Derramagem

Páginas: 12 (2913 palavras) Publicado: 9 de abril de 2014
Em Leite Derramado, é o viés lexical que confere força ao estilo para que o autor consiga expressar a plenitude da obra. Para isso, Chico Buarque cria um narrador que vai, aos poucos e destrambelhadamente, compondo um padrão, um todo coerente de atitudes aristocráticas decadentes, cuja característica marcante é a sensualidade, a volúpia, a luxúria, a necessidade de ter mais de um objeto dedesejo sexual: era necessário ter em casa a mulher e, fora de casa, muitas outras para comprovação de posse, de poder e de virilidade. E são palavras e expressões fortes, como as que se vêem assinaladas, que conferem ao texto seu potencial estilístico:
“Foi meu pai que me apresentou às mulheres em Paris (...) Debaixo do chuveiro eu agora me olhava quase com medo, imaginando em meu corpo toda aforça e a insaciedade do meu pai. Olhando meu corpo tive a sensação de possuir um desejo potencial equivalente ao dele, por todas as fêmeas do mundo, porém concentrado numa única mulher.” (p.33)
A mulher também andava na volúpia ou em febres ou em enxaquecas reumatóides, não só pela traição, mas pelo desejo mal completado, mal dividido, já que era dado muito mais às outras e menos a ela, a donadele.
“Contam que ela( a avó) gania de dor nas juntas, na fazenda da raiz da serra, cada vez que meu avô ia procurar as negras...”(p.62)
No passado, inclusive na História do Brasil, foi possível depurar identidades por um padrão comportamental, como o do brasileiro, considerado “cordial” por Ségio Buarque de Hollanda; ou da monarquia portuguesa, em que homens e mulheres eram dados a aventurasamorosas extraconjugais, como nos lembra as sagas de Inês de Castro, ou de D. João, rei de Portugal de do Brasil que teve alguns filhos de Carlota , a esposa, e outros de Carlota com seus amantes, e outros dele com outra senhora a quem amara e com quem se deitara, e muito, não se duvida. (1808, 2008, p. 172 ).
Hoje, entretanto, é difícil acreditar em padrão comportamental para depuraridentidades. Não há mais tempo, nem espaço para isso. Tudo é igual e desigual, tudo é paralelo e convergente, tudo é um cadinho de muitas misturas pela força midiática; todo o mundo faz o que quer e o que não quer; tudo é falso e verdadeiro, tudo é padrão e ao mesmo tempo diferente; uma rotina e um torvelinho, um tédio e uma vertigem.
Embora Eulálio quisesse compor a história e a decadência daaristocracia brasileira, desde o império, nesses últimos séculos que precederam o atual, tais atitudes aristocráticas, mal ou bem, foram copiadas pela alta e média burguesia. Pode-se ter nascido no Norte, no interior de qualquer estado brasileiro ou em grandes metrópoles como Rio e São Paulo, que o livro entra no âmago do leitor, como uma luva. Ou como um golpe. Desde nomes, propriedades, trajes,maneirismos, mamães, papais, meu pai, seu pai, sogra, nora, filho mimado, mundanismo, moda, viagens, Europa, criadagem, filhos legítimos e enteados enigmáticos, assassinatos passionais e por poder, seja o que for, parece que, o que o Eulálio ou Lalinho, Lalá, Lilico conta, é já história vivida e sabida, pois que a narrativa vai entrando nas vísceras sem pedir licença. O escritor- um bruxo, não mais doCosme Velho, mas da raiz da serra, de onde todos parecemos ter vindo, ou de Copacabana e Botafogo, para onde todos queremos ir ou pelo menos ter estado lá - inverte a famigerada pirâmide social oriunda do feudalismo, ou seja, na raiz da serra, na base da pirâmide não está mais o povão; lá estão os tataravós, os que se distinguiram, ganharam, mereceram, construíram; no meio da pirâmide, os avós epais, que aproveitaram e se beneficiaram do nome, das propriedades, da fortuna amealhada pelos ancestrais; no topo, os aniquilados, os perdulários, os que viveram só de pose e do nome que já se agastava; e mais no topo ainda, bem no pico, os que nem bem algum tinham para contar de seu: nem individual, nem social, nem material, nem moral, nem espiritual; nem nome, nem compostura; embaixo, apenas...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!