Defesa de antígona

Páginas: 7 (1599 palavras) Publicado: 25 de maio de 2013
MOTA, Mauricio . Parecer em defesa de Antígona – Rio de Janeiro -Universidade do Estado do Rio de Janeiro – Faculdade de Direito, 2004.


Mauricio Jorge Pereira da Mota, nascido em 20 de julho de 1963 no Rio de Janeiro. Estudou no Colégio Guido de Fontgalland, dos padres barnabitas. Depois fez o 2º grau no Colégio Santo Agostinho, e depois a Faculdade de Direito na PUC do Rio de JaneiroO seu contato com o Direito foi tardio, através da política. Não tinha uma vocação pelo Direito que viesse desde a infância. Essa atividade política se deu no início dos anos 80, no momento em que aconteceram as primeiras eleições diretas para governador do Estado depois do AI-5, e a sua atuação se deu fundamentalmente no PDT, na campanha de Leonel Brizola para governador.


A aproximação com aFaculdade de Direito da UERJ surge em 1995, quando foi candidato ao mestrado em Direito da Cidade. O corpo docente do mestrado na época era: professor Paulo Cezar Pinheiro Carneiro ministrava a disciplina de Acesso à Justiça; havia um excelente professor de Direito Penal, João Marcelo de Araújo Jr., o professor Gustavo Tepedino lecionava Direito Civil na Constituição, o professor RonaldoCoutinho, Sociologia Urbana. Já o Professor Ricardo Lira dava aulas de Propriedade Urbana.


Enquanto fazia o mestrado, ingressou no magistério. E paralelamente, pensava em desenvolver também uma carreira jurídica. Então, fez concurso para a Procuradoria do Estado e acabou aprovado no final de 1995, assumindo em 1996. No mesmo ano começou a dar aulas na universidade, em seguida coordenou cursos depós-graduação em direito na Universidade Candido Mendes, e só depois é que fez o concurso para a UERJ.


Fez o concurso em 1997 para professor de História do Direito, que sempre foi uma das suas áreas de interesse. Naquela época, era uma cadeira relativamente nova na Faculdade. Surgiu a partir da reforma da legislação dos anos 90, que institui a História do Direito como matéria obrigatória para oscursos de Direito. Então foi o primeiro professor de História do Direito da Faculdade. Entra na UERJ como professor no segundo semestre de 1998 com 35 anos.


A partir da defesa do doutorado em 2002, há uma progressão funcional na carreira, tornando-se professor Adjunto em 2003. Nesse momento, além da responsabilidade integral pela cadeira de História do Direito, assume também as aulas nomestrado e no doutorado da Faculdade.


No ano de 2000, foi escolhido pelo Conselho Universitário da UERJ, por indicação da Faculdade de Direito, para assumir uma das vagas no Conselho de Curadores da Universidade. O Conselho de Curadores é o Conselho Superior da Universidade que faz o controle e a fiscalização das contas da instituição.


Por força das suas atividades como diretor do CEPED,passou a colaborar de maneira muito próxima com o Professor Celso Albuquerque Mello, que era o diretor da faculdade, e tiveram uma atividade conjunta muito gratificante, começando o seu engajamento na própria atividade, no dia-a-dia da Faculdade, somando-se cotidianamente as já desenvolvidas no âmbito maior da Faculdade. Portanto sua candidatura à direção da Faculdade de Direito da UERJ surgenaturalmente no bojo desse processo. A eleição foi em 2003, o mandato começou em 2004 e foi eleito para um mandato de 04 anos.


Na atividade docente, é Professor do Curso de Mestrado da Faculdade de Direito de Campos, integra o Conselho Acadêmico e é Professor-Conferencista da Escola Superior de Advocacia Pública - ESAP da Procuradoria Geral do Estado do Rio de Janeiro. 


Participa dos ConselhosEditoriais da Revista de Derecho Internacional y Del Mercosul, da Revista Quaestio Iuris do Programa de Pós-Graduação da Faculdade de Direito da UERJ, da Revista de Direito Empresarial da Faculdade de Direito da UERJ e da Revista de Previdência da Faculdade de Direito da UERJ


É editor da Revista Quaestio Iuris e Pesquisador da FAPERJ. Foi Examinador de Direito Civil do Concurso Público de...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Defesa antigona
  • Defesa de antigona
  • A defesa de antigona
  • Resenha crítica em defesa de antígona
  • Defesa em favor de antigona
  • Tópicos para defesa de Antígona
  • ANTÍGONA, UMA PRECURSORA NA DEFESA DOS VALORES FAMILIARES
  • Antigona

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!