DESAFIOS PARA IMPLEMENTAÇÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS PARA O CONTROLE DO DIABETES MELLITUS NO HOSPITAL MUNICIPAL DE BARRA DO GARÇAS-MT

Páginas: 28 (6903 palavras) Publicado: 20 de outubro de 2014
DESAFIOS PARA IMPLEMENTAÇÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS PARA O
CONTROLE DO DIABETES MELLITUS NO HOSPITAL MUNICIPAL DE
BARRA DO GARÇAS-MT

Cláudia Pereira Soares Sanchez Lacerda1
Adriana Antunes Fernandes 2
Marineide de Oliveira da Silva3

RESUMO
O Diabetes mellitus (DM) é considerado uma das doenças que mais afetam o homem
contemporâneo e que atinge a população em todo mundo, indiferente aonível social e
econômico. Requer educação permanente e estimulo ao autocuidado, assim como
prevenção de complicações agudas reduzindo riscos ao longo do tempo. O controle do
Diabetes mellitus nos hospitais é fundamental em virtude de sua magnitude crescente.
Este estudo descritivo, objetivou caracterizar os portadores de Diabetes mellitus e as
ações de controle a eles dirigidas em um HospitalMunicipal de Barra do Garças/MT.
Os dados do estudo foram obtidos com amostragem por conveniência, coleta de dados
por meio de observação participante e avaliação clínica com participação enfermeiras e
médicos. Um maior enfoque na prevenção do agravo, no intuito de evitar complicações
que possam comprometer a qualidade de vida dos portadores e além do mais
proporcionar um aumento elevado nosgastos ao sistema de saúde, embora a assistência
deva ser oferecida, mas a promoção e a prevenção seria a melhor ferramenta de política
pública para saúde do indivíduo.

Palavras-chave: Diabetes mellitus. Hospital Municipal. Políticas Públicas.

1

Graduada em Pedagogia e Enfermagem pela Universidade Federal de Mato Grosso – UFMT, Pósgraduada em Docência Multidisciplinar pela Unicen eDocência Superior pela Unip.
2
Pós-graduada em Gestão em Saúde pela Universidade Federal de Mato Grosso – UFMT, tutora do
Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Gestão em Saúde da UFMT.
3
Mestre em Educação pela Universidade Federal de Mato Grosso – UFMT, professora orientadora Curso
de Pós-Graduação Lato Sensu em Gestão em Saúde da UFMT.

Introdução
Desde que a saúde no país foi instituída comoum direito de todos e um dever do
Estado e operada por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), que os gestores deste
sistema vêm atribuindo ênfase à mudança do modelo de atenção à saúde, priorizando o
nível de atenção básica. Entretanto a atenção básica não está conseguindo abrandar o
crescimento do Diabetes mellitus, a priori a do tipo 2, que em seu prognóstico leva a
morbidade e mortalidadede pacientes
O Diabetes Mellitus (DM), conforme Assunção, Bandeira e Tattersall (2003)
pertencem a um grupo de doenças caracterizadas pela hiperglicemia, esse aspecto é o
resultado da secreção inadequada de insulina pelas células beta do pâncreas e/ou
resistência ao efeito da insulina no fígado, músculos e células gordurosas.
Assim, corroborando com esta ideia Diabetes Control andComplications TrialDCCT (1994) considera o DM como uma síndrome de etiologia múltipla, decorrente da
secreção deficiente de insulina e/ou da resistência à sua ação, propiciando a
incapacidade da insulina de exercer seus efeitos adequadamente. Caracteriza-se pelo
comprometimento do metabolismo da glicose e de substâncias produtoras de energia,
bem como pelo desenvolvimento tardio de complicaçõesvasculares.
Em se tratando de doenças crônicas, o DM é uma das patologias que mais afeta
o homem contemporâneo acometendo populações de todo mundo, independente do seu
poder socioeconômico. Necessitando de educação continua e estímulo ao autocuidado
para a prevenção de complicações agudas e redução dos riscos de complicações em
longo prazo (ADA,2009).
Nesse sentido, o Ministério da Saúde (2006)afirma, o Brasil é considerado o
sexto país do mundo em número de pessoas com diabetes. Entre os fatores que
contribuem para esse aumento destacam-se o envelhecimento da população,
hereditariedade, alimentação inadequada, obesidade e estilo de vida cada vez mais
sedentário.
Desta forma, Batista (2004) estima que existem 10 a 12 milhões de pacientes
adultos com DM no Brasil, e provavelmente um...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • O PAPEL DOS CONSELHOS MUNICIPAIS NA IMPLEMENTAÇÃO DAS POLÍTICAS PÚBLICAS DO ESTADO
  • O PAPEL DOS CONSELHOS MUNICIPAIS NA IMPLEMENTAÇÃO DAS POLÍTICAS PÚBLICAS DO ESTADO
  • controle diabetes mellitus
  • Conselhos municipais e o desafio de gerir políticas públicas
  • O IMAGINÁRIO CULTURAL A CERCA DO XAVANTE EM BARRA DO GARÇAS-MT
  • Politica Pública de Barra Bonita
  • As políticas públicas em Educação Inclusiva e o processo de implementação em uma rede municipal de educação
  • Diabetes Mellitus, problema em saude publica

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!