Desafios para fazer avançar a politica no brasil

Páginas: 7 (1596 palavras) Publicado: 18 de agosto de 2012
Desafios para fazer avançar a politica de Assistência Social no Brasil
A descentralização e democratização da gestão de assistência social publicam, levou a inquisição fundamental como: A unidade de locus de debate de três esferas de governos sobre politica publica de assistência social, a incorporação de novos elementos ao debate de assistência social decorrente da instalação da relaçãoparticipativa, a capacitação no entendimento e no desenvolvimento da politica pratica orçamentarias da assistência social, principalmente por meio da gestão dos fundos municipais de assistência social e da presença de representantes do consoas, a necessidade de referenciar a relação entre estado e organização de assistência social, como relação de parceria fundada em uma politica publica afiançadora dedireitos sociais. No inicio do terceiro milênio a situação dos excluídos do contrato social é grave no só pela sua presença e números. A assistência social como politica publica opera principalmente como os habitantes desta terceira esfera e, como tal, pode ou não tornar seus membros visíveis a primeira esfera da sociedade civil, do estado, assim incorpora-los ou afasta-los de uma necessáriareconstrução do contrato social no sentido de inclusão e da justiça social. A precarização das condições sociais de nossa população não é só decorrente, mas também da ideologia que naturaliza a desigualdade econômica e social sobre a capa de uma retorica reacionária. A retorica da perversidade diz que as alterações sociais tem efeito maligno sobre a vida das pessoas que seriam beneficiadas, a segundaretorica é da futilidade na qual se sustenta que a mudança não atingira os efeitos desejados, por fim a retorica da ameaça que considera as mudanças como causadoras de desordens. A questão se destaca na configuração dessa progressividade como: a instalação de locus de debates sobre a assistência social, nas três esferas de governo, que não permite ainda o conhecimento dessa área como de politicapublica de seguridade social. A concepção constitucional da assistência social como politica de seguridade social não ainda institucionais incorporada. Permanece o predomínio conservador na ralação entre assistência social e organizações sociais sob a égide da filantropia. Permanece desconhecido o impacto dos gastos públicos no âmbito da assistência entre as três esferas governamentais.
1. A defesada especificidade da assistência social como politica setorial é condição de seu avanço como politica publica de direitos.
A pobreza e um fenômeno complexo derivado do modo pelo qual uma sociedade distribui concentrar o acesso a riqueza social produzida. Coloca a assistência social como politica para o pobre é considera-la uma panaceia para assegurar a concentração da riqueza e reduzir seuimpacto negativo, manifesto em situação tangenciais de vida. A exclusão social no Brasil não consiste na perda de um estatuto, mas nas reiterações da invisibilidade de uma massa populacional a ser incluída na agenda publica de direitos e garantias sociais. O processo brasileiro necessário é criar condições coletivas de inclusão social, as mudanças do estado, mudanças de economias e mudanças da politica,e claro que não se pode fazer do estado único responsável pela desigualdade social ou pelo processo de expropriação da população brasileira, a assistência social deve ser redistribuída como orçamento da seguridade social, e não como orçamento fiscal. A redução das vulnerabilidades, o transito de uma situação de miserabilidade e pobreza para uma situação de não pobreza é um direito de cidadania, aassistente social incide principalmente sobre aqueles que não são reconhecidas na agencia publica na sociedade do mercado pelo fato de não terem recursos para ser consumidores, senão pode atender a assistência social como um lugar estranhos a politicas sociais por se desenvolverem exatamente nessa sociedade dos excluídos, a assistência social não pode ser um locus de apartação, mas de inclusão...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Formação social econômica e política do brasil – desafio de aprendizagem
  • Desafio: disciplina: formação social, econômica e política do brasil
  • Formação social, política e econômica do brasil. desafios da contemporaneidade
  • OS DESAFIOS DE EFETIVAÇÃO DA POLÍTICA DE SEGURIDADE SOCIAL NO BRASIL ATUAL
  • A educação infantil no Brasil, Avanços, Desafios e Politicas Públicas
  • A POLÍTICA INDUSTRIAL NO BRASIL E SEUS DESAFIOS: ALGUMAS CONSIDERAÇÕES
  • POLÍTICA NACIONAL DE SAÚDE: Os desafios e contradições enfrentados na política de saúde pública no Brasil
  • POLÍTICA NACINAL DE SAÚDE: Os desafios e contradições enfrentados na política de saúde pública no Brasil

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!