DEGRADAÇÃO AMBIENTAL

Páginas: 17 (4035 palavras) Publicado: 9 de abril de 2014
1 Introdução
Com o aumento populacional no mundo, há uma constante pressão degradadora sobre os recursos naturais, seja em busca de matéria-prima para fabricação de produtos manufaturados ou industriais, ou em busca de espaço físico para prover moradia (conjuntos habitacionais, condomínios, entre outros) e toda a infra-estrutura necessária para habitá-la dignamente (vias de acesso,alternativas para se dispor de água e suprimir de maneira adequada os resíduos sólidos e líquidos, dentre outros) ou ainda substituindo áreas de vegetação natural por terras cultiváveis.
Todos esses processos de intervenção do Homem no Meio Ambiente não são
desempenhados de maneira que não gerem resíduos, ou seja, todos geram sobras, restos, e como a quantidade de processos interventores é expressiva, aquantidade e o volume gerado desses resíduos é algo imponente, sendo a destinação final dos mesmos, uma das maiores preocupações mundiais atualmente.



















Desenvolvimento

Dentre todos os tipos de resíduos, os resíduos sólidos (RS) merecem destaque, uma vez que representam uma substancial parcela dentre todos os resíduos gerados, e quando mal gerenciados,tornam-se um problema sanitário, ambiental e social. O conhecimento das fontes e dos tipos de resíduos sólidos, através de dados da sua
composição e da sua taxa de geração, é o instrumento básico para o gerenciamento dos mesmos (KGATHI e BOLAANE, 2001).
, a composição e a taxa de geração dos resíduos sólidos é função de
uma série de variáveis, dentre elas, a condição sócio-econômica da população,o grau de industrialização da região, a sua localização geográfica, as fontes de energia e o clima. Geralmente, quanto maior o poder econômico e maior a porcentagem urbana da população, maior a quantidade de resíduos sólidos produzidos e quanto menor a renda da população, maior o percentual de matéria orgânica na composição dos resíduos (HOORNWEG, 2000).

uso dos aterros sanitários, emfunção da complexidade do sistema e do custo de tratamento dos gases gerados, entretanto reduz o volume de lixo em até 90% (BAI e SUTANTO, 2002), prolongando assim a utilização dos aterros por mais tempo.
A prática de disposição dos resíduos sólidos a céu aberto, sem nenhum controle, lixões. Tal prática pode acarretar na contaminação do ar, do solo e da água superficial e subterrânea por agentespatológicos, propiciando ainda o crescimento de vetores transmissores de doenças, além de depreciar a paisagem natural (ESIN e COSGUN, 2007).
Sabe-se que os impactos ambientais causados pelo aterro dependem do tipo e do método de operação do mesmo e da natureza do resíduo lá depositado
(DASKALOPOULOS e PROBERT, 1998), entretanto estudos comparativos entre os diversos métodos de tratamento edisposição final utilizando Análise do Ciclo de Vida (ACV) apontam que embora os aterros apresentem um menor custo para a sua implantação, quando comparados com outros métodos de tratamento, este produz o maior impacto ambiental (DASKALOPOULOS e tal., 1998; BARLAZ et al., 2003; MENDES et al., 2004; FINNVEDEN et al., 2005; MOBERG et al., 2005; ERIKSSON et al., 2005).
Nenhuma cidade estará hábil a ganhar orespeito dos seus moradores, a atrair
investimentos estrangeiros sustentáveis ou a manter a prosperidade da indústria do turismo, se deixar de investir no cuidado com a saúde e no tratamento de epidemias, e isso se inicia no gerenciamento dos seus próprios resíduos. De uma maneira geral, se faz necessário um melhor entendimento sobre o tema,buscando maneiras de gerenciamento desses resíduos quepropiciem um maior alcance populacional, dando acesso à população mais carente aos serviços de coleta, transporte, tratamento e disposição final adequados aos resíduos sólidos gerados, promovendo Segundo a NBR 10.004/04 - Resíduos Sólidos , são definidos como “resíduos nos estados sólidos e semi-sólidos, que resultam de atividades de origem industrial, doméstica, hospitalar, comercial,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Degradação ambiental
  • Degradação ambiental
  • Degradação ambiental
  • Degradação Ambiental
  • Degradação ambiental
  • DEGRADAÇÂO AMBIENTAL
  • Degradação ambiental
  • Degradação ambiental

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!