Delírio

Páginas: 10 (2304 palavras) Publicado: 15 de maio de 2014
DELÍRIO
São ideias incorretas que são mantidas inflexíveis, apesar da ausência de qualquer evidência para a ideia e, em muitos casos, apesar das evidências contrárias.
A palavra delírio tem como significado etimológico "sair dos trilhos" (de: fora e liros: sulcos). Para melhor elucidar o conceito de delírio consiste em alteração do juízo de realidade, ou seja, a capacidade de discernir o falsodo verdadeiro e acarreta em lucidez da consciência. No entanto para que se use o termo "delírio" Jaspers (1997) propõe que esta alteração do juízo não seja decorrente de uma perturbação da inteligência nem que seja secundário a um estado de consciência com uma breve alteração.
Para Jaspers (1977):
"Delírio é uma transformação na vasta consciência de realidade (que se anuncia secunda¬riamente emjuízos de realidade), que se constrói sobre essas experiências no mundo da prática, das resistências e das significações, mas onde a corpo¬reidade alucinatória enganosa somente tem papel transitório, não-suficiente, junto a modificações de experiências básicas, cuja captação nos causa as maiores dificuldades."
Então o delírio pode aparecer em mecanismos estruturados sendo por interpretação,intuição, imaginação, afetividade, memória, alteração da consciência ou alterações sensoperceptivas, é também uma característica sintomática positiva na Esquizofrenia como em outros transtornos psicóticos, como também pode ser uma manifestação secundária em outros transtornos, ou como pontua Rodrigues (2006) não apresentando as características propostas por Karl Jaspers quanto ao que define pordelírios verdadeiros, seria apenas imitações psicopatológicas do mesmo.
ALUCINAÇÃO
Uma alucinação pode ser definida como uma resposta sensorial, isto é, ver ou ouvir frequentemente com os olhos do imaginar, dependendo da história anterior, não na presença do estímulo público, e falar a alguém que de fato está vendo. De acordo com Staats (1996) as respostas sensoriais, com característicasestimuladoras, evocam imagens e essas são aprendidas via condicionamento clássico.
A alucinação é mencionada na teoria freudiana como via possível de realização do desejo. Ao trazer para o centro da cena a noção de alucinação, Freud mostra que o sonho substitui os pensamentos por imagens, sobrepondo em oposição aos psicólogos de seu tempo. Tal desvio do pensamento em alucinação ocasiona um processo em que aanálise da linguagem do sonho é conduzida de maneira a avançar que sonhar é viver e não representar os pensamento.
Para Pierón (1996) a alucinação seria caracterizada como uma perturbação psicossensorial correspondente à projeção de fenômenos subjetivos no campo objetivo, especificadas por: qualidade sensorial do fenômeno, espacialidade e crença errônea na existência do estímulo sensorial.Mediante a isto a alucinação é determinada por uma razão endógena e é verificada por um critério empírico.
Contudo dentro da alucinação constata-se alguns tipos de alucinação como: alucinações auditivas, visuais, táteis, olfativas e compostas ou mistas envolvendo esta mais de um órgão do sentido. Como pontua Henry Ey (2001):
“ Que a alucinação pode ser percebido pelos cinco sentidos (audição, visão,tato, olfato e gustação) pode também ser alucinado. As alucinações empregam-se do material consciente conhecido do pacientes. Na alucinação, por exemplo, um leão pode aparecer de asas, ou um caracol que cavalga um ouriço. O indivíduo que alucina deve ter percebido isoladamente cada um dos objetos e, mentalmente, combina uns com os outros”.
FANTASIA
Pode se definir fantasia como a representantepsíquica do instinto, da qual a fonte é interna e subjetiva, embora esteja ligada à realidade objetiva. Ela se transforma de acordo com o desenvolvimento, sendo ampliada e elaborada, influenciando e sendo influenciada pelo ego em maturação.
Segundo Roudinesco (1998), no dicionário de psicanálise, o termo fantasia designa a vida imaginária do sujeito e a maneira como este representa para si...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Delírio
  • Delirios
  • delirio
  • Delirios
  • Delirios
  • delírios de consumo
  • A Transcendência do Delírio
  • Cristianismo, um delírio

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!