013.

De acordo com a Defesa Civil, no Brasil e o Parecer da Instrução Normativa Nº 1 de 24 de Agosto de 2012, para se identificar e/ou diagnosticar situações de emergência decorrentes de catástrofes naturais deve-se avaliar o cenário da ocorrência do incidente e entender suas definições e variáveis, da seguinte forma: Nível 1,gerando situação de emergência e Nível 2, estado de calamidade pública. Devendo-se avaliar e dimensionar os danos, como: humanos, materiais, ambientais e prejuízos (BRASIL, 2007).
Conceitua-se desastre como o resultado de eventos adversos, naturais ou provocados pelo o homem, sobre um ecossistema vulnerável, causando danos humanos, materiais e ambientais e consequentes prejuízos econômicos e sociais;dano como resultante das perdas humanas e materiais ou ambientais, infligidas ás pessoas, comunidades, instituições, instalações e aos ecossistemas, como consequência de um desastre. Existem os danos suportáveis e superáveis e os danos sérios. Os primeiros são de ordem material e ambiental que, embora importantes, intensos e significativos, normalmente são de caráter reversível e de recuperação...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Desastres naturais
  • Desastres naturais
  • desastres naturais
  • Desastres Naturais
  • DESASTRES NATURAIS
  • Desastres Naturais
  • Desastres Naturais
  • Desastres naturais

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!